18 de janeiro de 2016

[Resenha] Procura-se um marido – Carina Rissi



Alicia sabe curtir a vida. Já viajou o mundo, é inconsequente, adora uma balada e é louca pelo avô, um rico empresário, dono de um patrimônio incalculável e sua única família. Após a morte do avô, ela vê sua vida ruir com a abertura do testamento. Vô Narciso a excluiu da herança, alegando que a neta não tem maturidade suficiente para assumir seu império a não ser, é claro, que esteja devidamente casada. Alicia se recusa a casar, está muito bem solteira e assim pretende permanecer. Então, decide burlar o testamento com um plano maluco e audacioso, colocando um anúncio no jornal em busca de um marido de aluguel. Diversos candidatos respondem ao anúncio, mas apenas um deles será capaz de fazer o coração de Alicia bater mais rápido, transformando sua vida de maneiras que ela jamais imaginou.Cheio de humor, aventura, paixão e emoções intensas, Procura-se um marido vai fisgar você até a última linha.

Romance | 476 Páginas | Editora Verus | Skoob | Classificação: 5/5 

Eu não sei quem me fez rir mais nos livros da Carina Rissi, se a Sofia da série Perdida ou a Alicia. As duas são maluquinhas, essa deve ser uma característica marcante em todos as protagonistas femininas nos livros da Carina. Então, nem preciso dizer que esse foi mais um que entrou pra ficar na minha lista de favoritos.


Em Procura-se um marido, temos mais uma personagem maluca, Alicia, que apesar de estar com seus vinte e quatro anos, vive como se ainda tivesse dezoito; ela vive a vida entre baladas, viagens; nessas viagens sempre acontece algum problema, como ser presa, por exemplo, em um país onde tudo é permitido.  Ela vive com seu avô, Narciso, sua família se resume a ele. Ele vive puxando a orelha da neta, sempre dando broncas, tentando fazer com que ela tenha mais responsabilidades, que tenha mais juízo, mas nada do que ele diga a faz mudar seu jeito de ser.

Um dia, quando estava no trabalho, Alicia recebe a noticia de que seu avô foi internado as pressas da UTI, chegando ao hospital, ela recebe a noticia que mudará a sua vida,  naquele momento ela vê seu mundo desmoronando, vô Narciso era sua única família, a pessoa que mais amava nesse mundo. A relação da Alicia com avô é muita linda, o amor que ambos sentem, o carinho e o companheirismo nos emociona e nos faz sentir quão grande é a sua perda. 

“- Não existe amor maior do que o de um pai por sua filha, ainda que ela não seja biologicamente sua – ele sorriu. Um sorriso pleno, feliz. – Eu te amo, Alicia, como avô, como pai. Um amor absoluto, que não morre nunca, nem quando o corpo se extingue.”


Na leitura do testamento, ela fica sabendo que seu amado avô lhe exclui da herança, alegando que ela era imatura demais e que não saberia cuidar do seu patrimônio. Por isso, ele impôs que ela só teria direito a tudo que era dele, se ela se casasse, ela é claro, acha isso tudo um absurdo, já que ela não tem a menor intenção de se casar tão cedo. 

“Nem pense em se casar com o príncipe encantado”, ela me disse certa vez. “Case-se com o lobo mau. Ele sim saberá tratar você bem.”

É quando ela e sua melhor amiga - que por sinal é tão maluca quanto ela -  tem a brilhante ideia de colocar um anúncio no jornal procurando candidatos ao cargo de marido como se fosse para uma entrevista de emprego. Vários candidatos respondem ao anúncio, mas ela sempre encontra um defeito ou outro em cada um deles. Quando ela estava começando a desistir do plano, aparece um candidato que apesar de ser perfeito ao cargo de futuro marido, é a última pessoa que ela poderia pensar em estar casada.

“Acho que... é hora de ser corajosa e encarar o bicho-papão - tentei sorrir. [...]. - Ah, se o bicho-papão for lindo desse jeito, vou rezar para que ele venha me assustar todas as noites.”

 Me apaixonei mais um vez por um galã criado pela autora. Ele é apaixonante: carinhoso, carismático, muitas vezes certinho, romântico, atencioso, corajoso... a lista é bem longa. Ele é o Máximo (quem leu o livro vai entender o trocadilho). Alguns podem até achar o romance clichê, até adivinhar como vai terminar, pode até ser um pouco clichê, mas mesmo assim a Carina Rissi consegue muitas vezes nos surpreender, ela cria situações que não esperávamos, fazendo com que devoremos o livro em pouco tempo. 

“Seus lábios deslizaram para o meu pescoço, os dentes provando minha pele e me deixando em chamas. Sua boca alcançou minha orelha e mordiscou o lóbulo já sensível, me fazendo tremer. - Os sonhos mudam, Alicia - ele sussurrou. [...] - O meu mudou.”

A escrita da Carina Rissi continua ótima, a leitura é maravilhosa, aliás, todos os livros da dela são assim. Então se você gosta da autora, se já leu algum dos seus livros, mas ainda não leu Procura-se um marido, eu recomendo!



30 comentários:

  1. Oiee, sempre leio elogios rasgados aos livros da Carina, mas até o momento não li nada ainda dela. Gosto de ler chick-lit quando posso mesmo.
    Procura-se um marido, com certeza é um livro que deve ser muito bom ♥ ♥ Que bom que tu gostou dele, pois quando ler algum livro da autora quero começar por esse sabe.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  2. OIi, amei sua resenha, sempre vejo elogios sobre este livro mas ainda não tive a chance de ler ele, espero logo mudar isto.
    Amei as fotos, coisa mais linda gente, sua resenha inteira está linda, parabéns pelo trabalho.

    Beijos
    Books And Carpe Diem

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?
    Eu li esse livro faz tempo e adorei a escrita da autora. Me diverti, torci muito pela protagonista. Eu tenho Perdida aqui e devo ler em breve.
    Sua resenha está ótima, me deu até vontade de reler agora.rsrsrs.

    Beijos
    Leitora sempre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é mesmo muito divertido e Perdida é tão bom quanto!!

      Excluir
  4. Estou louca pra ler esse livro, carina é demais !
    Eu to lendo destinado agora.

    ResponderExcluir
  5. Nossa!!! kkkkkkk Ser excluida do testamento por ser considerada imatura aos 24 anos kkkkkkk tadinha.
    Eu amei a premissa do livro, nunca li nada da Carina e queria muito ou começar por Perdida ou Procura-se um marido, tenho certeza que também vou rir com ambas kkkkkk;
    Amei sua resenha, muito amorzinho.
    Adorei os quotes que vc escolheu.

    ResponderExcluir
  6. Ai Daaaaaniiii, eu aaaaaaaaaaaaaaaamo esse livro!!!!! *-* A Carina é demais, minha autora nacional preferida! Essa mulher tem O DOM!! XD E como vc disse, não tem como a gente não se apaixonar po Max hahaha ele é perfeito!!!! ^__^
    Beijos
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Das autoras nacionais, a Carina é uma das que mais gosto, seus livros são maravilhoso, espero que ela continue escrevendo tão bem quanto agora!

      Excluir
  7. Gente para tudo já quero ler esse livro *.* já imaginei a zona. Só pelo anúncio no jornal kkkk kkkkk adoro personagem meio maluquinha

    http://estilodenerd42.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Esse livro eu comecei umas mil vezes e nunca consegui terminar. Falta de tempo ou momento, não sei. Sua resenha me fez querer tirar ele da estante e recomeçar agora mesmo!
    Beijão, Mari Scotti

    ResponderExcluir
  9. Oi,
    "Procura-se um Marido" foi o primeiro livro que li da autora e logo de cara me apaixonei. É impossível não amar e torce por Alicia e Max.
    Sou mega fã da Carina e depois que conheci ela na bienal fiquei ainda mais encantada.
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi

      Também tive a oportunidade de conhece-la na Bienal de São Paulo em 2014, também sou muito fã dela e do seu trabalho.

      Excluir
  10. Eu estou lendo Perdida, e estou adorando a escrita da autora, adoro personagens maluquinhas, e esse estoria de anuncio pra achar marido sempre rende boas risadas.
    Assim que terminar Perdida e Encontrada (rsrs ) lerei esse, se a Alicia for parecida com a Sofia, já é uma personagem que gosto.

    Beijos, Emy!

    http://blogpsicoses.blogspot.com/2016/01/primeiras-impressoes-do-livro-eu-nunca.html

    ResponderExcluir
  11. Olá!

    Ainda não li nada dela, mas já vi milhares de resenhas desse livro. Não sei se o leria, mas gostei da personagem. Espero poder ler logo.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oooi! Poxa, lendo estas resenhas do livro da autora, eu fico louca querendo ler logo todos eles! Quero muito conhecer a escrita dela e ver como tudo se desenrola, sabe? Parabéns por esta resenha, bem escrita e muito bacana de ler até o final ^-^
    Beeeijos!

    ResponderExcluir
  13. Oi
    Tudo bom?
    Amor a Carina!
    Já li tudo dela. Sou super fã!
    Esse é um dos meus favoritos...
    Concordo com tudo que vc falou. Adoro as personagens que ela cria, sempre morro de rir! Não sei qual me diverte mais, Alicia ou Sofia!
    Adorei a resenha
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Esse também é um dos meus livros preferidos!! ♥

      Excluir
  14. Oi, eu adoro os livros da série Perdida, mas sabe que tinha um pé atrás com esse livro que vc resenhou?

    Mas depois de ler a sua resenha, maravilhosa por sinal, sabe o que eu fiz? fui lá no Skoob adicionar à minha meta de leitura...hehehe

    mais uma dica maravilhosa anotada! adorei saber que, de certa forma, é "parecido" com os da minha mada série Perdida!!!!

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz com isso! Espero que você goste assim como eu gostei..

      Excluir
  15. Oii!

    Aaaah eu preciso tanto ler algo da autora! Eu ainda não tive oportunidade, porque são caras as obra sHUSHAUHs; nunca vi uma resenha negativa para a autora, o que eu mais gosto. Esse enredo parece muito um filme hein? Poderia ser adaptado com toda certeza!
    A sua resenha está uma graça!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  16. Os livros da Carina são muito elogiados, muitos leitores adoram e ainda não tive a oportunidade de lê-los! Gostei bastante da sua resenha e como citado, o enredo tem aquele ar clichê, mas quando isso surpreende o leitor, acho que é um ponto a mais para o livro! Enfim, achei muito legal a proposta do livro, acho que vou ler em breve!

    http://www.daimaginacaoaescrita.com/

    ResponderExcluir
  17. Oi!

    Parece diferente a ideia de ter uma protagonista louca que coloca um anúncio para encontrar um marido. Acho que vou tentar ler para ver o que acho da escrita da autora. Parabéns pela resenha.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  18. Olá! Sou fã dessa autora, amei esse livro, dei muitas gargalhadas com a Alícia e também recomendo a leitura! As trapalhadas em que ela se mete são ótimas, as ideias do livro são originais e o melhor: cultura brasileira nos dando orgulho novamente, né? Palmas para Carina!
    Abraço!

    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi,

    Você não vai acreditar, mas ainda não li nada da Carina, mas sempre ouvi falar muito bem dos livros dela, principalmente deste que você resenhou.Alícia parece ser uma personagem muito interessante e talvez comece a ler a obra da autora por este livros.

    Beijos,

    Jucimara Pauda
    jusemfrescura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Hello!

    Adoro a escrita da Carina Rissi e qdo eu a conhecia fiquei sem palavras de tao fofa que ela é.
    Alicia é mto doida mesmo e eu rir demais das coisas q ela apronta, mas o avo dela foi bem esperto com o testamento, haha.
    A capa está perfeita e mto bem feita.
    EU nao ligo se é um romance cliche, desde que seja bem escrito.

    Beijos!

    Livros e Sushi
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  21. Oie
    ótimo sabe que você gostou tanto pois espero ler e adorar, pois li no mundo da luna e amei a escrita da autora, muito gotosa, bela dica e resenha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Bom saber que vc gostou, eu tenho vontade de ler esse livro a um bom tempo, da autora só li Perdida e amei. Vou correr atras e ler ^^
    http://odiariodoleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. O livro parece ser muito bom!
    Já quero ler :3
    www.mamaedemarina.blogspot.com

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então deixe seu comentário. Mas lembre-se, não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de preconceito ou palavras de baixo calão, respeite os demais leitores.

Obrigada por comentar e volte sempre!!

© 2017 x Design e Código: Sanyt Design x Livros e Café • voltar ao topo