15 de novembro de 2017

[RESENHA] Agora e para sempre, Lara Jean - Jenny Han


Em Para todos os garotos que já amei, as cartas mais secretas de Lara Jean — aquelas em que se declara às suas paixonites platônicas para conseguir superá-las — foram enviadas aos destinatários sem explicação, e em P.S.: Ainda amo você Lara Jean descobriu os altos e baixos de estar em um relacionamento que não é de faz de conta. Na surpreendente e emocionante conclusão da série, o último ano de Lara Jean no colégio não podia estar melhor: ela está apaixonadíssima pelo namorado, Peter; seu pai vai se casar em breve com a vizinha, a sra. Rothschild; e sua irmã mais velha, Margot, vai passar o verão em casa. Mas, por mais que esteja se divertindo muito — organizando o casamento do pai e fazendo planos para os passeios de turma e para o baile de formatura —, Lara Jean não pode ignorar as grandes decisões que precisa tomar, e a principal delas envolve a universidade na qual vai estudar. A menina viu Margot passar pelos mesmos questionamentos, e agora é ela quem precisa decidir se vai deixar sua família — e, quem sabe, o amor de sua vida — para trás. Quando o coração e a razão apontam para direções diferentes, qual deles se deve ouvir?

Jovem Adulto | 304 Páginas | Jenny Han | Editora Intrínseca | Skoob Classificação: 5/5 | Compre:  Lojas Americanas  •  Livraria Cultura  |  Leia um trecho 


Leia também:


Um final digno para uma trilogia maravilhosa. Será difícil esquecer essa trilogia que aqueceu meu coração e me conquistou. Para os que ainda não a conhecem, a trilogia é composta por três livros, sendo o primeiro: “Para todos os Garotos que já amei”, este que, foi um dos melhores livros que li no ano passado. Ler sobre a jornada de crescimento e descobertas da Lara Jean foi uma experiência maravilhosa. Jenny Han me conquistou de tal modo, que levarei essa saga comigo por muito tempo. 

“Acho que isso também é parte de crescer, ter de se despedir de coisas que você amava.”

No primeiro livro conhecemos Lara Jean. Uma jovem que precisou “crescer” muito depois da morte da mãe e, ainda mais, depois que sua irmã mais velha se mudou para outro país para estudar. Agora, a vida de Lara Jean mudou muito: ela tem um namorado maravilhoso, novos amigos, seu pai está feliz com uma nova mulher em sua vida. A garota tem planos para o futuro, mas isso muda quando tudo o que ela planejou vai por água abaixo. Lara Jean agora precisa escolher uma nova faculdade, descobrir se seu namoro resistirá à distância, ao mesmo tempo em que se vê envolvida com o planejamento do casamento de seu pai. O que a autora mostrou no livro é exatamente o dilema que muitos jovens que estão terminando o ensino médio vivem: o medo que é viver por contra própria. Saber viver longe dos pais e da proteção deles. Escolher uma boa faculdade, aquela que lhe oferecerá tudo aquilo que os jovens precisam. A dificuldade que é escolher uma carreira. E, é muito bom vê-la passando por todas essas fases, enfrentando o medo e as incertezas. É sempre difícil você fazer escolhas que mudarão a sua vida.

“Agora, hoje, ele ainda é um garoto e eu o conheço melhor do que ninguém, mas e se não for sempre assim?”

Amei praticamente tudo nesse livro. Eu me identifiquei com a protagonista. Lara Jean, de certa forma, tem medo de sair daquela zona de conforto. Mesma ela querendo dizer sim para muitas coisas, ela sente medo das escolhas; de escolher errado. Ela tem medo de estudar numa faculdade longe de sua casa e perder momentos da vida da irmã mais nova. Ela tem medo do futuro de seu relacionamento. Ela precisa descobrir o que quer. Fazer as melhores escolhas, e aprender a conviver com elas. Esse foi um dos detalhes que mais amei no livro: a possibilidade de nos enxergar na protagonista. Quantos de nós não precisamos passar pelas mesmas dúvidas que a Lara Jean? Quantos de nós não ficamos morrendo de medo ao terminamos o ensino médio e precisávamos escolher uma faculdade?

“Um dia, tudo isso será uma prova – uma prova de que estávamos aqui, de que estávamos apaixonados. É uma garantia de que, não importa o que aconteça, esta época foi só nossa.”

O melhor da trilogia continua sendo os personagens e sua jornada. Mas também, uma das melhores coisas nesse livro é o romance. Eu sou apaixonada Peter. Ele é um dos personagens mais fofo que conheci recentemente. E a forma como ele está ao lado da Lara Jean é ainda melhor. Alguns torcem o nariz quando o assunto é romance adolescente. No entanto, a forma como a autora desenvolveu esse romance foi maravilhoso. É um relacionamento baseada em confiança, amor, amizade, companheirismo e muito apoio. É LINDO DEMAIS! Além desse romance fofo, preciso dizer de novo o quanto eu amo a família da protagonista. A jovem tem uma família maravilhosa: um pai que a apoia e está presente para a filha sempre que ela precisar dele. Duas irmãs que a amam muito.

Gente, vocês precisam conhecer essa trilogia. Se você ainda não a conhece, dê uma chance. Tenho certeza que você não irá se arrepender.

(...) Amor é fazer escolhas corajosas todos os dias.








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou do post? Então deixe seu comentário. Mas lembre-se, não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de preconceito ou palavras de baixo calão, respeite os demais leitores.

Obrigada por comentar e volte sempre!!

© 2017 x Design e Código: Sanyt Design x Livros e Café • voltar ao topo