Falar com um fantasma pode ser assustador. Ter a habilidade de se comunicar com todos, então, é de arrepiar qualquer um. A jovem Suzannah seria uma adolescente novaiorquina comum, com seu indefectível casaco de couro, botas de combate e humor cáustico, se não fosse por um pequeno detalhe. Ela conversa com mortos. Todos eles. Qualquer um. Ela é uma mediadora, em termos místicos, uma pessoa cuja missão é ajudar almas penadas a descansar em paz. Um dom nada bem-vindo e que a deixa em apuros com mãe e professores. Como convencê-los da inocência nas travessuras provocadas por assombrações? Essa é a emocionante trama de A mediadora série best seller de Meg Cabot, que ganha nova capa. Em A TERRA DAS SOMBRAS, primeiro volume da série, Cabot apresenta a vida desta mediadora divertida, que tem certa ojeriza a prédios antigos — quanto mais velho um edifício maiores as probabilidades de alguém ter morrido dentro dele —, um pai-fantasma nada ausente e uma nova família, que inclui um pai adotivo e três irmãos postiços. A história começa com a mudança de Suzannah para a ensolarada Califórnia e, para seu desespero, uma casa do século passado. Assombrada, claro. Só que por um fantasma bonitão, que nada faz para assustá-la. Muito pelo contrário.
Os problemas de Suzannah, porém, não estão só no lar, mas também na escola. Lá, o espírito de uma garota, que se matou por causa do namorado, ameaça a segurança de todos. Só Suzannah com suas habilidades e poderes especiais pode salvar seus amigos e professores da fúria terrível de uma assombração com grandes poderes...


Jovem Adulto | 288 Páginas | Editora Galera Record | Skoob  Classificação: 4/5

Esse é o primeiro livro da Meg Cabot que leio, sempre ouço falarem muito bem dos livros dela, mas nunca tive a oportunidade de ler nenhum. Já conhecia essa séries e tinha muito interesse em ler os livros; até que numa passada em um Sebo, eu enfim consegui comprar e ler.

Sempre gostei de romances com uma pitada e de sobrenatural, por isso, esse é um dos livros que mais tinha vontade de ler. "A Terra das Sombras" é o primeiro volume da série, um livro que será apreciado por todos.  


Nesse primeiro volume conhecemos Suzanna, ela está se mudando de Nova York para Califórnia para viver com sua mãe, seu padrasto e os três filhos dele. Ela não é igual as garotas da sua idade; Suzanna tem um dom bastante incomum e que faria muitas pessoas morrerem de medo: ela é capaz de ver fantasmas. Como se isso não fosse o bastante, esse dom muitas vezes a coloca em perigo, além do fato de todos acharem que é ela maluca. Com a mudança, Suzanna espera que as coisas mudem, mas não é isso que acontece. Ao chegar na sua nova casa, ela descobre que ali também é o lar de um fantasma, Jesse. Esse fantasma é um diferente dos que ela já encontrou ao longo dos anos. Além de ter que conviver com um fantasma morando na mesma casa, ela descobre que sua nova escola também tem um desses seres; uma estudante morta que está em busca de vingança.

“Imagine só ser assombrada - literalmente assombrada - pelos mortos, a cada minuto de cada dia de sua vida. Não é nada agradável. Você vai ali na lanchonete tomar um refrigerante...opa, falecido na esquina. Alguém o baleou. E se você puder levar os tiras ao sujeito que fez aquilo, ele pode finalmente descansar em paz.
E tudo o que você queria era um refrigerante. ”


A narrativa do livro é feita em primeira pessoa. Em alguns livros eu até prefiro que seja desse tipo, mas aqui, seria bem  melhor se fosse narrado pelo ponto de vista dos dois protagonistas. Gostaria de ler pelo ponto de vista do Jesse também; saber quais eram seus sentimentos. Porem o livro inteiro é focado na Suzanna.

Gostei bastante dos protagonista; a Suzanna é um pouco diferente das mocinhas dos livros que costumo ler. Mas em alguns momentos ela me tirou um pouquinho do sério. Ela é uma pessoa muito teimosa, que mesmo convivendo com esse dom há anos, ela ainda não o aceita completamente. Agora quem conseguiu me cativar foi sem dúvida o lindo fantasma, Jesse. Tudo bem que ele é um fantasma. No entanto, fica impossível não se apaixonar por ele e pelo seu jeitinho. Torci durante todo o livro pelos dois.

“Não é sempre que dou de cara com um fantasma que também é uma graça, mas aquele cara... caramba, ele devia ser uma coisa quando vivo...”

“Será que fantasma também faz abdominal? Era o tipo de coisa que eu nunca tivera oportunidade - ou vontade - de explorar até então. ”


Todo o mistério que envolve a Suzanna é bem agradável; todas as descobertas que ela descobre sobre seu dom. Estou ansiosa para ler os próximos volumes, estou certa que será ainda melhor esse.

Esse é um livro para quem gosta de uma temática leve e sobrenatural. É uma narrativa envolvente e gostosa. Um protagonista fofo e irresistível. E é claro, para quem curte um bom romance.  


13 Comentários

  1. Eu já li livro da Meg mas sob o pseudônimo de Patricia Cabot e foi romance de época, gostei bastante.
    Assim no estilo sobrenatural ainda não li nada, mas tenho vontade.
    Fiquei curiosa com o fato da personagem ter a capacidade de ver fantasmas.
    Pareceu ser uma leitura bem gostosa, vou levar a dica.

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oiii, como vai?
    Infelizmente dessa vez eu irei pular a dica, pois não costumo me agradar muito da forma de escrita da autora e nem de suas obras, mas a sua resenha ficou um arraso.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Quero muito fazer a leitura dessa serie muita gente fala bem dessa autora e eu não vejo a hora de começar também como adoro romances sobrenaturais já estou com a vantagem.
    Adorei sua resenha
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Comecei a ler esse livro por um blog, mas como o blog foi excluído, fiquei sem ter como finalizar a leitura. Gosto muito da Meg, principalmente sua escrita, e estou doida para ler toda essa série, pois acredito que vou gostar muito.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Eu já li alguns livros da Meg e adoro a escrita dela! Mas essa série em si não me chama a atenção =/ Não curto essa temática, então acho que não leria esse livro...
    Ainda assim gostei de saber que a obra possui uma narrativa envolvente e um protagonista fofo.
    Ótima resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Olá.
    Ouço tantos elogios sobre essa série, mas ainda não tive a oportunidade de ler nenhum deles e simplesmente amei sua resenha e parabéns pelas fotos ♥
    Tem dois ou 3 anos que li um livro da Meg e não foi uma experiencia tão boa assim, mas acho que com essa série vai ser diferente.

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Dessa vez vou pular a dica, o jeito que a autora escolheu para desenvolver a trama não me agradou muito, isso sem falar da visão em primeira pessoa, que eu não gosto muito.

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    Também gosto de romances com essa pitada de sobrenatural. Desconheço a escrita da autora, mas também já ouvi falar muito bem e morro de vontade de me aventurar em suas obras.
    Fico feliz que tenha gostado dos personagens e que a leitura é agradável.
    Mal posso esperar pelas próximas resenhas.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi!!
    Nunca li nada dessa autora, gosto de livros com essa temática sobrenatural e sempre leio resenhas positivas sobre essa série e isso só me faz ter mais vontade de começar a ler.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  10. Oie
    eu morro de curiosidade por essa série e parece ser bem legal pois adoro a autora, porém não li nada mais adulto da autora porém quero muito em breve, assim que tiver mais oportunidade

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Acho que a Meg está na minha listinha de autores que eu tenho preconceito não sei porque.
    Geralmente não fico com um pingo de vontade de ler nenhum dos livros dela.
    Mas fico feliz de encontrar boas referencias na resenha, quem sabe um dia eu me proponha a ler.
    Beijos
    Conversas de Alcova ♥

    ResponderExcluir
  12. OOi!
    Acredita que nunca li nada da Mag?! Mas olha, tenho bastante vontade há tempos. Sua resenha só renovou essa vontade antiga. haha. dica (RE)anotada. kkkkkk

    Beijoos!

    ResponderExcluir
  13. Olá! Esse livro eu passo, não está nos meus planos para ser lido logo, mas sua resenha ficou show de bola. Estou naquela fase de romances, mas quando sair dessa eu lerei sem problemas esse livro.

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então deixe seu comentário. Mas lembre-se, não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de preconceito ou palavras de baixo calão, respeite os demais leitores.

Obrigada por comentar e volte sempre!!