26 de dezembro de 2016

[Resenha - Filme] Rogue One: Uma história Star Wars

Direção: Gareth Edwards
Roteiro: Chris Weitz , Tony Gilroy
Elenco: Felicity Jones , Diego Luna , Riz Ahmed , Ben Mendelsohn , Mads Mikkelsen , Alan Tudyk , Donnie Yen
País: EUA
Classificação: 12 anos
Estreia: 15 de Dezembro de 2016
Duração: 134 min

Classificação: 5/5



No primeiro filme derivado da franquia Star Wars, guerreiros rebeldes partem em missão para roubar os planos da Estrela da Morte e trazer nova esperança para a galáxia.mi



Não sei se todos sabem, mas eu sou fã assumida de Star Wars. Então, quando fiquei sabendo que haveria um filme derivado da saga, fiquei SUPER, HIPER, MEGA feliz.


Rogue One: uma história Star Wars mostra como os rebeldes conseguiram os planos da Estrela da Morte. Vimos isso no episódio IV, mas não sabíamos o processo para que tudo acontecesse. Todos que vão ao cinema já sabem que é essa história que veremos no filme.  


Nem preciso dizer o quanto eu amei o filme. Desde o começo até os créditos. Os efeitos especiais são excelentes. Confesso que não vi muito diferença com o 3D, mas tudo bem. Personagens muito bem construídos. Os protagonistas me convenceram do começo ao fim. Não tenho do que reclamar, essa é a verdade. Amei tudo no filme e se pudesse assistiria de novo.


Assim que começou, eu me desliguei do mundo e me concentrei somente no filme. Qualquer fã de Star Wars ou até mesmo os que vão ao cinema somente para assistir a um filme, conseguirão ficar presos na história. O roteiro é super convincente. Há muitas referencias a assuntos que já estamos acostumados, como: os jedis e a força. E além disso, o filme é repleto de ação. Muita ação!


No entanto, mesmo amando o filme, eu estava mais que ansiosa para rever o personagem da saga que mais amo; o maior vilão de todos os tempos ... Lord Vader! No momento em que ele apareceu, ou melhor, no momento em que ouvi sua respiração, meu coração quase parou. Infelizmente o personagem não aparece muito, mas as sequencias em que aparece, meus amigos, é de arrepiar. Além de revê-lo, ainda temos a chance de ver uma cena em que ele luta usando o sabre de luz. Foi uma das cenas mais incríveis do filme.  


Quando estava assistindo Rogue One: Uma história Star Wars, o sentimento que eu tive foi de nostalgia. Pude rever personagens amados, me emocionar com os novos personagens e com as referencias que o filme traz. E no final, quando terminou e as pessoas começaram a aplaudir, foi ainda mais emocionante. Se você está pensando em ir nos próximos dias ao cinema para ver Rogue One, vá! Não pense duas vezes. É sem dúvida um dos maiores e melhores lançamentos do ano. 



8 comentários:

  1. AAAAAAAAAAAAA esse filme foi a melhor coisa de 2016! Surtei every single moment! Me apaixonei pela Jyn, oh mulher fodaaaaa!!! Gritei quando o Darth Vader apareceu, foi muito massa ver aquela sequencia final dele! Amei amei amei! Acho que ainda vou ao cinema ver mais uma vez kkkkkkkk bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi Dani.

    Estou bem curiosa para assistir esse filme. Não sou fã como você, mas gosto bastante dos filmes da franquia, por causa do Darth Vader.Concordo que seja um dos maiores vilão de todos os tempos, junto com Imortan Joe de Mad Max. Bom, na minha opinião.

    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?

    Já tentei assistir ao clássicos filmes de Star Wars, mas infelizmente não consegui avançar o primeiro, rs. Não bateu meu santo com o do diretor deles.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. É a primeira crítica que eu vejo sobre o filme, que bom que ele superou suas expectativas e ainda deu uma nostalgia boa dos personagens e trama. Eu só assisti três filmes da saga, mas pretendo assistir todos, pois estou lendo alguns livros do universo e gostando bastante.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Eu ainda não tinha lido nada a respeito do filme e é bom saber que você tenha gostado.
    Não curto filmes com muita ação, mas tem alguns que é impossível não assistir. Eu ainda não assisti aos primeiros, então vou assisti-los antes de dar uma chance a esse.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bom?
    Capaz de você e mais alguém que ler esse comentário, ficar querendo me apedrejar maaaaas, nunca senti vontade de ver nada relacionado a Star Wars, não é uma saga que me chame a atenção em nada e sempre fico muito perdida quando alguem começa a falar do assunto. Esse filme foi bem comentado mas por fazer parte da história não me interesso em ver também. Pelo menos fico feliz de que esta sendo bom para os fãs como você!

    ResponderExcluir
  7. Oi, Dani!
    Toda a saga de Star Wars já faz sucesso há tanto tempo, mas eu particularmente não sou chegada em ficção científica ou tramas mais espaciais em geral. O enredo em si também nunca me chamou a atenção, e até hoje nunca assisti a nenhum dos filmes nem li os livros derivados também. Realmente não me interesso pela franquia, então irei deixar de filme passar dessa vez, mas ótima resenha!
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional.blogspot.com.br/ ♥

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    Nunca fui muito chegada nos filmes da franquia Star Wars e, portanto, esse que é derivado também não conseguiu despertar minha curiosidade e vontade de assistir.
    Mas adorei saber suas impressões e que ele conseguiu despertar esse sentimento de nostalgia, além da possibilidade de rever os personagens que tanto gosta!

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então deixe seu comentário. Mas lembre-se, não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de preconceito ou palavras de baixo calão, respeite os demais leitores.

Obrigada por comentar e volte sempre!!

© 2017 x Design e Código: Sanyt Design x Livros e Café • voltar ao topo