Há séculos, uma verdade acompanha cada herdeiro do ducado de Bousquet: A Maldição dos Hallinson’s. Conta-se que a tragédia os acompanha, levando à morte as esposas em seu primeiro ano de matrimônio. Geração após geração, aprendem sua sina e a regra a seguir para possuir uma união frutífera e longa. Octávio Hallinson Segundo sofre as consequências de não seguir esses ensinamentos. Viúvo, isolou-se da sociedade, fugindo da responsabilidade de casar-se novamente para providenciar um herdeiro para seu título. Um homem marcado pela dor. Mical Baudelaire Nashgan sempre foi uma mulher decidida, enfrentando as ordens de sua tia e negando-se a seguir o protocolo que obrigava mulheres a procurar maridos apenas por posse de títulos e dinheiro e não por amor. O posicionamento contraditório aos costumes afastou os candidatos, tornando-a uma das únicas solteironas que sua província conheceu. A mais bela dentre elas. Uma tragédia a coloca frente aos perigos da floresta aos pés da Montanha da Lua e seu futuro torna-se incerto e assustador.

Romance de época | 281 Páginas | Cortesia autora Mari Scotti | Compre na Amazon | Skoob | Classificação:  5/5

Os Hallinson’s

1. Montanha da Lua
2. A noiva devota

Em "Montanha da Lua" conhecemos Mical. Uma mulher forte, determinada e muito além de seu tempo. Quando criança, a jovem perdeu seus pais e por isso, teve que ir morar com seus tios. Mical já está em uma idade um pouco avançada e todos acreditam que ela nunca chegará a se casar. Ela nunca desejou ter um casamento por aparência; seu desejo sempre foi se casa por amor. Sendo assim, ela recusou todos os pedidos que recebeu. O que não deixa sua tia nada feliz. Outro desejo que Mical tem é a chance de, além de se casar por amor, conceber um filho fruto desse amor.  Ela sabe que está chegando a uma certa idade e que se demorar muito, não poderá mais engravidar. Em uma tarde, quando retornava da casa de sua melhor amiga, Mical acaba sofrendo um pequeno acidente. Ao acordar, ela se vê em um lugar completamente desconhecido. Mical logo percebe que não está sozinha; há outra pessoa na casa. A jovem tem a certeza que é seu sequestrador, e que está sendo mantida presa para ser trocada por uma boa recompensa. O que ela não imagina é que na verdade esse homem a salvou e está cuidando de seus ferimentos antes de levá-la para casa em segurança.


"Sempre fui uma mulher resistente. Precisei amadurecer após a perda dos meus pais, pois meus tutores aceitavam-me, mas não me tratavam como um de seus filhos. Fui rejeitada boa parte da minha infância e, na adolescência, que me tornaria uma adulta independente."


Octávio Hallison Segundo é o Duque de Bousquet e também um completo ogro. Vive uma vida solitária na Montanha da Lua, longe de todos e dos comentários e fofocas que o acompanham. Há anos ele acredita piamente que sua família é amaldiçoada. A gerações, todas as esposas morreram no primeiro ano do casamento. Depois de sofrer a perda da esposa, Octávio jurou nunca amar novamente e nunca se casar, ao menos que fosse um casamento sem amor, apenas para gerar um herdeiro.

No entanto, isso foi antes de conhecer Mical. Ao conhecê-la, Octávio sente-se atraído pela personalidade da jovem. Para ele, Mical é diferente de todas as mulheres que conheceu. Ela não é nem um pouco frágil; não é uma mocinha indefesa que precisa de proteção. Durante o tempo que passam juntos, os dois passam a conhecer um pouco mais do outro. E é durante esse perídio que a pequena fagulha de um novo sentimento vai nascendo dentro do coração do Duque.  

O livro é narrado pelo ponto de vista dos dois protagonistas. Assim que comecei a ler, não consegui mais parar. Estava lendo pelo aplicativo do Kindle no celular e a todo o momento queria estar com ele em mãos para ler nem que fosse um capítulo. Encantei-me pela história, apaixonei-me pelos personagens e pelo romance. O livro tem algumas partes hot, mas não pense que é somente isso, porque não é! "Montanha da Lua" é muito mais: É apaixonante, envolvente, emocionante e encantador.

Adorei a personalidade de Mical. Sua maneira de ver o mundo, de viver sua vida me encantou. Ela á uma pessoa que não abaixa a cabeça. Ela fala o que pensa e enfrenta constantemente sua tia pela felicidade. Não se importa de viver para sempre sozinha, ou ser vista como uma solteirona. O que importa para ela é ser feliz. Já Octávio foi um caso à parte. Ao mesmo tempo em que queria beijá-lo, também queria matá-lo, ou pelo menos, dar uma bela surra nele. Que homem teimoso! Em muitos momentos ele era uma pessoa que me fazia suspirar, em outros momentos sua teimosia e covardia me incomodaram muito. Até entendia seu medo. Ele fazia muitas coisas por amor a Mical, porém, ele fazia isso de um jeito errado.

"Eu precisava dela. Eu a amava. E o mais sensato a fazer era abandoná-la novamente"

Todos sabem o quanto eu amo romances de época; o quanto sou apaixonada por esse gênero. Então, não foi difícil amar esse livro. Logo no começo, a história me prendeu. O enredo é envolvente e maravilhoso. Estou muito animada para ler o segundo volume: A noiva devota. Indico o livro para todos os apaixonados por romances de época.






31 Comentários

  1. Eu nunca havia ouvido falar sobre essa obra, e que capa maravilhosa! Adoro romances de época e é tão bom quando encontramos um que é capaz de nos prender do inicio ao fim e ainda deixar com gostinho de quero mais.

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Nossa, há fazia tempo que eu não lia resenhas sobre esse livro. Eu gosto do gênero, li poucos, mas os que li foram bacanas. Acho a proposta desse muito interessante e tenho curiosidade de ler. Não sabia que já tinha um segundo livro para serei [A Noiva Devota] mas há fiquei curioso para conhecer. Enfim, que bom que tenha curtido a obra. Até mais ver
    Bjks

    ResponderExcluir
  3. Como assim eu não li esse livro ainda?
    Menina, lendo sua resenha pude perceber o quanto essa história deve ser viciante, já está na minha meta para esse ano, claro ou com certeza? Acredito que essa será uma ótima oportunidade para conhecer a escrita da Mari que é super elogiada e que eu vergonhosamente nunca me propus a ler.

    http://www.nossomundoliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  4. AAAAAAAaaaaaaaaa que história interessante, deve ser muito viciante ler esse livro, já coloquei na minha listinha.

    ResponderExcluir
  5. Oie! Tudo bem? Amo as capas dos livros dessa autora, mas infelizmente ainda não tive a oportunidade de realizar a leitura deles, e fiquei com mais vontade ainda de ler eles depois de ler a sua resenha, vou ficar de olho para ler as próximas resenhas dos livros da autora!
    Bjss

    ResponderExcluir
  6. O book trailer me encantou e acho que eu também iria adorar a Mical, amo protagonistas assim.
    Amei a dica.
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Adorei a resenha e os personagens!!
    Espero que a continuação seja tão boa quanto o primeiro livro...
    Um beijo!

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Também li esse livro e nossas impressões são bem parecidas, a obra me pegou em cheio e me prendeu demais. A Mical foi uma personagem muito bem construída com uma personalidade incrível e também gostei muito das revelações que são feitas ao longo da leitura. Só tive uma ressalva o fato de a maldição ter sido deixada um pouco de lado no final, mas, ainda assim, amei tudo. Quando comecei a ler, foi impossível parar rs.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amore, fala comigo quando puder, acho que você não entendeu que não é um livro de fantasia <3.
      Fuco feliz que tenha gostado do livro também!

      Excluir
    2. Amei sua resenha! Obrigada por compartilhar sua opinião com a gente! Eu só queria ter uma varinha mágica e fazer o pessoal ler o gênero, porque não é fantasia! HAHAHA. Uma hora eu descubro como fazer esse milagre.

      Espero que goste de A noiva devota também!

      Beijo, Mari Scotti

      Excluir
  9. Não sou muito fã nem de romances de época nem de fantasia. Mas a maneira como fizeste a resenha me deixou encantada. Talvez valha a pena dar uma chance, quem sabe não me apaixono pelo gênero!

    bjs
    www.causoseprosas.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Tenho visto várias resenhas bem positivas da obra e isso tem me feito ficar ainda mais curiosa para conhecer a escrita da autora e sua obra.
    As características de Mical são o que mais chama minha atenção! Uma personagem forte que não abaixa a cabeça e corre atrás de seus objetivos! Quero muito conferir todas elas no decorrer da trama quando fizer a leitura.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oie! :)
    Sou suspeita pra falar qualquer a respeito desse gênero, hahahahaa, eu amo romances de época! E esse ainda não conhecia, nem a autora, mas já quero ler, amo protagonistas com a personalidade da Mical. E a leitura parece ser bem envolvente.
    Parabéns peça resenha;

    Beijos!
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá!

    Amei sua resenha. Ainda não conhecia a obra, mas amo romances de época. A Mical tem características bem nobres pelo li. Dica de livro anotada. Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Já vi esse livro ano e uau, porque não tinha lido essa sinopse antes? Me encantei durante sua resenha toda, pois parece ser uma história que da pra se envolver nas primeiras páginas, quero muito saber como se sucedeu a relação dos dois e saber como é ser a Mical, uma mulher tão para frente, numa época como essa; estava procurando livros de época bons e acho que achei uma mina de ouro! Dica mais que anotada, adorei a resenha.
    Beijos,Lari.
    Segredosdeumacerejeira.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi.

      Obrigada, fico feliz que tenha gostado.

      Excluir
  14. Oie
    eu não sou fã de romances de época mas estou tentando mudar isso pois vejo muitos elogios que em deixam curiosa pelo gênero, sua resenha ficou ótima então quem sabe eu não mude de opinião lendo esse livro, vou ver se pesquiso mais e arrisco a leitura

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieee...

      É uma pena que você não curta muito esse gênero, existem muito livos maravilhosos!!

      Excluir
  15. Oi
    Diferente de você, não curto muito romances de época. Mas gostei tanto da premissa e tenho um carinho pela autora que provavelmente arriscaria a leitura sim. Sem falar que gostei muito da personagem forte e da trama.
    Dica anotada!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Já eu adoro um bom romance de época.

      Excluir
  16. Eu fiz o inverso. Li primeiro o livro A noiva devota da mesma autora que conta a história do filho mais novo desse casal, mas estou muito curiosa com essa história.

    Ler o segundo livro não impede entender a história, mas é palpável o amor desse casal e a cumplicidade mesmo após tantos anos. Fiquei curiosa só por isso. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi. Estou para começar a leitura do segundo essa semana. Espero gostar muito.

      Beijos.

      Excluir
  17. Olá, tudo bem por aí?

    Confesso que não conhecia a autora e nem a história, mas ela parece ser bem interessante. A capa também é muito linda! Eu também adoro romances de época, assim como você. Parabéns pela resenha, ficou ótima!

    Abraços.
    www.acampamentodaleitura.com

    ResponderExcluir
  18. OOi!
    Quero muuito ler esse livro. Amante de romance de época como sou, não vejo a hora de lê-lo. Uma das coisas que mais me chama atenção é a protagonista feminina e sua determinação. Tenho certeza que irei gostar dela. :)
    Semana passada li O Cobiçado, primeiro livro que li da Mari, e ameei. Então, a escrita já sei que não ira me decepcionar. haha
    Beijoos!

    ResponderExcluir
  19. Gosto muito de romances de época, mas tenho que te dizer que apesar deste te encantar dessa maneira, não gostei muito da premissa. A personagem central seria algo do tipo, que não me envolveria. Não conhecia a escritora, mas que bom que a escrita dela te conquistou.

    ResponderExcluir
  20. Conheço a autora, embora não tenha lido nada dela ainda. Acho a capa desse livro linda!

    Mas não sei se o leria por conta de todo o romance, o cara bruto que pode até cuidar, mas provavelmente maltrata verbalmente por todo o crap que ele carrega dentro de si. Não sou muito fã de histórias assim.

    Mas, por conta de sua resenha, acredito que serve ao seu propósito!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  21. Olá! Adoro quando a personagem não é nem um pouco frágil. Que bom que a história mostra o ponto de vista dos dois protagonista. E que a história te envolveu e você não conseguiu mais parar. Não gostei de saber que tem algumas partes hot, porém que bom que não é somente isso. Que bom que você acho envolvente e maravilhoso o enredo e já está animada para ler o segundo volume. Beijos'

    ResponderExcluir
  22. Oiii

    Que blog lindo, adorei sua resenha, a capa do livro é linda, mas a história não me interessou, assim como a autora, por coisas que já vi ela fazendo e não me agradaram.
    Infelizmente deixarei passar a dica, mas amei a resenha.

    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  23. Oieee
    Sou suspeita para falar dessa história. Amei de paixão Octávio e Mical, a história deles é linda e adorei o rumo que a autora deu, estou doida para ler a sequência.
    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Oi Dani, já faz um tempinho que estou de olho nas obras da Mari Scott. Uma delas tenho no Kindle, esperando para ser lida, O Cobiçado. Gostei bastante da premissa da Montanha da Lua, e no início da sua resenha, tive uma sensação de se tratar de um romance estilo A Bela e a Fera. Muito interessante a maldição, tenho certeza que vou gostar tanto quanto você. Abraços

    ResponderExcluir
  25. Olá!
    Esse romance de época é bem diferente dos que eu estou pesquisando para ler. Parece ser muito mais envolvente e fiquei muito curiosa para saber o que aconteceu com a personagem, o que foi esse acidente e tal. Eu vou colocá-lo no topo da minha lista de leituras de romance de época, porque esse me chamou muito mais atenção.
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então deixe seu comentário. Mas lembre-se, não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de preconceito ou palavras de baixo calão, respeite os demais leitores.

Obrigada por comentar e volte sempre!!