28 de agosto de 2016

[Resenha] Esquadrão Suicida

Nome: Esquadrão Suicida
Direção: David Ayer
Elenco: Margot Robbie, Will Smith, Jared Leto, Viola Davis, Joel Kinnaman, Jay Hernandez, Jai Courtney, Cara Delevingne, Karen Fukuhara, Adam Beach, David Harbour e Adewale Akinnuoye-Agbaje.
Duração: 2h10min
Nota: 6,8


Sinopse: Após a aparição do Superman, a agente Amanda Waller (Viola Davis) está convencida que o governo americano precisa ter sua própria equipe de metahumanos, para combater possíveis ameaças. Para tanto ela cria o projeto do Esquadrão Suicida, onde perigosos vilões encarcerados são obrigados a executar missões a mando do governo. Caso sejam bem-sucedidos, eles têm suas penas abreviadas em 10 anos. Caso contrário, simplesmente morrem. O grupo é autorizado pelo governo após o súbito ataque de Magia (Cara Delevingne), uma das "convocadas" por Amanda, que se volta contra ela. Desta forma, Pistoleiro (Will Smith), Arlequina (Margot Robbie), Capitão Bumerangue (Jai Courtney), Crocodilo (Adewale Akinnuoye-Agbaje), El Diablo (Jay Hernandez) e Amarra (Adam Beach) são convocados para a missão. Paralelamente, o Coringa (Jared Leto) aproveita a oportunidade para tentar resgatar o amor de sua vida: Arlequina.



Assim que foi anunciado que a Warner Bros Pictures estaria trazendo Esquadrão Suicida paras as telas do cinema, minha empolgação com o filme foi a mil! Por isso, nem preciso dizer como fiquei feliz em poder ir ao cinema para conferir o filme.


É certo dizer que o filme gerou muitas expectativas ao longo de toda a campanha de divulgação. Desde os primeiros nomes confirmados, as primeiras imagens, os primeiros trailers; a cada nova menção do nome “Esquadrão Suicida”, a curiosidade de todos (a minha em especial) aumentava mais e mais. O escolhido para reunir os vilões da Dc Comics foi o diretor David Ayer, seria dele a obrigação de entregar ao publico um ótimo filme com os piores vilões dos quadrinhos salvando o mundo. Mas o que vimos foi um bom filme, mas que cometeu alguns deslizes.


Após os acontecimentos de Batman VS Superman, toda a população lamenta a morte do heroi Kryptoniano. Com isso, a agente Amanda Waller (Viola Davis) decide que o mundo precisa de uma resposta rápida contra os Metahumanos, com isso, ela reúne os vilões mais perigosos e, sob o comando do soldado Rick Flag (Joel Kinnaman), eles são libertados da prisão para derrotar uma entidade que tem a pretensão de dominar o mundo.


No primeiro ato do filme vemos a origem de cada membro do esquadrão, eles são apresentados em flashbacks. Nesse momento, os destaques são do Pistoleiro (Will Smith), da Arlequina (Margot Robbie) e do Diablo (Jay Hernandez). Os demais membros são apresentados de forma rápida, somente para conhecê-los. Com as apresentações feitas e o esquadrão formado, algumas medidas são tomadas para garantir que nenhum deles tentem fugir. Os demais também são apresentados sem ganhar tanta profundidade. A apresentação dos personagens, do vilão e a partida do esquadrão para enfrentar o inimigo, são feita de forma bem rápida, um pouco corrido.


Foi uma surpresa quando vi quem seria o vilão que eles teriam que enfrentar. O antagonista nesse caso é a Magia, personagem interpretada pela Cara Delevingne. Não que sua atuação seja ruim, mas a personagem não teve uma apresentação decente; ela não foi bem explorada, na verdade, não achei a personagem um inimigo tão forte assim.


Nos quesitos cenário, figurinos e efeitos especiais, Esquadrão Suicida passa com grande satisfação. A trilha sonora é outro ponto alto do filme, que apresenta músicas pop que empolgam o público. Além disso, há peças-chave em algumas cenas que conectam a história ao filme "Liga da Justiça", que estreará nos cinemas no ano que vem. O humor é bastante explorado, mas, às vezes, chega a ser desnecessário em algumas cenas. Porém, isso não prejudica tanto o filme.


Um dos grandes destaques é a Arlequina, vivida pela Margot Robbie. No filme conhecemos a origem do seu relacionamento com o Coringa. Uma relação obsessiva e abusiva. Antes de se tornar vilã, ela era Dra. Quinzel, psiquiatra de Arkham e foi lá que ela conheceu o vilão. Arlequina é apaixonada pelo palhaço e não se importa em sofrer ou ser torturada. Mas uma coisa é certa: Margot Robbie nos entrega uma ótima Arlequina.


Will Smith também é um dos destaques, seu personagem, Pistoleiro é bem explorado, mostrando seu lado vilão, mas também seu lado humano, lado esse, que possui uma única fraqueza: sua filha.  


Assim que foi anunciado que o Coringa seria interpretado pelo Jared Leto, confesso que fiquei com pé atrás se essa teria sido uma boa escolha. Na minha mente, ele seria o principal vilão do filme. No entanto, ele pouco aparece, nas poucas cenas que aparece, ele serve mais para contar sua história com a Arlequina. As cenas que vimos no filmes, são as que aparecem no trailer (mas sem spoilers, é claro!). Apesar das duvidas que eu tinha, Jared Leto nos entrega um Coringa convincente. Ele fez um bom trabalho em dar vida a um personagem insano e psicótico. Ficou claro para mim, que o foco no filme não seria ele, mas sim, o esquadrão. Mas fiquei bem chateada por terem cortados tantas cenas do personagem.


Viola Davis nos entrega uma Amanda Waller forte, que não tem medo do perigo, muito menos dos piores vilões. Destemida e autoritária, ela está mais para a principal vilã.


Na minha opinião, "Esquadrão Suicida" serviu como uma introdução para Liga da Justiça. Há várias pontas que ficaram soltas no filme. Os personagens são convincentes. A única que não me agradou foi o antagonista. Mesmo aparecendo em poucas cenas, Coringa foi um dos personagens que mais gostei no filme. Há uma cena pós-créditos, por isso, não saia correndo da sala do cinema. Esquadrão Suicida é um filme que divide opiniões. Eu digo que vale o preço do ingresso, vale a ida ao cinema. Assista e tire suas próprias conclusões.


14 comentários:

  1. Adorei sua resenha, muito bem escrita!!
    Quanto ao filme, até onde assisti minha preferida foi a Arlequina.
    Sim, até onde assisti, pois tive que sair do cinema no meio do filme, minha irmã e pequena acompanhante ficou com medo das cenas e por esse motivo não terminei de assistir.
    Li tua resenha morrendo de medo de spoiler.
    Kkkkkkkk
    Bjs
    www.eupraticolivroterapia.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oiee

    Adorei a resenha!!!
    Eu estou doida pra assistir a esse filme. Infelizmente tive um acidente e agora vou ter que esperar sair em vídeo para assistir.
    Já tinha ouvido falar que o Coringa aparece pouco.
    Adorei as imagens, fiquei com mais vontade ainda.

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ola lindona ainda não assisti o filme, li muitos elogios assim como algumas críticas principalmente com relação a aparição do Coringa ser pouca, gostei do elenco e pretendo assistir em breve. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    GENTE, CONCORDO MUITO COM VOCÊ SOBRE O FILME. EU AMEI A MARGO COMO ALERQUINA E NÃO CONCORDO QUE FAÇAM OUTRA SEM SER ELA. Ela foi incrivel. Vi o pessoal reclamando da questão de romantizar o relacionamento abusivo dela com o Coringa, mas ai fiquei pensando, a intenção era essa gente. A ideia de passar como na cabeça dela, a historia deles parece realmente um romance, e não uma coisa errada sabe. Eu pelo menos vi assim. Eles exploraram a visão da personagem sobre o relacionamento.
    COncordo sobre a Magia. Ela foi vendida como parte do esquadrão. Fiquei mega chateado com isso dela ser vilão. Mas gostei da interpretação da Cara. Ficou legal
    E sobre o Coringa do Leto, eu acho q ele não teve tempo de se mostrar na verdade. Pelo pouco que vi, eu gostei. Diferente do Smith, que pra mim, era mais mocinho que o Batman.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Se tem um filme que não me interessa nem um pouco é esse. Não fui com a cara dele em momento algum e se algum dia eu for assistir vai se só para poder dizer com base em ter assistido os motivos de eu não gostar dele.

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Eu assisti o filme, mas achei ele bem mais ou menos. Nem bom, nem ruim. Apenas mediano.
    Não curti essa romantização do relacionamento da Arlequina e do Coringa. Os personagens que mais gostei apareceram pouco, que foram Katana e El Diablo.
    Não gosto da Cara atuando, então não me agradou também.
    Mas gostei de Will como pistoleiro e a trilha sonora do filme ficou ótima.
    Foi um bom entretenimento... Vamos ver como fica Liga da Justiça xD
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oie
    muito legal a resenha, parece ser um bom filme mas não estava fanática como meus amigos, irei ver por mais curiosidade mesmo

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oie, esse filme estrondou e a divulgação foi imensa, mas vi muita gente se decepcionando, eu não gosto muito do mundo de super-herois, dc comics, então quando esse filme saiu ele não me impactou como as outras pessoas, no dia do lançamento quase todos os meus amigos foram e eu nem me movi da cama KKK, e pelo visto fiz certo já que ele nem foi tudo isso

    ResponderExcluir
  9. Para mim, Arlequina foi a grande aposta na sala de cinema. Confesso que todo o agito feito em torno do Coringa prejudicou o sucesso do filme, visto que ele quase não aparece. O cenário é os efeitos estão bons e a trilha sonora realmente foi bem colocada.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  10. Oi
    então eu vi o filme e penso mais ou menos como você. Robbie e Will seguraram todo o filme, tanto que a trama deu uma girada muito em relação a eles, mas a Cara e a sua Magia foi horrível! Ela não tinha expressão facial ou corporal, não me convenceu, eu vi com o meu irmão e teve momentos dela que ele olhava para mim e se acabava rindo porque ela não desceu. E o Jared fez um bom coringa com aquilo que foi entregue a ele, talvez mais destaque teria elevado o filme e vou nem falar sobre a Viola! SHOW DE ATRIZ!!
    Foi um filme onde quis muito e no fim ele foi aquele filme bom com capacidade para ótimo!

    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Oie!!
    Eu estava muito empolgada para assistir o filme, então fiquei doente, aconteceu uns problemas, meu namorado foi assistir e ele acabou me contando o filme inteiro pois é hahaha
    Fiquei um pouco decepcionada com a história, mas pretendo muito assistir.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  12. Hi baby, tudo bem? adorei a resenha, também fiz o meu review do filme lá no meu blog e tive muitas opiniões semelhantes a sua! Margot e Viola rainhas do filme <3

    Lilian Valentim
    http://speakcinema.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir
  13. Oi,
    Eu não fã de assistir filmes, mas agora tenho dois homens na minha casa que amam filmes e melhor ainda nesse estilo. Vou esperar sair em vídeo e tenho certeza que vamos assistir
    Obrigada pela dica
    beijos
    Daya

    ResponderExcluir
  14. Olá!

    Estou muito ansiosa para assistir esse filme, mesmo com as críticas negativas. Sou apaixonada pelo universo dos heróis e ainda mais pelo dos vilões hahaha. Quero conhecer o coringa do Jared e a Arlequina.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então deixe seu comentário. Mas lembre-se, não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de preconceito ou palavras de baixo calão, respeite os demais leitores.

Obrigada por comentar e volte sempre!!

© 2017 x Design e Código: Sanyt Design x Livros e Café • voltar ao topo