Cada livro da coleção Signos do Amor é inspirado nas características de um signo do Zodíaco. Baseado na mitologia de Sagitário, A voz do arqueiro é uma história sobre o poder transformador do amor.
Bree Prescott quer deixar para trás seu passado de sofrimentos e precisa de um lugar para recomeçar. Quando chega à pequena Pelion, no estado do Maine, ela se encanta pela cidade e decide ficar.
Logo seu caminho se cruza com o de Archer Hale, um rapaz mudo, de olhos profundos e músculos bem definidos, que se esconde atrás de uma aparência selvagem e parece invisível para todos do lugar. Intrigada pelo jovem, Bree se empenha em romper seu mundo de silêncio para descobrir quem ele é e que mistérios esconde.
Alternando o ponto de vista dos dois personagens, Mia Sheridan fala de um amor que incendeia e transforma vidas. De um lado, a história de uma mulher presa à lembrança de uma noite terrível. Do outro, a trajetória de um homem que convive silenciosamente com uma ferida profunda.
Archer pode ser a chave para a libertação de Bree e ela, a mulher que o ajudará a encontrar a própria voz. Juntos, os dois lutam para esquecer as marcas da violência e compreender muito mais do que as palavras poderiam expressar.


New Adult | 336 Páginas | Editora Arqueiro | Skoob | Classificação: 5/5 

Quando decidi ler os livros dessa série, não poderia imaginar que amaria tanto "A voz do Arqueiro". E digo, se todos os livros da série forem tão bons quanto esse, eu já os amo antes mesmo de lê-los.

"Coisas ruins não acontecem com as pessoas porque elas merecem. Não é assim que funciona. É só... a vida. E não importa quem somos, temos que lidar com a sorte que nos cabe, por mais terrível que ela possa ser, e tentar fazer o melhor para seguir em frente de qualquer modo, amar de qualquer modo, ter esperança de qualquer modo... ter fé de que há um propósito para a nossa jornada. E tentar acreditar que talvez mais luz brilha por trás daqueles que têm as maiores rachaduras."

Bree já passou por muitas coisas nessa vida, grandes traumas que a fizeram deixar a cidade onde morava. Cansada de todas as lembranças e também dos pesadelos constantes, ela parte para uma cidadezinha do interior em busca de paz e também de perdão. É nessa cidadezinha que ela conhece o misterioso Archer, um rapaz que é conhecido por todos como o pobrezinho garoto solitário; que se esconde atrás de uma barba e atitudes que faz com que as pessoas se mantenham afastadas. Bree foi para esse lugar em busca de cura, mas assim que vê Archer pela primeira vez, a única coisa que pensa é em conhecer de verdade o rapaz,  de ouvi-lo,  de torna-se sua amiga. Sentindo uma forte conexão com Archer, ela não deixará a reputação dele intimidá-la e fará de tudo para conhecê-lo e descobrir tudo sobre sua vida. Após muitas tentativas, ela vai descobrindo o quão incrível ele é, que tudo que ouviu a seu respeito até agora não tem nenhum fundo de verdade. E o que importa agora para Bree é ser a pessoa que irá curar as feridas que o rapaz possui; de ajudá-lo quando ninguém mais foi capaz de fazer. 

 "Estou aqui por você. Estou aqui por sua causa. Estou aqui porque você me viu, não apenas com seus olhos, mas com seu coração. Estou aqui porque você quis saber o que eu tinha a dizer e porque estava certa... todo mundo precisa de amigos." 

Desde que sofreu um acidente ainda criança, a vida de 
Archer mudou drasticamente. Tendo que aprender a viver na solidão, tendo que lidar com o sentimento de culpa desde o acidente. Sem ninguém, somente um tio que tentou como pôde lhe ensinar e estar ao lado do sobrinho  ouvindo o que ele tinha a dizer. A verdade é que Archer teve que conviver com as fofocas e murmúrios a seu respeito. Sendo alvo de piadas e olhares de desprezo. Ninguém nunca tentou olhar além, nunca se importaram em conhecê-lo. Ele viveu anos de solidão, sem ter alguém que se preocupasse com ele, que tentasse ajudá-lo a superar a dor que crescia cada vez mais dentro dele. Ao ler sobre a vida do Archer, de imagina-lo como uma criança solitária, ver todo o sofrimento pelo qual ele passou, foi muito doloroso para mim. Fique com o coração destroçado, não foi difícil me conectar com o personagem, de torcer por ele, de sofre junto com ele. E lendo você começa a pensar que existem muitos Archers espalhados pelo mundo. Milhares de meninos e meninas que assim como nosso protagonista vive a margem da sociedade, como párias. Crianças que buscam desesperadamente por alguém que os ouça, que se importem verdadeiramente com seus sentimentos. E isso era tudo que Archer queria: alguém que o amasse, que fosse capaz de ouvi-lo sem pré-julgamento, sem injúrias, sem olhares tortos. E é isso que Bree traz, ela aparece na vida dele disposta a fazer aquilo que ninguém mais fez.

 "Tento acreditar que algo bonito pode resultar de algo feio, e que chegará o momento em que conseguirei ver o que é. Você me ajudou a ver minha própria imagem, Archer. Deixe que eu o ajude a ver a sua." 

A relação de Archer e Bree pode até parecer bem clichê, mas esse livro tem um toque especial. Bree causa uma mudança maravilhosa em Archer, ela o ajuda a viver, sair pela primeira vez, a conversar mais, fazer novas amizades, conhecer pessoas novas, a superar o medo, a culpa. Contudo, não é só Archer que recebe ajuda, ao ajudá-lo, Bree também é ajudada. Ambos são curados de uma forma muito bonita. Eles abrem seus corações e deixam que o amor os cure. É um romance emocionante, um amor que cura todas as feridas abertas. E com isso você percebe o poder do amor; como ele é capaz de curar, ainda mais um amor tão puro e forte como o dos protagonistas. E como sou uma romântica incurável, eu ri, chorei, suspirei pelo Archer, sim, porque ele é 
LINDO, divertido e romântico e torci como nunca por esse casal.

"E, às vezes, era só isto que bastava: uma pessoa disposta a ouvir o nosso coração, o som que ninguém jamais tentara ouvir." 

Uma história de superação que prende o leitor do começo ao fim. A autora nos apresenta personagens traumatizados, que já perderam muitas coisas, já sofreram, mas que buscam uma forma de superar toda a angústia que estão vivendo. Um livro que nos faz refletir sobre compaixão e ajuda ao próximo; sobre preconceitos e julgamentos. Aprendi que mesmo um coração maltratado pode ser curado pelo poder do amor. Além do lindo romance, 
Mia Sheridan também aborda outros temas importantes, como: deficiência física, violência familiar, depressão; temas reais que faz parte do mundo em que vivemos. Outro ponto a se destacar são os personagens: Bree é uma moça forte, não possui aquela insegurança que vemos em muitas mocinhas nos livros. Ela se entrega de corpo e alma ao sentimento que sente pelo Archer. Não tenta fugir desse sentimento ou fingir que ele não existe. Ela é aquela pessoa que luta em nome do amor. É um lindo romance! E o que falar do mocinho que conheci agora e já considero um dos meus protagonistas favoritos: Archer é puro, possuidor de um coração enorme, dono de uma personalidade que o faz ser quem ele é. E é claro que ele é muito lindo! Agora me falem, tem como não amar esse casal?

"(...) O amor dela me envolve suavemente, me sustentando, me ancorando, me lembrando de que as palavras que mais importam são aquelas que vivemos." 

Fui cativada desde o inicio pela narrativa maravilhosa da autora. É um livro emocionante e lindo. Definitivamente adorei o livro! A escrita é leve, jovem e até divertida. O livro também apresenta teor sexual, mas não fiquem pensando que esse é foco da história, porque não é. É um livro sobre amizade, superação, amor e luta. Um livro que recomendo a todos.

Eu Archer você.



15 Comentários

  1. Olá!

    Já vi várias resenhas positivas dele, mas ainda não me sinto atraída para ler. Pode ser que um dia eu dê uma chance.

    ResponderExcluir
  2. Oie

    Estou super curiosa com essa coleção, já vi muitas resenhas positivas e tem a parte dos signos também que desperta minha curiosidade.
    Adorei esse, gosto de histórias de superação!!!
    Vou ler com certeza!!!

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oiii, tudo bem?
    Infelizmente dessa vez a obra em si não despertou meu interesse, pois o gênero não me agrada e achei a capa bem sem graça, mas fico feliz que tenha gostado dessa maneira, parabéns pela incrível resenha.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Ainda não tive a oportunidade de ler a obra, mas já vi várias críticas positivas acerca dela.
    O que me desanima é que já procurei os volumes e ainda não foram lançados todos aqui no Brasil e não gosto de ter que ficar esperando o próximo lançamento pois quebra o ritmo da leitura mesmo sendo livros independentes.
    Pretendo começar a ler assim que tiver todos os volumes, pois adorei o fato de ser uma leitura leve e até mesmo divertida que se baseia nos signos dos zodíacos (achei isso bem inovador e intrigante).

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá, vejo várias resenhas positivas do primeiro livro, mas negativas das continuações, mas quero conferir a série somente pois sou louca por signos e achei a ideia super criativa

    ResponderExcluir
  6. Oie!
    Ese livro é lindo! Como eu adorei essa história, o romance do casal, a narrativa da autora, e todas as cenas de suspirar que tem durante o livro. Título mais que indicado, e todos deveriam ler essa história. Tenho certeza que gostarão da trama.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  7. As vezes me sinto meio alienígena quando se trata desse livro. Achei o romance fofo, o Archer mt gracinha, mas não achei esse livro tão maravilhoso qnt td mundo tenho achado. Que bom q gostou tanto, pra mim foi só bom e parou aí.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  8. Oie tudo bom?
    Então eu fiz a leitura desse livro e assim como você eu amei mesmo com os clichês foi uma leitura tão gostosa para mim eu tive as mesmas sensações que você acabei correndo para ler os outros livros da serie ainda não terminei todos mais estou amando.
    Uma autora maravilhosa sua resenha ficou muito bacana.
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  9. Olá,

    Sou doida para ler essa série, mas como não tenho money, ainda não tive a oportunidade. Além da história em si me chamar a atenção, até hoje nunca li uma resenha negativa, pelo contrário as resenhas são carregadas de elogio. Quero muito conhecer a escrita da Mia. Espero poder lê-lo o mais breve possível.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Lembro-me de que esse livro, quando foi lançado, teve uma excelente divulgação. Já li inúmeras resenhas positivas dele, mas não me sinto estimulada a realizar a leitura. Talvez mais adiante. Gostei muito da sua resenha.

    Tatiana

    ResponderExcluir
  11. Oie
    o livro não me atrai tanto pela capa quanto pelo enredo, parece ser uma boa leitura para amantes desse gênero mas eu deixarei passar a dica, mesmo assim, muito boa sua resenha e que bom que curtiu a leitura

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. simeia silva22.9.16

    Oi, todos que leram esse livro falam bem, mas alguns resmungam do próximo,kkk. Espero que os outros te cativem tanto quanto esse te cativou. Não sei se leria a serie agora, talvez mais pra frente, já que o gênero não é muito o que estou querendo no momento, e como já tenho alguns no mesmo segmento por aqui, quero lê-los antes de pensar em outros. Mas quando me animar, acho que só me arriscarei nesse A Voz do Arqueiro, porque os outros nem todos amaram, e quando é assim, prefiro ficar no primeiro do que me decepcionar com a escrita da autora.Hahaha. ótima resenha.

    bjs

    ResponderExcluir
  13. Aii como eu sou apaixonada por esse livro...
    Essa série é simplesmente demais!
    Comecei a ler como quem não quer nada e quando vi... puff acabou kk
    Adorei a sua resenha e leia os outros tenho certeza que amara o Leo tanto quanto amei o Archer

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  14. Oiii!!

    Eu tentei ler esse livro há um tempinho mas não consegui.
    A história parece ser bem envolvente e eu gosto da série ser independente, é ótimo isso!
    Dica anotadinha!!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  15. Eu fiquei totalmente em depressão quando acabei esse livro... foi um daqueles momentos em que eu não queria ler mais nada pq o Archer e a Bree estavam totalmente em meu coração. É um livro lindo, que me encantou de uma forma incrível. Eu fiquei com a mesma sensação que você, se todos os livros da série forem parecidos com esse, eu também já amo antes mesmo de ler...
    Espero conseguir finalizar minha resenha ainda esse mês - dá vontade de contar tudo e ao mesmo tempo sei que não posso já que estragaria a leitura para quem ainda não o fez. É muito amor para um único livro *.*
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então deixe seu comentário. Mas lembre-se, não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de preconceito ou palavras de baixo calão, respeite os demais leitores.

Obrigada por comentar e volte sempre!!