23 de outubro de 2017

[RESENHA] Crash #1 - Nicole Williams

Para a adolescente Lucy, nada é mais importante que o balé. A dança a transporta para um mundo onde a dor, as lembranças ruins e a violência não existem. Um mundo só dela. Um dia, porém, aquela garota certinha é obrigada a mudar de escola. E é nesse novo ambiente, repleto de descobertas e Inseguranças, que conhece um garoto que só usa cinza e vive com uma toca de lã na cabeça. Jude, o maior bad boy da escola, é lindo e seria o sonho de toda garota, e talvez até o genro que todo pai pediu a Deus... se não tivesse sido preso várias vezes e não morasse num abrigo para garotos desajustados. Lucy não liga para a opinião dos outros: o mais importante é o que Jude sente por ela. E o rapaz parece disposto a abrir seu coração, ainda que um segredo que assombra o passado e o presente dos dois esteja prestes a estraçalhar essa paixão. “Jude era a doença para a qual eu não via cura. A droga da qual eu não queria me livrar nunca. ” LUCY
Jovem Adulto | 256 Páginas | Nicole Williams | Cortesia Planeta de Livros Brasil | Skoob Classificação: 3/5 | Compre na:  Fnac  •  Livraria Cultura 


A primeira vez que ouvi falar dessa trilogia foi num encontro da Planeta de Livros com seus parceiros. Ouvi maravilhas sobre esse livro e quando vi que teria o lançamento dele aqui no Brasil, fiquei bem empolgada e com muita vontade de lê-lo. O problema é que criei altas expectativas com relação ao livro, e no final, acabei me decepcionando. Não que o livro seja ruim, mas (para mim) não foi tudo aquilo que ouvi sobre a obra.

Crash é o primeiro livro da trilogia escrita pela Nicole Williams. O livro é narrado pela Lucy, uma jovem apaixonada por balé, e que viu sua vida desmoronar após a morte de seu irmão. A vida dela e de sua família nunca mais foi a mesma depois disso. Com a falência dos pais, Lucy teve que se mudar e começar os estudos em uma nova escola. Em um dia na praia, ela conhece Jude. Ela logo se encanta pela beleza do rapaz e passa a fazer de tudo para chamar a atenção dele. Durante uma breve conversa entre eles, Lucy percebe que Jude é um garoto cheio de problemas, do tipo bad boy. Jude tenta ficar longe de Lucy, já que ele mesmo se denomina como um câncer, e sabe que estragaria a vida dela se continuasse a vê-la.

“(...) e eu não namoro, não me envolvo em relacionamentos, não mando flores e não telefono. Se não fizer questão de nada disso, talvez a gente possa pensar em alguma coisa especial.”

O romance entre eles começa de maneira bem rápida. Mesmo tentando manter distância, Jude não consegue ficar longe de Lucy. Aquela velha historia do carinha mau, que não consegue ficar longe da mocinha, mesmo carregando vários problemas. É o velho clichê: bad boy + mocinha certinha + muitos problemas = pais que não aceitam o relacionamento. E mesmo Jude sendo um íman para problemas, Lucy não resiste ao charme do garoto. O problema é que Jude é possessivo, ciumento e vive se metendo em problemas. Mesmo assim, Lucy não consegue ficar longe do garoto-mau-que-todo-mundo-fala. Foi isso que mais me decepcionou no livro. Senti falta de mais desenvolvimento dos personagens nesse volume e mais sobre a relação de Lucy com o balé. Sei que se trata do primeiro livro, no entanto, eu queria mais. Queria mais profundidade, mais amadurecimento e mais esclarecimentos. 

“Alguma coisa resistia e se recusava a ouvir minha intuição. Alguma coisa queria Jude Ryder em minha vida, independentemente das consequências ou do desfecho da história.”

Teve momento em que fiquei bem incomodada com o relacionamento dos dois. Eu preferiria que a autora tivesse desenvolvido mais o enredo e mais a trama e todo o problema por traz da história de Jude. Eu ainda quero ler os próximos livros, que serão focados nos mesmos personagens. Quero ler principalmente para saber se haverá um maior desenvolvimento dos protagonistas. Encerro a resenha dizendo que o livro vale a leitura. Porém, se você for igual a mim, é melhor não criar grandes expectativas. 






22 comentários:

  1. Eu achei esse lance de cara ciumento, possessivo e talz muito parecido com After... Que eu odiei! Então, talvez essa leitura não seja pra mim. Essa dica eu passo.
    Bjos!
    Por essas páginas

    ResponderExcluir
  2. Parece-me um livro interessante, apesar de haver ainda coisas a melhorar, acho que ia gostar de ler! =)

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  3. Apesar da referência a Beatles, que eu curto, o livro em sí não me chamou tanto atenção. Não digo que não iria ler, pois adoro me surpreender com livros que não dava nada e vem com uma put* história.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia o livro, mas se decidir ler, lembrarei da sua dica de ler com baixas expectativas. Mas quem sabe nos próximos livros haja um desenvolvimento melhor dos personagens, né?
    Valeu pela dica!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  5. Oie!

    Todos falam super bem dessa obra, mas por mais que eu leia as resenhas e procure saber mais sobre a obra, ela continua não despertando minha curiosidade e por isso dessa vez passo a dica, mas não nego que a capa é linda!

    Bjss

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Eu sempre vejo muitas pessoas elogiando esse livro, mas confesso que não tenho muita curiosidade de ler. Esse clichê do bad boy cheio de problemas e a mocinha certinha já me cansou um pouco e, a menos que tivesse uma reviravolta impressionante ou um desenvolvimento muito bom dos personagens, eu não teria muita curiosidade em ler.
    Pelo que vi na sua resenha, não é um livro surpreendente e a autora poderia ter desenvolvido melhor os personagens. Assim, vou passar a dica dessa vez.
    Mas adorei a sua resenha e espero que os próximos livros sejam leituras melhores para você.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Achei a capa lindíssima, mas me incomoda um pouco essa coisa de romance que começa rápido. Não estou em um bom momento de series então vou deixar essa dica passar.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá, que pena que você não gostou do livro, eu li e amei estou querendo muito os próximos. Gostei de saber a sua opinião

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem? De cara o plot não me agradou. Parece um pouco mais do mesmo. Meninas com algum tipo de problema, um bad boy e por aí vai. Como você, se eu estivesse lendo e o autor focasse mais no romance, eu nem sei se continuaria a leitura. O livro precisa me prender pra eu dar continuidade, e confesso que esse tipo de leitura raramente me atrai. eu achei que era uma história fechada, mas talvez nos próximos da série melhore.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  10. Sendo sincera, depois de ler sua resenha não me animei na leitura. Estou cansada de relacionamentos abusivos e de pessoas que acham okay isso. Ninguém vai morrer se terminar um relacionamento e eu acho que só devemos permanecer em um se for saudável. Se tiver a oportunidade lerei, mas não vou buscar o livro. Obrigada pela resenha sincera.

    ResponderExcluir
  11. Olá! Ao contrário de você eu não tinha nenhuma expectativa sobre o livro, na verdade eu achava que iria odiar, enfim, imaginei apenas coisas ruins então quando o li eu realmente me surpreendi. Não é um livro perfeito, mas é repleto de coisas, a escrita da autora é maravilhosa, gostei bastante de conhecer essa obra ❤️

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bom?
    Eu não curto essa fórmula de bad boy mais mocinha inocente, desaprovação dos pais e romance conturbado. Acho muuuito cansativo e por isso já evito livros assim. Saber que este peca no desenvolvimento, deixando algumas coisas rasas e não conquistando o leitor só fez com que eu tivesse certeza que não é um livro para mim. Adorei a resenha e a sinceridade.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bom?

    Ah, parece ser um livro interessante, apesar de ser bem clichê, como você disse: "bad boy + mocinha certinha + muitos problemas" está presente em muitos livro, por isso é interessante saber desenvolver o assunto para que nos chame a atenção. Como é um trilogia, só irei ler quando todos os livros forem lançados, senão ficarei muito ansiosa para saber o que realmente irá acontecer.
    Eu já sei que não devo criar grandes expectativas nessa leitura e, por isso, capaz de ela me surpreender. Espero que os próximos livros tenham um maior desenvolvimento quanto aos personagens, que é um ponto fundamental para mim.

    Enfim, adorei o post, obrigada pela dica :)
    Abraços.

    https://instantesmemoraveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Passei super correndo pela sua resenha, porque Crash é uma das minhas próximas leituras.
    Li um dos quotes que você citou e já estou ansiosa aqui.
    Desculpe pelo comentário evasivo.
    Mas é que preciso da emoção da leitura.
    Beijos
    www.manuscrito.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oláaa
    Assim como você eu estou muito curiosa para ler esse livro. Eu não sabia que era parte de uma trilogia, acabei descobrindo agora, mas tudo nesse livro me chama a atenção, parece aquele tipo de história que eu gosto, sabe! hahaha
    Sim, sou apaixonada por clichês.
    Entendi o porque da sua ressalva e o motivo de não ter curtido como imaginava que iria, mas mesmo assim, o desejo haha

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  16. Oi Dani,
    Já li esse livro e me encantei completamente com a história. Achei muito bacana a forma como a história dos dois se entrelaça e como eles superam seus traumas, sabe? Entretanto, eu juro que te entendo em relação ao desenvolvimento da trama.
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir
  17. Oie, tudo bem?
    Já é a quinta resenha que leio essa semana sobre esse livro, haha.
    Mesmo você não curtindo muito, eu amo a idéia dessa história e estou louca pra conferir o desfecho que esse casal terá!

    ResponderExcluir
  18. Estou louca para ler esse livro. Adoro New Adult e esse tenho uma trama com todos os elementos que me agradam. Vou ler em breve e acho que vou gostar da história!

    Beijos,
    Rafa - Fascinada por Histórias

    ResponderExcluir
  19. Oi!
    Minhas impressões foram praticamente as mesmas das suas, me frustei legal com esse livro.
    O romance deles é muito rapido e mal construído, o final é previsivel e não tem muito drama, Jude é muito controlador e a menina depois que conhece ele muda da agua pro vinho :(
    Mas também quero ler os próximos, espero que sejam melhores

    ResponderExcluir
  20. Oiee ^^
    Eu não tenho vontade de ler esse livro por causa da receita menina+bad boy, mas saber que ele é possessivo e ciumento... Rá, esse livro foi pra lista dos livros que nunca lerei. Tenho saco pra personagem chato assim não...haha' uma pena que você tenha esperado tanto e se decepcionado com a história :/
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Ola lindona eu amei esse livro adoro um bom bad boy, a relação entre os protagonistas tem seus altos e baixos, mas vamos percebendo um crescimento gradual deles, acredito que no segundo livro teremos muitas brigas e ciúmes. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  22. Olá, Dani! Tudo bem?
    Eu li há pouco uma resenha de Crash e fiquei bem curiosa com a história. lendo aqui as suas impressões eu continuo interessada na leitura. Gosto de histórias que retratam desafios e nos instigam a saber mais sobre os personagens. Parabéns pelo olhar atento da sua resenha!

    Bjs

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então deixe seu comentário. Mas lembre-se, não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de preconceito ou palavras de baixo calão, respeite os demais leitores.

Obrigada por comentar e volte sempre!!

© 2017 x Design e Código: Sanyt Design x Livros e Café • voltar ao topo