9 de maio de 2016

EXPOSIÇÃO | O mundo de Tim Burton


Em 2014 os fãs de cineasta Tim Burton ficaram enlouquecidos com a notícia de que a amostra "O Mundo de Tim Burton" viria ao Brasil, especificamente na Capital Paulista. A exposição esteve no MIS - Museu da Imagem e do SomO MIS foi a primeira instituição da América Latina a receber a amostra do cineasta norte-americano. A mostra reuniu e apresentou ao público mais de 500 itens de toda a gama do trabalho de Tim Burton. Foram apresentados desenhos feitos pelo cineasta durante parte da infância, e até obras de sua carreira como diretor. Além de desenhos, foram apresentados esboços, pinturas, storyboards e bonecos que fizeram parte da filmografia do cineasta, além de trabalhos pessoais não realizados que revelam seu talento como artista, ilustrador, fotógrafo e escritor

Fotos © Letícia Godoy/MIS

Logo na entrada da exposição, que é feito pela boca de um monstro, o visitante inicia a jornada no universo do artista de uma forma superinteressante. Nesse ambiente, há pôsteres e telas que mostram as influências de Burton: como o artista Vincent van Gogh e o escritor Edgar Allan Poe, filmes B de terror e ficção científica, como A Noiva do Monstro e O Monstro de Mil Olhos. Depois dessa entrada é possível ver os primeiros desenhos que Burton criou, alguns de quando ele ainda era criança. A seção mostra desenhos feitos em diferentes datas, mas quando observado mais atentamente, é possível identificar alguns desenhos conhecidos, por exemplo, o que viria a ser o Jack, de O estranho mundo de Jack Andando por um corredor que dá acesso à outra parte da exposição, é como se estivéssemos andando por debaixo de uma mesa enquanto monstros estão realizando uma refeição; podemos ainda ouvir os sons que eles fazem enquanto comem, ao final, vemos o desenho de toda a sala e esses monstros sentados à mesa.
Fotos © Letícia Godoy/MIS

Para ter acesso à próxima sessão, o visitante precisa descer por um escorregador. Logo de cara, o visitante depara-se com uma estrutura em forma de o “Menino-Balão”, que movimenta os olhos em direção à pessoa que acena para ele. Continuando nessa sala, pode-se ver obras e projetos pessoais de Burton entre os anos de 1992 e 1999.  O diretor usou câmera instantânea, para reproduzir cópias polaroides superdimensionais. Há também uma série de fotos do set de filmagem de O estranho mundo de Jack e as locações do deserto que ele usou para filmar Marte Ataca! Um fato curioso: o cineasta usou o seu cachorro, Poppy, para uma série intitulada: Natal, que é um dos seus projetos mais pessoais. Ao final da exposição, há uma parede com buracos estratégicos nos desenhos, por onde era possível ver mais desenhos e pinturas de Tim Burton.
Fotos © Letícia Godoy/MIS

Além de mais desenhos dos projetos do artista, cada pessoa tem a chance de assistir algumas animações que Burton fez; até mesmo um clip de uma banda bem conhecida, os The Killers. Esses vídeos só são possíveis de ser assistido se utilizada uma placa na frente dos olhos, sem ela é visto somente uma tela em branco. Nesse ambiente tem até uma carta escrita à mão pelo próprio Tim Burton, quando ele tinha 18 anos, sobre o livro ilustrado “The Giant Zlic”, enviada à Disney, para uma análise. Mesmo a resposta sendo negativa, houve nela um estímulo para Tim, onde ele foi elogiado pelo livro. Na exposição ainda fala do estágio que ele fez na Walt Disney Studios, onde trabalhou no desenho “O Cão e a Raposa” e, em seguida, fez seus três primeiros curtas metragens, um deles, “Frankenweenie”, que fala sobre um cachorro morto num atropelamento sendo ressuscitado de forma análoga ao Frankenstein.  Infelizmente, ele foi considerado sombria demais pela Disney, e foi esse o motivo que levou à demissão de Burton.
Fotos © Letícia Godoy/MIS

Há uma parte da exposição que retrata a vila em que nasceu Tim Burton. É possível ver ao fundo a parte de trás do famoso letreiro Hollywood, que era o que Tim via de sua janela. Essa seção apresenta desenhos que Tim fez para cinema, televisão e livros que foram interrompidos em estágios de desenvolvimento. Esses projetos nunca foram realizados. Nessa mesma seção, podemos ver as versões iniciais de Edward mãos de tesoura e de Jack Skellington.
Fotos © Letícia Godoy/MIS

Saindo dessa ala, segue-se para a última seção, chamada: “Filmografia” que é dividida em projetos não realizados e projetos realizados. Essa ala mostra concepções que deram origem aos filmes do cineasta, podemos ver os primeiros desenhos de “Edward, Mãos de Tesoura”, também bonecos de “Marte Ataca!” e dos Umpa Lumpas e de outros filmes do cineasta. Tem também vários rascunhos, como os de Coringa, BatgirlPinguim, em Batman. Essa parte é toda dividida em ordem cronológica e no chão há marcações, para que assim, o visitante não se perca. Andando pela ala, vemos vários filmes que fizeram sucesso na carreira de Tim Burton: "Sombras da noite", "Alice nos país das maravilhas", "Sweeney Todd - O barbeiro demoníaco da Rua Fleet", "Noiva cadáver", "A fantástica fábrica de chocolates", "A lenda do cavaleiro sem cabeça", "Os fantasmas se divertem", "Edward mãos de tesoura", entre tantos outros. Tem até um e-mail que ele escreveu para Johnny Depp, em que o diretor comenta a ideia que teve para uma cena. É aquela, quando o Willy Wonkadiz para Charlie - um dos ganhadores, que encontrou o bilhete premiado -  que: "tudo é comestível nesta sala, até eu sou comestível, mas o nome disso é canibalismo, e é desaprovado pela maior parte das sociedades". Ele queria saber a opinião de Johnny Depp sobre essa cena.


 


Bom pessoal, esse foi um pouco do que teve na exposição. É claro que são muitas coisas, só indo mesmo para ver tudo que foi criado pelo artista. A exposição está incrível, recomendo para todos que moram na Capital Paulista. Se você tem o desejo de ir, não perca tempo.
O Mundo de Tim Burton fica em exibição das 10h às 20h, da terça a sexta-feira; das 9h às 21h, aos sábados; e das 11h às 19h aos domingos e feriados.
Às terças, a entrada é gratuita, com senha a ser retirada na bilheteria. Conheça os preços dos ingressos aqui.
A exposição fica instalada até 15 de maio. O Museu da Imagem e do Som se localiza na Av. Europa, 158, Jardim Europa, em São Paulo. Telefone: (11) 2117-4777. Site: www.mis-sp.org.br.


15 comentários:

  1. Amei amei lol queria muito ver, amei as fotos ♥♥♥♥
    Tim é show e ficou linda essa expo
    Blog : estilo de nerd

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Parece ser muito incrível <3, amo os trabalhos do Tim Burton, mas, não moro em São Paulo :'(.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Amo demais Tim Burton, adoraria ir na exposição, realmente o melhor de morar em São Paulo é essas oportunidades culturais, é uma pena que moro tão longe no intetior.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Gente, que exposição maravilhosa!!
    Eu não sou muito de frequentar eventos assim, confesso, mas essa não tem como não gostar hahaha. Uma pena você não poder ter tirado fotos, mas suas descrições foram ótimas!!! Deu pra sentir o gostinho da coisa.
    Adorei!!
    Beijos.

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
  5. Oh, que legal!
    Adorei as fotos.. tudo incrível.
    invejinha aqui, rsrsrs
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Meu deus que incrível isso, estou completamente apaixonada pelas fotos <3
    Menina que sorte conseguir e conhecer melhor sobre Tim Burton, realmente ele é maravilhoso.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. CARACA! Eu quero MUITO ver essa exposição, será que vem para Brasília? Tim Burton é muito criativo! Gosto muito da forma como ele representa as coisas. Nem vou citar meus filmes favoritos, senão levamos uma tarde, mas vou dar destaque ao filme A Noiva Cadáver, muito bom... <3
    Adorei o post! Ficou lindo!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  8. Olá!

    Não sou muito chegada ao trabalho do Tim, mas admiro a genialidade dele. Que bom que você conseguiu ir! Uma amiga minha também conseguiu ir, mas depois de muito insistir, como você disse, tem muita procura! Adorei o texto!

    ResponderExcluir
  9. Oie!
    Eu gosto dos filmes criados por esse diretor e com certeza, iria surtar nessa exposição. Nossa, que leal! Fiquei feliz pela oportunidade, e assim conhecer um pouco mais da exposição. Espero poder ter uma oportunidade futura para ver essa exposição.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  10. Eu fiquei sabendo desse evento. Não sou grande fã dele mas fiquei com vontade de ir. Achei as fotos lindas. Deve ter sido muito bom

    ResponderExcluir
  11. Muito bacana as fotos! Uma amiga minha aqui do Rio foi pra SP só pra ver, ela é super fã.
    Bjk
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
  12. Olá , bom as fotos ficaram maravilhosas e não conhecia bem até você mencionar Frankeenwine. Parabéns pelo post é até agora estou babando nas fotos !

    ResponderExcluir
  13. Olá, adorei as imagens...a exposição deve ter sido maravilhosa, queria muito ter ido conferir também, mas é duro morar longe dos acontecimentos interessantes do estado.

    Adoro o diretor e sua criatividade para coisas estranhas...kkkkk

    Abraços

    ResponderExcluir
  14. Amo cinema, adoro Tim Burton, que inveja queria ter ido, mas moro pelo longe dai.

    ResponderExcluir
  15. Nossa!!!!

    amei...amei....

    lindas as fotos e deve ter sido muito interessante né? esse cara é completamente doido, então eu só imagino o que é uma exposição do "mundo" dele...

    bjs

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então deixe seu comentário. Mas lembre-se, não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de preconceito ou palavras de baixo calão, respeite os demais leitores.

Obrigada por comentar e volte sempre!!

© 2017 x Design e Código: Sanyt Design x Livros e Café • voltar ao topo