Último ano do colégio: a formatura da estudiosa Alex se aproxima, assim como a promessa feita com seus dois melhores amigos, Bethany e Zach, de viajarem até o Colorado, local para onde sua mãe estava indo quando morreu em um acidente. O Dia da Viagem se torna cada vez mais próximo, e tudo corre conforme o planejado.
Até Cole aparecer.
Encantador, divertido, sensível, um astro dos esportes. Alex parece não acreditar que o garoto está ali, querendo se aproximar dela. Quando os dois iniciam um relacionamento, tudo parece caminhar às mil maravilhas, até que ela começa a conhecê-lo de verdade…
Em um retrato realista de um relacionamento conturbado, a autora Jennifer Brown – do sucesso A Lista Negra – nos leva até o limite de nossos sentimentos.


Jovem Adulto | 256 Páginas | Editora Gutenberg | Skoob | Classificação: 5/5

Amor Amargo” é narrado em primeira pessoa, pelo ponto de vista de Alex. Uma menina que perdeu a mãe muito nova, e tem um relacionamento complicado com o pai. Ela está em seu último ano no colégio, e conta os dias para que o ano termine; ela e seus dois melhores amigos planejam realizar uma viagem para o Colorado, uma viagem que foi planejada pelos três há muito tempo. Alex é uma menina muito inteligente, que adora escrever poemas. Ela realiza trabalhos de monitoria no colégio, também trabalha em um restaurante, onde economiza cada moeda para a viagem. Ela está muito animada com essa viagem, fazendo planos e sonhando com o dia que estará no lugar que ela sempre sonhou conhecer. Até o dia em que ela conhece Cole e tudo muda.

"Até aquele momento jamais havia pertencido a alguém, não assim. Cole me tinha por inteiro: corpo, alma e coração. E era libertador.
Quase como estar no topo de uma montanha."

Cole é um garoto lindo, que foi transferido para o mesmo colégio que Alex. Para poder começar a treinar no time de basquete, ele precisa ter aulas de reforço; e a pessoa que dará essas aulas é a Alex. Durante o tempo que passam juntos, Cole começa a demonstrar interesse pela Alex, após um tempo, eles começam um relacionamento. O namoro começou da melhor forma possível: Cole era um garoto atencioso, charmoso, educado e romântico, que fazia de tudo pela Alex, até o dia em que ele se torna uma pessoa totalmente diferente: frio, violento e perigoso. 

"Eles não entendiam Cole. Não entendiam o que eu sentia por ele. Não entendiam que certas coisas, como seu jeito de me acariciar e de me olhar nos olhos, cheio de ternura, não desapareciam de uma hora para outra só porque ele tinha ficado nervoso e perdido a cabeça."

No começo, você até pensa que o livro tem um ritmo bem devagar, mas, quando você menos espera, a autora explode a bomba. “Amor Amargo” fala sobre relacionamentos abusivos. Alex começou a se afastar dos amigos, sempre inventando desculpas para não encontrá-los. Começou a fazer tudo que o Cole queria, sem se importar com mais nada, apenas em realizar os desejos dele. Cole aos poucos vai mostrando quem realmente é: uma pessoa fria e instável. O problema é que, sempre quando acontecia algo, Alex acabava aceitando, sempre inventando desculpas para justificar as atitudes do namorado. Sempre acreditando quando ele pedia perdão, e jurava que nunca mais faria aquilo novamente.

E assim, sem mais nem menos, me dei conta de que, querendo ou não, o que tinha acontecido no dia anterior já tinha começado a me definir; eu estava inventando pretextos para justificar o que ele tinha feito comigo.


E com isso, eu começava a me revoltar com a Alex, chegava a ficar com muita raiva dela, de toda a situação em que ela se encontrava. Raiva por ela sempre perdoá-lo, por sempre pensar que a culpa era dela, que o problema estava nela, que ela merecia tudo aquilo; todo o abuso e maus-tratos. Em certos momentos, até entendia que tudo era por ela achar que não era amada, pela carência de afeto que ela tinha. E então, acontecia algo mais grave que me fazia entrar em desespero, querendo de alguma forma, fazer com que a protagonista acordasse e tomasse alguma atitude.

“Eu amava Cole, mas, às vezes, amá-lo era como andar de montanha-russa sem conseguir recuperar o fôlego entre as curvas e quedas”

Esse livro, assim como “A Lista Negra”, mexeu muito comigo e com as minhas emoções. Jennifer nos apresenta um livro com um tema polêmico. Apesar de ficar com raiva da Alex em alguns momentos, consegui compreender o que a autora queria passar. Que mesmo muitas pessoas dizendo: “Nunca deixaria isso acontecer comigo” ou “Eu devolveria na mesma moeda” e várias coisas, as coisas nunca acontecem como pensamos ou falamos. Você não sabe qual seria sua atitude até passa pela mesma situação que a protagonista. Às vezes falar é muito fácil! Tentei me colocar no lugar da Alex, sempre me perguntando o que faria se fosse eu no lugar dela. A verdade, é que não consegui imaginar o que faria.

Ele soltou o meu pescoço e eu desabei no chão, cobrindo o rosto com as mãos enquanto soluçava. Amedrontada demais para correr . Pasma demais para continuar em pé. Machucada demais para ser corajosa, revoltada ou qualquer outra coisa além de arrasada.

Jennifer Brown escreveu uma historia mais que maravilhosa; uma história incrível que vai muito além da ficção. Ao final do livro, ela explica de onde veio a Ideia do livro, há também uma serie de perguntas respondidas pelo psicólogo forense Daniel C. Claiborn sobre relacionamentos abusivos. A editora Gutenberg está mais uma vez de parabéns por essa publicação.

Amor Amargo” é um daqueles livros que deveria ser lidos por todos, não só por jovens, mas por pessoas de todas as idades. Indico o livro para aqueles que estão vivendo a fase do primeiro amor, começando a vida amorosa. Esse é mais um livro que indico de olhos fechados. Não deixem de ler esse livro! 




17 Comentários

  1. Eu tenho sérios problemas com esses livros que abordam temas como relacionamentos abusivos assim como você eu fico estressada, frustrada.
    Se colocar no lugar de outras pessoas é realmente muito dificil mais o bom da literatura é isso a gente consegue pensar mais nas outras pessoas, se colocar no lugar do proximo.
    Amei sua resenha
    Bju
    Mary Reis.

    ResponderExcluir
  2. Nossa que dica mega bacana... adoro livros assim que mexem com nossas emoções... eu me emociono muito com livros assim. O enredo na escola, amores pueris, descoberta de novos sentimentos e tragédias amorosas são itens que não posso deixar passar. Já estou ansioso com o seu relato... pense quando eu ler o livro... Adorei sua resenha e obrigado por compartilhar um título tão interessante... Até mais

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Relacionamentos abusivos sempre nos deixam com aquela pitada de raiva né rsrs
    O livro traz um ponto interessante e nos faz pensar em algumas atitudes que, mesmo sem querer, a gente pode estar fazendo.
    Gosto bastante do cenário trazido e essa pegada sobre novos sentimentos com uma boa pitada de drama relacionado a tragédias amorosas. Adorei a resenha!!

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá linda,

    Todo mundo diz para eu ler esse livro e depois de sua resenha maravilhosa tenho certeza que em setembro faço isso.
    Gosto muito de livros que falam sobre relacionamentos abusivos, porque tocam na ferida que é agredir o outro de todas as formas possíveis e pensar que a vítima precisa de muita ajuda para sair dessa, porque ela acha que é a causa disso e que merece sofrer.

    Eu recomendo que leia No Escuro que trata da temática de uma forma crua e brutal.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Já me falaram desse livro e estou muito curiosa em relação a ele. Será uma ds minhas leituras desse ano. Sei que vou sofrer muito durante a leitura.

      Excluir
  5. Olá
    Muitas vezes sinto receio de ler livros com essa temática justamente pela irritação que me causa. Sabe conheço duas mulheres que passaram por isso, elas nunca apanharam, mas existe outras formas de humilhação. E não adianta, a gente pode falar para elas, mas elas não querem saber, porque, como uma delas mesmo respodeu para mim, a gente ama. Antes que falem que só mulher aceita coisas assim, tenho um amigo que entrou na espiral sendo feito de tonto por uma mulher.
    Aiai, acho que por essa realidade estar tão perto de mim, acho melhor ler outras coisas

    ResponderExcluir
  6. Oie!
    Eu não li esse livro, mas estou vendo que perdi uma ótima leitura. Vou comprar esse livro para conferir essa trama, pois fiquei intrigada. Com certeza, vou gostar bastante dessa leitura. Um livro bem interessante.
    bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  7. Oiii, como vai?
    Eu tenho tanta curiosidade de ler esse livro, mas confesso que acredito que no momento não é a hora certa, sou meio sensível com todos os livros que tenham relacionamentos, então meio que estou fugindo. Com isso, eu anotarei a dica com toda certeza, aliás o livrinho já está na minha listinha um tempo. Parabéns pela resenha.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Eu não li esse livro, mas minha irmã sim e assim como você ela gostou bastante. Realmente é um tema que deveria ser mais explorado na literatura, e também acredito que Amor Amargo deveria ser lido por todos. Adorei sua resenha! <3
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oie
    muito legal o enredo, eu sou suspeita pois amo a autora desde A Lista negra, adorei sua resenha e o livro já esta aqui para eu ler

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá,

    Estou louca para ler esse livro e agora com a sua resenha a ansiedade está a mil. Vou ver se consigo compra-lo ainda este mês.

    Abraços
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  11. simeia silva22.8.16

    Oi, quero ler demais A Lista Negra e Amor Amargo com certeza, só ouço elogios desses dois livros. E cara, só de ler a sua resenha já fiquei pé da vida, imagina quando eu ler o livro, vou querer matá-la.Não sei como será a minha reação a leitura, mas será intensa.

    bjs

    ResponderExcluir
  12. Oi!!
    Esse livro está na minha lista de desejados, já faz um tempo. Sempre que leio resenha dele, só vejo comentários positivos e isso me deixa cada vez com mais vontade de ler.
    A autora pelo visto tem o dom de escrever sobre temas pesados, mas de uma forma que faz o leitor ficar completamente envolvido pela leitura.
    Livros que mexem com as emoções sempre são livros marcantes, preciso ler esse livro logo.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem?
    Muita gente amaaa a escrita da Jennifer Brown e sempre quis ler algo dela.
    Ganhei o livro Amor Amargo, mas ainda nao li e foi bom q li aqui do que se trata a histori e agora to mais preparada pra ler tudo.
    Acho que vou amar tb, e fiquei curiosa com o rumo dos personagens.
    Achei a capa tao linda, vermelho é minha cor favorita.
    Beijos!

    Livros e Sushi • Facebook InstagramTwitter

    ResponderExcluir
  14. Olá...
    Eu não conhecia esse livro, a capa não me chamou muito a atenção, mas a história parece ser incrível! A sua resenha está impecável e deixa qualquer leitor encantado pelo livro, parabéns.
    Anotei a sua dica e sim, irei lê-lo.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  15. Eu já tinha lido algumas coisas sobre esse livro, mas não gostei muito do enredo desse livro. Não é algo que eu leria.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Eu acho muito importante esses livros que tratam de temas tão relevantes, como relacionamentos abusivos. É importante que a sociedade enfrente isso, discutindo o assunto abertamente. e eu acredito que a literatura pode ajudar muito nesse sentido. E se é um livro que mexe com as emoções, melhor ainda.

    Tatiana

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então deixe seu comentário. Mas lembre-se, não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de preconceito ou palavras de baixo calão, respeite os demais leitores.

Obrigada por comentar e volte sempre!!