27 de fevereiro de 2017

[RESENHA] Antes que eu vá - Lauren Oliver


Samantha Kingston tem tudo: o namorado mais cobiçado do universo, três amigas fantásticas e todos os privilégios no Thomas Jefferson, o colégio que frequenta — da melhor mesa do refeitório à vaga mais bem-posicionada do estacionamento.
Aquela sexta-feira, 12 de fevereiro, deveria ser apenas mais um dia de sua vida mágica e perfeita. Em vez disso, acaba sendo o último. Mas ela ganha uma segunda chance. Sete “segundas chances”, na verdade. E, ao reviver aquele dia vezes seguidas, Samantha desvenda o mistério que envolve sua morte — descobrindo, enfim, o verdadeiro valor de tudo o que está prestes a perder.
Romance | 368 Páginas | Editora Intrínseca | Skoob | Classificação: 5/5 

"Algumas coisas se tornam lindas quando você realmente olha."

Demorei um pouco para decidir ler este livro. Ouvi muitos comentários de pessoas que o leram e que se emocionaram com a narrativa, com a história, e que diziam o quanto é um livro lindo. Fim de semana, durante uma pequena viajem, resolvi lê-lo durante o caminho; não consegui terminá-lo durante a viagem, mas também, não conseguia parar de ler. É sempre complicado quando temos que escrever a resenha de um livro que nos emocionou e que nos marcou de alguma forma. Nunca conseguimos expressar com palavras o quão maravilhoso é a leitura e o quanto queremos que outros o leiam. Eu já esperava que ele me tocasse e me surpreendesse. Contudo, não imagina que ficaria no estado em que fiquei quando terminei de ler. Terminei um pouco tarde, era quase de madrugada e, quando me deitei para dormir, só conseguia pensar no que acabara de ler: Em todas as passagens do livro, em todos os momentos, e nas frases marcantes do mesmo. Tentarei com esta resenha, expor meus sentimentos com relação a esta obra, mas não sei se conseguirei fazer jus ao que senti durante a leitura.

Samantha Kingston tem tudo na vida: é popular, tem o namorado mais desejado da escola, tem as melhores amigas que alguém poderia querer; ela praticamente tem a vida perfeita. Quando acorda no dia 12 de Fevereiro - dia do cupido - uma data que ela ama, para ela aquele é mais um dia normal. O que ela não imagina é que este dia terminaria de uma forma inesquecível. Ao retornar para casa com suas amigas, depois de uma festa, Sam sofre um acidente de carro e morre. Contudo, no dia seguinte ela acorda em sua cama sem saber se o que aconteceu foi realmente verdade ou um sonho. E com isso, Sam tem a chance de reviver o dia várias vezes e tentar descobrir o que fez de errado e de como mudar o que aconteceu.

“Talvez você possa se dar ao luxo de esperar. Talvez para você haja um amanhã. Um, dois, três ou dez milhões de amanhãs… (...) Mas, para alguns de nós, há apenas o hoje. (...)”.

Um dos temas abordados no livro pela Lauren Oliver é um dos que mais AMO ler: o bullying. Sempre que leio livros com este tema, vejo-me refletindo e questionando minhas atitudes e as atitudes de muitas pessoas que conheço ou que vejo por aí. Sempre me pergunto como é possível que muitas pessoas não pensem antes de falar algo de ruim a alguém; não pensem antes de agir, de atacar o outro com palavras cruéis e ofensas. Que para os que estão atacando, isso não passa de uma "brincadeira", mas para quem é vítima do bullying essas brincadeiras marcam a vida da pessoa, muitas vezes para sempre. E depois que Sam vai vivendo os mesmos dias várias vezes, ela começa a questionar suas ações e as ações de suas amigas. Ela começa a questionar o que a levou ser daquele jeito. Ela tenta de várias formas mudarem as coisas, tenta fazer com que aquele dia seja diferente e, também os dias que virão.

"Mas antes que comece a me acusar, permita-se fazer uma pergunta: o que fiz foi realmente tão ruim? Tão ruim que eu merecia morrer por isso? Tão ruim que eu merecia morrer assim? O que fiz foi realmente tão pior do que o que todo mundo faz? É realmente muito pior do que o que você faz?"

Sempre fico feliz quando vejo que a personagem amadurece com as situações vividas; que queira fazer diferente, que queira mudar. Sam passa a enxergar que foi mudando seu jeito sem perceber, que esqueceu daquilo que era importante para ela. Foi percebendo que desprezava as pessoas sem nenhum motivo, que praticava bullying sem se dar conta de que fazia. Ao passo que vivia o dia 12 de Fevereiro muitas vezes, Sam passa a conhecer a si mesma, a enxergar o que era verdadeiramente importante para ela, a tentar reparar alguns de seus erros, tentar fazer o que era certo.


"Eis outra coisa a se lembrar: a esperança o mantém vivo. Mesmo quando você está morto, é a única coisa que o mantém vivo."

Eu disse que gosto desse tipo de livros por me fazer refletir sobre minhas ações, sobre o que digo... da forma que vivo. Assim como Sam, imaginamos o que faríamos de diferente se este fosse nosso último dia. Será que aproveitaríamos melhor? Será que mudaríamos algo que fizemos? Como viveríamos este dia? E com isso, você se vê pensando neste assunto por muito tempo.    

Este livro já entrou para a lista de favoritos do ano. É uma história maravilhosa e bela, que te envolve e te emociona. Aproxima-nos dos personagens, de seus sentimentos e de sua dor. É um livro sobre segundas chances, sobre arrependimento, sobre fazer o que é certo, não só para você, mas para todos que estão a sua volta; e acima de tudo, é um livro sobre perdão. Quando estava próxima do final, comecei a chorar que não conseguia mais parar e, enquanto escrevo esta resenha, estou relembrando do que li e me emocionando mais uma vez. Eu só peço que deem uma chance ao livro e leiam. RECOMENDO!


 O livro foi adaptado para o cinema e tem sua estreia este ano, dia 25 de Maio. Abaixo você pode ver o trailer da adaptação:



34 comentários:

  1. Já fiz a leitura de várias resenhas sobre esse livro e todas elas falam bem da história. Cada resenha que eu lia, eu ficava com mais vontade de ler e a sua não foi diferente, a minha vontade só aumentou. Eu não havia assistido o trailer da adaptação cinematográfica, muito obrigado por apresentar e acrescentar na sua resenha, mas o trailer também colaborou com a minha vontade de fazer a leitura. Muito obrigado por me apresentar o livro de uma forma mais detalhada e com opiniões construtivas!

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi. Fico feliz que tenha gostado. Eu estou bem ansiosa agora para assistir o filme.

      Excluir
  2. Amooo esse livro *--* Estou muito ansiosa pela estréia do filme...
    Também gosto de ler sobre temática de bullying. Realmente nos faz pensar em nossas atitudes, em como agiríamos diante de determinadas situações.
    Lembro que quando li acabei desabando de tanto chorar. É muito emocionante.
    Adorei sua resenha!
    :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É impossível não ficar emocionada ou chorar lendo o livro.

      Excluir
  3. Oi, tudo bom?
    Caramba, eu tenho o livro aqui em casa mas não fazia idéia de que era tão lindo!
    Eu o comprei mais pela capa, mas agora tô louca pra ler assim que terminar a minha leitura atual! E não sabia que iria ser lançado um filme sobre! Ahh, já tô ansiosa pra leitura <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi.

      Leia sim, e espero que você aprecie muito a leitura e a mensagem que ele trás.

      Excluir
  4. Olá! Que trama linda! Eu sei bem qual dia eu escolheria para reviver diversas vezes.... não posso dizer aqui, mas foi um dia de alegria e tristeza. Tenho medo de ler esse tipo de livro agora pq estou muito fragilizada, mas com certeza vou assistir o filme.... obrigada pela sua ótima resenha!bju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi.

      Que bom que gostou! Leia o livro e depois assista o filme, ou o contrário. Espero que goste dos dois.

      Excluir
  5. Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro, mas ainda bem que gostaste assim anto de fazer a leitura! :) Eu vi também o trailer e fiquei um pouco curioso...

    Bem, acho ótimo que o livro nos faça pensar acerca das nossas açoes e nos emocione também! Gosto quando isso acontece de verdade!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro esse tipo de livros que faz com que eu abra minha mente e pense em coisas que faço e que não percebo que de algum modo machucam outras pessoas.

      Excluir
  6. até gosto de livros que abordem a temática bullying,mas não me senti empolgada pra fazer a leitura desse título... ando meio saturada do gênero e tô em outra vibe de leitura, ms não descarto ler mais pra frente...
    bjs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi.

      É uma pena que não tenha lhe interessado. Mas espero que um dia você decida ler.

      Excluir
  7. Oi Dani!
    A anos eu enrolo para ler esse livro, sei que em algum momento irei fazer isso. Só acho que não chegou o momento ainda kkk.
    Sei bem como é resenhar um livro que gostamos demais. Eu tenho para mim, que minhas piores resenhas, foram exatamente desses livros. Isso porque eu sempre acho que nunca consigo por em palavras tudo que eu gostaria sobre eles.
    Sendo sincera os livros que mais me marcaram na vida foram esses que falam de alguma forma sobre o bullying, concordo com você, eles realmente nos fazem pensar. Principalmente em nossas ações. Não acho que na maioria das vezes as pessoas sejam maldosas, só porque elas querem. É só que elas não enxergam o quanto as palavras e ações indevidas podem machucas as pessoas. Lendo esses livros, vemos em primeira mão os efeitos colaterais dessas ações.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitas pessoas pensam que são só palavras, que essa palavras passam ou são esquecida. O problema é que elas permanecem por muito tempo.

      Excluir
  8. Confesso que até assistir o trailer do filme esse mês, eu não tinha me interessado em saber mais sobre a obra. Depois disso fiquei muito animada para ler o livro, pois achei o enredo incrível. Também adoro histórias que falam sobre bullying, são sempre leituras muitos reflexivas. Estou animada para iniciar a leitura, e mais ainda para conferir a adaptação!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Também estou bem ansiosa pela adaptação, espero que goste tanto quanto gostei do livro.

      Excluir
  9. Olá!
    Vi o trailer desse filme no cinema e depois descobri que era baseado em um livro, achei a ideia bem legal. Assim como você, também valorizo muito o amadurecimento dos personagens ao longo da narrativa e isso me deixou mais animada pra realizar a leitura, espero me emocionar tanto quanto você.
    Beijos,

    Luana

    ResponderExcluir
  10. Oiee tudo bom,
    olha eu tô louca pra fazer essa leitura depois que eu vi o trailer do filme, gostei muito do que vi e tenho certeza de que a leitura deva ser mais intensa ainda. Fiquei mais animada ainda depois de ver que você gostou tanto que o colocou entre os seus preferidos.
    beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Desejo muito ler esse livro, foram tantas resenhas positivas que anseio ler logo pra também me emocionar. Adoro livros que mexem comigo, que me fazem chorar, rir, zangar, surte! Falta agora adquiri-lo. :)
    Abs
    Ni
    Cia doLeitor

    ResponderExcluir
  12. Eu também sinto esta dificuldade em transmitir tudo aquilo que me fez apaixonar por algum livro. Sempre fico com a impressão que não foi suficiente. Ainda não li este livro, mas desde o lançamento dele ele está na minha lista de leitura.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, mesmo escrevendo tanto, nunca conseguimos passar para o leitor tudo o que sentimos durante a leitura.

      Excluir
  13. Oi.
    Sua resenha despertou meu interesse em ler o livro. Mas fiquei com uma coisa na cabeça: se ela repete o mesmo dia várias e várias vezes, o enredo não fica um pouco repetitivo?
    No entanto, como você gostou e se emocionou tanto, fiquei intrigada e pretendo dar uma chance ao livro. Adicionei à lista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade, não fica. Mesmo ela repetindo o dia várias vezes, sempre muda alguma coisa naquele dia em questão. Muitas coisas não acontecem da mesma forma que no dia que passou.

      Excluir
  14. Oie
    eu também li o livro e é impressionante o tanto que a protagonista amadurece ao longo das páginas, ela começa de um jeito e termina de outro totalmente diferente e cativante. Eu amo esse livro e adorei a sua resenha, parabéns

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, e fico muito feliz por ter gostado do livro.

      Excluir
  15. Antes que eu vá é uma história que eu já vi e pensei em ler e por algum motivo sempre deixava de lado; mas a sua resenha me fez enxergar ela de uma forma que eu nunca tinha feito antes, eu amo quando as protagonistas vão amadurecendo e mudando durante a história e ver isso acontecer com a forma com que ela lidará com um dia e como mudará a forma como as coisas irão acontecer! Fiquei encantada pelo tema e pela forma como é conduzido e realmente tive vontade de pegar agora e ler nesse exato momento. Muito obrigada por finalmente me apresentar o lado da obra que até o momento eu desconhecia!
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  16. Oi Dani,
    Estou louca para ler esse livro, praticamente desde o lançamento.
    gostei de conhecer suas impressões sobre essa obra e fiquei muito contente por ver que o livro te agradou tanto e que te fez refletir tanto. Espero ler esse livro em breve e refletir, como você.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Não fazia ideia que esse livro era tão emocionante, tanto que fiquei morrendo de vontade de ler o livro e conferir o filme, que não sabia que existia. Também adoro personagens que crescem com as suas atitudes, e tenho a impressão que irei amar essa leitura.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Adoro livros que tratem do bulliyng, pois infelizmente ainda hoje muitas pessoas acham que isso não é nada. O livro me chamou muito a atenção e o enredo é super interessante.
    Adorei a dica! Bjs.

    ResponderExcluir
  19. Oie, li esse livro há vários anos, mas não me marcou de uma forma tão intensa, mas assim como você, destaquei muitas passagens lindíssimas. Também gosto de livros com tema bulling, e aqui é muito bem abordado, e assim como você, gostei de o fato de os dias se repetirem fazendo a menina pensar e repensar seus dias.

    ResponderExcluir
  20. Vire e mexe eu coloco esse livro no carrinho dos sites para comprar, mas acabo não levando, desejo muito lê-lo, sua resenha me mostrou que esse meu desejo de ler não é em vão.

    Beijos

    Viviana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi.

      Espero que da próxima vez que colocá-lo no carrinho ele não saia de lá, rsrsrs. Leia sim, você vai gostar!

      Excluir
  21. Nunca li nada da autora, embora esteja com vontade de ler algo da mesma.

    A capa desse livro é muito atraente, assim como a sinopse. Não havia lido uma resenha dele ainda, mas já me apaixonei só pelo que você contou da história. Gosto de temas assim, que retratam o bullying e como ele pode ser tóxico. E também como uma pessoa, depois de repetir os erros de novo e de novo pode acabar aprendendo de fato com eles.

    ótima resenha!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre aprendemos com os nosso erros, mesmo que demore, um dia fazemos diferente.

      Excluir

Gostou do post? Então deixe seu comentário. Mas lembre-se, não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de preconceito ou palavras de baixo calão, respeite os demais leitores.

Obrigada por comentar e volte sempre!!

© 2017 x Design e Código: Sanyt Design x Livros e Café • voltar ao topo