20 de outubro de 2016

{Aperte o Play} O que estou ouvindo


Mais um post sobre música aqui no blog. Dessa vez vou falar de uma das artistas que mais gosto, de músicas que amo e ouço até ficar com os ouvidos doendo: SiaSe você nunca tinha ouvido mesmo falar da cantora, agora é a hora.



Sia Kate Isobelle Furler é uma cantora, produtora musical e compositora. Ela é conhecida por todos como Sia. Durante a metade da decada de 1990, deu inicio a carreira como vocalista da banda Acid jazz Crisp. Em 1997 quando a banda se dissolveu, ela lançou seu album de estreia. Ela também lançou mais quatro albuns: Healing Is Difficult (2001), Colour The Small One (2005), Some People Have Real Problems (2008) e We Are Born (2010) Ela também lançou vários EP.

 Sia escreveu as canções "All I Need", "I Am", "Stronger Than Ever" e a emocionante "You Lost Me", ambas fazem parte do album Bionic, da artista Christina Aguilera, grande amiga de Sia. Em 2011, Sia foi convidada por Christina para ajudá-la no reality show The Voice, em que é treinadora vocal. Para aqueles que ouvem trilhas sonoras, devem se lembrar de que ela também teve uma participação na trilha sonora do filme A Saga Crepúsculo: Eclipse, com a canção "My Love". 



Em dezembro de 2011 o hit "Titanium", de David Guetta, foi lançado tendo Sia por intérprete. Em 2012, ela colaborou com o rapper Flo Rida em seu single "Wild Ones". Ainda em 2012, compôs o grande hit "Diamonds" para Rihanna. Outras artistas também preferem trabalhar com Sia; em 2013, Beyoncé lançou repentinamente seu álbum homônimo e sua canção principal de trabalho foi "Pretty Hurts".

 Após ganhar reconhecimento com hits como Wild OnesTitaniumShe Wolf  e em composições para BeyoncéKaty PerryChristina AguileraRihanna e outros, em 2014, Sia lançou seu 6º álbum de estúdio, intitulado 1000 Forms Of Fear, que pela primeira vez em sua discografia, atingiu o topo da Billboard Hot 200. O hit Chandelier lhe rendeu 4 indicações ao Grammy Awards.



Sia é dona de uma voz única e marcante, com uma rouquidão única. De uns tempos pra cá, ela adotou uma postura de se esconder da mídia, em diversos aspectos. Recusou-se a ser fotografada para entrevistas. Ela também passou a recusar promover seus materiais ou dar entrevistas, preferindo não se expor de nenhuma maneira, e passou a se vestir de preto e usar máscaras em suas apresentações. Sia acredita que sua voz é a parte mais importante de seu trabalho. Em uma declaração em seu Twitter, Sia diz “eu simplesmente gosto de ser uma voz“.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou do post? Então deixe seu comentário. Mas lembre-se, não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de preconceito ou palavras de baixo calão, respeite os demais leitores.

Obrigada por comentar e volte sempre!!

© 2017 x Design e Código: Sanyt Design x Livros e Café • voltar ao topo