Nas sombras da noite de Caldwell, Nova York, desenvolve-se uma furiosa guerra entre os vampiros e os seus assassinos. Há uma Irmandade secreta, sem igual, formada por seis guerreiros vampiros, defensores de sua raça. E agora, um Irmão obediente deve escolher entre duas vidas...Ferozmente leal à Irmandade da Adaga Negra, Phury se sacrificou pelo bem da raça, convertendo-se no macho responsável por manter a linhagem da Irmandade. Como o Primaz das Escolhidas, ele será o pai dos filhos e das filhas que assegurarão que sobrevivam as tradições da raça, e, que haja guerreiros para lutar contra os redutores. Como sua companheira, a Escolhida Cormia quer ganhar não só o corpo, mas também o coração de Phury para si... Ela vê o guerreiro emocionalmente deteriorado atrás de toda sua nobre responsabilidade. Mas enquanto a guerra com a Sociedade Redutora se torna mais severa, uma grande tragédia abate a mansão da Irmandade e Phury deve decidir entre o dever e o amor.

Jovem Adulto (+18) | 552 Páginas | Editora Universo dos Livros | Skoob | Classificação: 3,5/5 


Leia as resenhas de todos os livros da série clicando aqui



Cuidado: esta resenha pode conter possíveis spoilers dos livros anteriores.


Amante Consagrado é o sexto volume da maravilhosa série escrita pela J.R. Ward. Quando conheci a série não imaginava que me apaixonaria tanto por ela, e que ficaria encantada com esse universo criado pela autora. Sempre fui fã de livros sobre vampiros, e muitas vezes é difícil achar uma boa história com esses seres sobrenaturais. Mas, para minha grande felicidade, eu encontrei. No entanto, Amante Consagrado não me agradou tanto quando eu gostaria.   

Cada livro é focado em um membro da Irmandade da Adaga Negra, e também, de outros personagens que aparecem ao longo dos livros. Cada livro narra as luta de cada e os amores. Apesar das histórias serem focadas nos personagens principais, outros conflitos acontece m paralelamente durante a narrativa. No caso desse livro, acabei me apegando mais aos personagens secundários do que nos protagonistas do livro.

Bom, para quem leu os livros anteriores da série, sabe que Phury é o irmão gêmeo de Zsadisth (um dos meus personagens preferidos da série). Phury é o mais elegante dos membros da IAN. Ele não parece em nada com seus “irmãos”. No final de “Amante LibertoPhury tomou o lugar de Vishous para se tornar o Primaz da raça. Sendo o Primaz, ele teria que se tornar o companheiro das escolhidas e gerar filhos, novos guerreiros que se tornariam - futuramente - membros da Irmandade. Ao todo seriam 40 Escolhidas: elas são vampiras de sangue puro que vivem no Outro Lado, juntamente com a Virgem Escriba (criadora da raça dos vampiros). Sua primeira companheira seria a Escolhida Cormia, que já conhecemos dos outros livros.

Eu não sei o porquê, mas não consegui me conectar bem com os protagonistas. Não me vi torcendo por eles, ou me encantando com o amor de Phury e Cormia. Desde o primeiro livro que não sinto algo muito forte pelo protagonista. Diferente dos outros membros da IAN, Phury nunca despertou meu interesse. Não estou dizendo que não gostei, mas, não suspirei pelos momentos deles juntos, não me emocionei com o amor deles, não me envolvi com os problemas, com as lutas deles dois. Senti-me mais atraída pelas histórias paralela, do que com a história de Phury e Cormia.  

Para realizar a leitura desse livro é preciso que você leia os livros anteriores. Os acontecimentos desse livro são praticamente ligados com o quinto volume. Além de terminar de uma forma que nos faça esperar ansiosamente pela leitura do próximo livro.

Em suma, Amante Consagrado não foi um dos melhores que li da serie, mas, também não cheguei a odiá-lo. Ainda bem que isso não me desanimou, e ainda continuo fã da série e fã da escrita de J. R. Ward. Espero que os próximos livros continuem me agradando. Para quem não conhece as histórias, é uma boa dica. Recomendo!










Deixe um comentário

Gostou do post? Então deixe seu comentário. Mas lembre-se, não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de preconceito ou palavras de baixo calão, respeite os demais leitores.

Obrigada por comentar e volte sempre!!