Um beijo dura um instante. Mas mil beijos podem durar uma vida inteira. Um garoto. Uma garota. Um vínculo que é definido num momento e se prolonga por uma década. Um vínculo que nem o tempo nem a distância podem romper. Um vínculo que vai durar para sempre. Ao menos era o que eles imaginavam. Quando, aos dezessete anos, Rune Kristiansen retorna da Noruega para o lugar onde passou a infância – a cidade americana de Blossom Grove, na Geórgia –, ele só tem uma coisa em mente: reencontrar Poppy Litchfield, a garota que era sua cara-metade e que tinha prometido esperar fielmente por seu retorno. E ele quer descobrir por que, nos dois anos em que esteve fora, ela o deletou de sua vida sem dar nenhuma explicação.

Jovem Adulto | 400 Páginas | Cortesia Planeta de Livros | Skoob | Classificacao: 5/5 


“Tão especial quanto especial pode ser.”

Bem antes de seu lançamento, eu já sabia que a leitura desse livro não seria fácil. Ouvi muitos comentários de leitores dizendo o quanto era dolorosa e emocionante a narrativa de Mil Beijos de Garoto. Por esse motivo, demorei um pouco para iniciar a leitura do livro. Mas como não pude adiar mais, tive que lê-lo, finalmente. E, no final, foi confirmado o que eu já sabia: Mil beijos de garoto é tudo aquilo que me disseram. Ele é emocionante, arrasador, com uma história linda, que alegra nossos corações e nos faz derramar litros de lágrimas.    

Tudo começa quando Poppy e Rune se conhecem ainda criança e se tornam melhores amigos; inseparáveis. Quando Rune precisou se mudar com os pais para um novo país, ele imaginou que nunca gostaria da nova casa, mas isso mudou quando ele conheceu sua linda e alegre vizinha, Poppy.  Depois disso, eles criaram um forte laço de amizade. Uma amizade cheia de amor e companheirismo. Ao passo que cresciam, esse amor se fortaleceu e se tornou algo mais. Ainda na infância, Poppy fez uma promessa à avó: que recolheria mil beijos de garoto, assim como sua avó fez. Esses beijos seriam os mais especiais para Poppy. E foi com Rune que a jovem decidiu ter esses momentos inesquecíveis e de parar o coração. Contudo o destino tinha outros planos e decidiu que era hora de separar o casal.  Anos depois, é hora de Rune e Poppy se reencontrarem. Mas, será que eles ainda são as mesmas pessoas?

“Eu vou te dar mil beijos, Poppymin. Todos eles. Ninguém nunca vai beijar você, além de mim.”

Sempre que leio um livro desse tipo, não sei exatamente como começar uma resenha ou o que dizer sobre o livro. A verdade, é que estou emocionada até agora e enquanto escrevo, estou pensando em cada passagem do livro, em cada frase e nos momentos vividos pelo casal. O amor de Rune e Poppy começou na infância. Mas era um amor tão puro, que faz nossos olhos brilharem. É sempre lindo quando vemos um amor que nasceu na infância, de pessoas que encontraram sua alma gêmea tão jovens e que esse amor durou uma vida inteira. Eles são amigos, namorados, companheiros. E mesmo eles sendo jovens, eles sabem o que sentem, sabem que o sentimento é real, que eles se amam e que esse amor durará para sempre, que não importa o que aconteça, eles ficarão juntos.

“Por que é necessário o fim de uma vida para se aprender a apreciar cada dia? Por que precisamos esperar até ficar sem tempo para começar a conquistar tudo o que sonhamos, quando um dia tínhamos todo o tempo do mundo? Por que não olhamos para a pessoa que mais amamos como se fosse a última vez que a vemos? Porque, se olhássemos, a vida seria tão vibrante. A vida seria tão verdadeira e completamente vivida.”

Um das coisas que mais gostei no livro, foi a personalidade de cada personagem. Poppy é uma jovem alegre, amorosa e forte. Sempre buscando o melhor em cada dificuldade, nunca se deixando abater por nada. Ela enxerga o mundo de uma forma totalmente diferente. Mesmo que tudo esteja difícil, ela sabe que o sol brilhará novamente. Ela mostra que devemos ser gratos pelas pequenas coisas que temos na nossa vida. Que amar e ser amado é uma das coisas mais belas do mundo.  Também fiquei encantada com a personalidade de Rune. Ele é um pouco diferente da maioria dos jovens de sua idade. Ele não esconde o quando ama Poppy, o quanto ela é importante para ele. Ele tem seus momentos de medo e dor. Ele se entrega de corpo e alma ao sentimento pela Poppy, ele sabe que é amado intensamente e retribui esse amor na mesma medida.

“As pessoas não entendiam que mesmo depois de todo esse tempo ela ainda era minha. Tínhamos apenas 15 anos, mas desde o dia que eu a beijei em Blosson Grove, aos 8 anos, nunca mais haveria outra pessoa.”

Nem preciso dizer o quando me emocionei e chorei com esse livro. Desde o início eu já estava com lágrimas nos olhos, tentando me segurar para não deixar essas lágrimas caírem, mas no final, foi inevitável. O leitor mergulha de cabeça na narrativa, no amor dos protagonistas, na dor que ambos sentem. Nos sensibilizamos com o sofrimento deles, nos apaixonamos pelos momentos vividos pelo casal; embarcamos em uma linda história de amor e amizade. Sofremos junto com eles, torcemos por eles, vivemos todos os momentos como se estivesse acontecendo conosco.

“[…] — Eu sou essa garota Rune. A que espera a tempestade passar simplesmente para vislumbrar um arco-íris. Por que ser infeliz quando você pode ser feliz? É uma escolha óbvia para mim.”

Não me arrependo da escolha de ler o livro. Estou encantada e apaixonada pela escrita da Tillie Cole. Para finalizar a resenha, digo que se trata de um livro com uma história inspiradora e romântica, pura e real. Leia você também!

“Talvez sejamos como a flor de cerejeira, Rune. Como estrelas cadentes. Talvez tenhamos amado muito e muito jovens, e a chama foi tão brilhante que tivemos que esmaecer.”







14 Comentários

  1. Oi, Dani.

    Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas enquanto lia sua resenha, era como se eu já tivesse lido e ficado emocionada junto com você. Parece ser realmente uma história linda. Enfim, adorei a forma como você escreveu sobre o livro :)

    Beijão.
    cantinhodaescritaa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. to arassada com esse livro e já quero!hahahahaha
    Incrível! O tipo de livro que eu sou viciada!
    bjos
    www.omundodatutty.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Dani!

    Tudo bem? Então, eu quero muito ler esse livro e tive medo de ganhar um spoiler na sua resenha por isso pulei direto para a opinião.

    Bom, todo mundo fala que Mil Beijos De Garoto tem uma trama linda, apesar de fazer o leitor sofrer e pelo que vi você concorda bem com essas opiniões. Gosto muito quando os personagens são bem desenvolvidos, isso acaba me fazendo ficar ainda mais apaixonada pela narrativa.

    O jeito que você terminou a resenha (falando que é uma história inspiradora) realmente me fez desejar ainda mais essa leitura.

    Beijinhos - Jessie
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  4. Vou morrer se não ler este livro, já pedi de presente para mil pessoas, sério.
    Tenho visto tantas resenhas positivas que não vejo a hora de me emocionar e chorar com esta leitura.
    Amei os quotes escolhidos, transmite um pouquinho do que deve ter por trás da leitura.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oiee Dani ^^
    Eu ainda não li esse livro, mas sou doida para fazê-lo. Não só porque eu só vi gente falando bem da história até agora, mas porque eu já gosto da Poppy e do seu jeito de ser, e já sei que vou chorar e me apaixonar muito por essa história. É o primeiro livro na minha listinha de desejados, sem brincadeira...haha' só espero que minhas expectativas realmente sejam batidas *-*
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Dani!!!

    Eu estou louca para ler esse livro desde que foi lançado e ainda não tive temo para ele :(

    Estou acreditando que ele é praticamente um consenso: lindo, porém triste e que vale muito a pena. Acredito que quando finalmente tiver tempo para ler vou sofrer muito com os personagens.

    Uma coisa que sempre procuro saber é se cada personagem da trama é bem desenvolvido (me incomoda muito durante a leitura quando não são!) e adorei saber que todos eles tem espaço para o seu desenvolvimento dentro da trama.

    Beijos - Aninha
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Dani!

    Impressionante como o pessoal está falando desse livro! Não sei se seria um livro que leria agora, pois gosto sempre de ler esses livros depois do hype.
    E como é uma leitura leve, deve ser bem rápida.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oie, tudo bom?
    Só ouço elogios a esse livro, a hype dele está tão grande que estou deixando pra ler quando isso tudo passar, pois não quero ficar com a expectativa muito alta. A capa é bem fofinha e eu adorei sua resenha, me deixou com vontade de conferir!

    ResponderExcluir
  9. Que fofura esse livro, adoro essa capa, de verdade, e não imaginava que carregava uma história tão densa assim, é maravilhoso quando o livro nos leva ao máximo da emoção, né? Confesso que deixei esse livro de lado por conta de burburinho, todo mundo lendo... haha mas depois da sua resenha, não posso mais fugir!

    ResponderExcluir
  10. Oi Dani, infelizmente este livro não funcionou para mim e eu o abandonei logo nas primeiras páginas. Acho que eu não estava no momento certo para ler esta história e quem sabe no futuro, eu leia e me sinta emocionada como você.
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oie!

    Estou de olho nessa obra antes mesmo de ela ter sido lançada aqui no Brasil, uma amiga minha leu em inglês e me indicou na hora a leitura, e agora que foi lançada aqui no Brasil espero poder realizar a leitura em breve e amar essa história como todos que já a leram!

    Bjss

    ResponderExcluir
  12. Nossa Dani, deu até um certo receio da leitura agora, já vi que esse é daqueles livros que pertence a minha categoria de "olhos inchados". Pretendo ler esse livro, já está na minha lista, mas quero um momento próprio só para ele. Espero me emocionar tanto quanto você e me encantar com as história dos dois.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bom?
    Estou com esse livro parado na estante por estar meio para baixo e saber que esse livro vai me fazer chorar horrores! rs Ver sua resenha me fez ver que vai valer a pena a bad que vai bater depois da leitura haha A forma como descreveu a garota, cada uma das qualidades e ver como ela sabe que amar e ser amado é uma das coisas mais belas do mundo acabou de me ganhar! Vou me render ao livro e espero gostar tanto quanto você ♥
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Eu amo esse livro com todo meu coração! Li ele em inglês quando a Colleen Hoover indicou e foi tiro atrás de tiro!
    Não tinha lido nem 50 páginas e eu já tinha chorado várias vezes! Ahhahaha
    Que bom que gostou!

    Beijocas
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então deixe seu comentário. Mas lembre-se, não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de preconceito ou palavras de baixo calão, respeite os demais leitores.

Obrigada por comentar e volte sempre!!