5 de agosto de 2017

[RESENHA-FILME] Homem-Aranha: De volta ao lar

DireçãoJon Watts
RoteiroJohn Francis Daley , Jonathan M. Goldstein
ElencoTom Holland, Marisa Tomei, Zendaya Coleman, Michael Keaton

País: EUA
Classificação: 12 anos
Estreia: 06 de Julho de 2017
Duração: 118 min
Classificação: 3/5

Homem-Aranha nem sempre foi um dos meus heróis favoritos. Eu conheço sua história somente pelo o que vejo nos filmes. Como não sou muito fã de HQ’s, não sei se, tanto o filme, como as HQ’s contam exatamente a mesma história. Já assisti a todas as versões que foram lançadas; apesar de gostar bem mais de O Espetacular Homem-Aranha. Não gosto muito do filme estrelado pelo Tobey Maguire. Por esse motivo, estava com receio desse ser mais um filme igual aos outros. Mas tenho que confessar que ele me agradou.

Quem assistiu Guerra Civil, viu que o jogador de teia apareceu de surpresa no final do filme. Em Homem-Aranha: De volta ao lar, vamos acompanhar a vida do jovem Peter Parker depois de lutar ao lado do Homem de Ferro. Como ele está ansiando por mais ação, por lutar novamente, e até por, quem sabe, fazer parte da equipe dos Vingadores um dia. Mas, quando isso não acontece, ele precisa seguir sua vida normalmente: ir à escola, participar de eventos acadêmicos da escola e, é claro, salvar algumas pessoas de criminosos. E, é durante um desses combates que ele conhece o vilão Abutre (Michael Keaton). O Abutre era um cara normal até passar a fabricar armas usando tecnologia alienígena. Peter acredita que deter o vilão é a chance perfeita para provar a Tony Stark que ele está pronto e que pode ser um herói igual ao Homem de Ferro.


Esta versão do filme foi a mais “jovem’’ de todas. Vemos mais cenas do Peter na escola e participando de projetos da mesma. Vemos uma versão do Peter mais adolescente, onde uma de suas preocupações é saber como falar com a garota que gosta. Mesmo sendo uma celebridade na internet, sem a roupa, ele é apenas mais um garoto nerd, que sofre bullying na escola. Este filme foi bem diferente das outras versões. Acho que por isso eu ainda prefira O Espetacular Homem-Aranha. Não estou dizendo que o filme é ruim, ele não é. Mas não entregou muita coisa que eu já não tenha visto antes.  Aqui o Homem de Ferro tem uma participação bem grande no longa. Ele é uma espécie de mentor para o Peter, mas para o jovem, Tony Stark ainda o enxerga como um adolescente que precisa de supervisão (o que é verdade).


A respeito da escolha do ator Tom Holland para o papel, não tenho muito que falar sobre ele. Gostei da sua atuação, não vou dizer que foi a melhor, mas também não foi de todo mal. A verdade é que eu gostei mais do melhor amigo do PeterNed, vivido pelo Jacob Batalon.

Homem-Aranha: De volta ao lar não foi o melhor filme que vi este ano, e nem será... mas serviu para entreter. O que achei bom foi terem passado a velha história de como o herói é picado por uma aranha, e de como ele tenta lidar com seus novos dons. Eu já não aguento mais ver isso no cinema. O ponto é que agora quero ver como irão introduzir o herói no próximo Os Vingadores. Para quem curte os filmes do herói da vizinhança, seu amigo Homem-Aranha, eu recomendo!






Um comentário:

  1. Eu sou fã de super-heróis tanto no cinema como nas HQ's, o Homem-Aranha é um dos mais fiéis aos quadrinhos e dos meus preferidos desde criança. Para mim foi um dos melhores filmes deste popular super-herói, adorei esta versão mais teen do aranha :) Gostei da review e da sua sinceridade :)

    Bitaites de um Madeirense

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então deixe seu comentário. Mas lembre-se, não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de preconceito ou palavras de baixo calão, respeite os demais leitores.

Obrigada por comentar e volte sempre!!

© 2017 x Design e Código: Sanyt Design x Livros e Café • voltar ao topo