16 de outubro de 2016

[Resenha] Uma chama entre as cinzas - Sabaa Tahir

Laia é uma escrava. Elias é um soldado. Nenhum dos dois é livre. No Império Marcial, a resposta para o desacato é a morte. Aqueles que não dão o próprio sangue pelo imperador arriscam perder as pessoas que amam e tudo que lhes é mais caro. É neste mundo brutal que Laia vive com os avós e o irmão mais velho. Eles não desafiam o Império, pois já viram o que acontece com quem se atreve a isso. Mas, quando o irmão de Laia é preso acusado de traição, ela é forçada a tomar uma atitude. Em troca da ajuda de rebeldes que prometem resgatar seu irmão, ela vai arriscar a própria vida para agir como espiã dentro da academia militar do Império. Ali, Laia conhece Elias, o melhor soldado da academia — e, secretamente, o mais relutante. O que Elias mais quer é se libertar da tirania que vem sendo treinado para aplicar. Logo ele e Laia percebem que a vida de ambos está interligada — e que suas escolhas podem mudar para sempre o destino do próprio Império.


Jovem adulto | 432 Páginas | Editora Verus | Skoob | Classificação: 4/5 

Estava procurando alguns e-books na Amazon para ler, quando vi o livro "Uma chama entre as cinzas" e depois de ver a sinopse me pareceu ser um ótimo livro para ler em meios a tantos romances que estou lendo ultimamente.

 "A vida é feita de tantos momentos que não significam nada. Então, um dia, ocorre um único momento que define todos os segundos depois dele."

Desde que seus pais foram assassinados, Laila vive com o irmão mais velho e seus avós. Para sobreviverem, Laila ajuda sua avó a preparar geleias para vender aos comerciantes. Laila e seu irmão Darin são muitos próximos, e ela teme que ele esteja envolvido em algo que poderá matá-lo. Ela não pode deixar de se preocupar sempre que ele sai a noite depois do toque de recolher; por mais que ela pergunte, ele nunca diz por onde andou ou que estava fazendo. Em uma dessas noites em que o irmão desaparece, os Marciais fazem uma batida na casa de Laila à procura de um caderno de desenho que pertence a Darin. Eles acreditam que o rapaz faz parte da Resistência Erudita. Nessa batida, os avós de Laia são mortos e Darin é capturado enquanto tentava ajudar Laila a fugir. Seu único objetivo agora é resgatar Darin da prisão, assim, ela decide ir atrás da Resistência e pedir ajuda deles.

Mas para isso, Laila terá que oferecer algo em troca da ajuda da Resistência. Mazen, líder da Resistência, pede que Laila seja sua espiã dentro da academia militar Blackcliff. Sua missão como espiã será espionar a terrível comandante Keris Veturia; Laila será sua escrava pessoal. Mas isso não será uma tarefa fácil: A comandante tem um jeito bem cruel de tratar seus escravos. Laila sabe que assim que cruzar os portões de Blackcliff, sua vida corre um enorme risco. No entanto, ela sabe que esse é o único jeito de salvar o irmão.

"Você não tem nome. Não tem identidade. É uma escrava. Isso é tudo o que você é. Isso é tudo o que você será."

Paralelamente a história de Laila, conhecemos Elias. Ele está para completar seu treinamento e se tornar um Máscara; eles são os responsáveis pela batidas e pelas mortes de muitos Eruditos. E isso é o que ele mais despreza. Uma vida que não suporta mais, seu único desejo é ser livre. É a partir daí que a vida de Elias e Laila se cruza.  

"O campo de batalha é o meu templo. A lâmina da espada é a minha sacerdotisa. A morte é a minha oração. A morte é a minha libertação."

A escrita de Sabaa Tahir é maravilhosa. Os capítulos são intercalados entre os pontos de vista de Laila e Elias; o que tornou tudo ainda melhor. A autora conseguiu me prender logo nas primeiras páginas.  

Se a narrativa é maravilhosa, a protagonista feminina não me agradou muito: Laila é em muitos momentos do livro irritante. Comete muitas besteiras sem pensar antes. Sempre questionando, sempre reclamando, duvidando de tudo e de todos. Pode até ser que essa desconfiança toda seja por tudo que ela viu e viveu. Até dá para notar um amadurecimento nela nos momentos finais, e torço para que ela amadureça ainda mais no próximo livro.

 Elias foi mais fácil de engolir. Um ótimo lutador; o que tem de melhor nesse livro são as cenas de lutas protagonizadas por ele. Elias também é muito gentil, bem diferente de seus colegas de academia.  

"Tudo que eu quero é escapar do Império. No entanto, aqui estou eu. Total liberdade - de corpo e alma. É por isso que eu estou lutando. Não pelo comando. Não pelo poder. Pela liberdade."

Mas uma pessoa para se detestar é a comandante Keris Veturia. Mulherzinha desprezível! Ela não se importa com ninguém - a menos que a pessoa possa lhe oferecer algo, ou que ela possa tirar vantagem dessa pessoa de alguma forma. Uma mulher que não mede esforços para conseguir o que quer, não importa quem morrerá ou quem vai sofrer; na verdade, parece até que ela se sente bem feliz com o sofrimento alheio.

"A Comandante anda por caminhos escuros. A escuridão a cobre, escondendo-a de nossa vista."

Uma chama entre as cinzas é um ótimo livro. Li em apenas um dia. Uma história surpreendente e cheia de reviravoltas. Eu com certeza recomendo!

" - Você é uma chama entre as cinzas, Elias Veturius. Você vai brilhar e queimar, devastar e destruir. Você não pode mudar isso. Não pode parar."


3 comentários:

  1. Oi, tudo bem?

    ótima resenha, estou muito interessado nesse livro.

    Já estou seguindo seu blog, ele é muito legal!:)

    Guilherme Nascimento | No Planeta dos Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Obrigada... Seja bem-vindo ao Livros & Café.

      Excluir
  2. Oiii Daniela

    Amei esse livro também. Te confesso que nao gostei muito da Helena, mas todas as partes narradas pela Laia me empolgaram e me mantiveram super presa na leitura.
    Seu blog é lindo, amei a variedade de livros que vc resenha.

    Beijos

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então deixe seu comentário. Mas lembre-se, não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de preconceito ou palavras de baixo calão, respeite os demais leitores.

Obrigada por comentar e volte sempre!!

© 2017 x Design e Código: Sanyt Design x Livros e Café • voltar ao topo