13 de dezembro de 2017

[RESENHA] Quando a Bela Domou a Fera - Eloisa James


Piers Yelverton, o conde de Marchant, vive em um castelo no País de Gales, onde seu temperamento irascível acaba ferindo todos os que cruzam seu caminho. Além disso, segundo as más línguas, o defeito que ele tem na perna o deixou imune aos encantos de qualquer mulher.
Mas Linnet não é qualquer mulher. É uma das moças mais adoráveis que já circularam pelos salões de Londres. Seu charme e sua inteligência já fizeram com que até mesmo um príncipe caísse a seus pés. Após ver seu nome envolvido em um escândalo da realeza, ela definitivamente precisa de um marido e, ao conhecer Piers, prevê que ele se apaixonará perdidamente em apenas duas semanas.
No entanto, Linnet não faz ideia do perigo que seu coração corre. Afinal, o homem a quem ela o está entregando talvez nunca seja capaz de corresponder a seus sentimentos. Que preço ela estará disposta a pagar para domar o coração frio e selvagem do conde? E Piers, por sua vez, será capaz de abrir mão de suas convicções mais profundas pela mulher mais maravilhosa que já conheceu?
Romance de Época| 320 Páginas|  Cortesia Editora ArqueiroSkoob |  Classificação 5/5 | Leia um trecho 


Eu gosto muito de A Bela e a Fera e a linda mensagem que a história traz. Quando esse livro foi lançado, fiquei muito animada, porém não consegui ler de primeira. Até que tive a oportunidade de solicitar esse e o segundo volume da série. Tentei adiar a leitura e não passá-la na frente dos outros livros, mas foi inevitável. E não foi surpresa nenhum quando vi que devorei o livro em poucas horas. Eloisa James me proporcionou momentos maravilhosos com a leitura desse livro. Tive a chance de conhecer personagens incríveis, me apaixonei por cada um deles e pela narrativa envolvente, sensual e linda; além de uma história reflexiva sobre o real significado da beleza.



Linnet é uma das mulheres mais bonita de Londres. Além de sua beleza, a jovem ainda herdou o charme da mãe. Somando esses dois detalhes, ela é uma das jovens mais cobiçadas de Londres. Até mesmo o príncipe se encantou com a beleza de Linnet. Mas o que a jovem não sabia, era que o pedido de casamento que ela tanto desejava não aconteceu. E pior, ela ainda foi vítima de um mal entendido, o que a deixou mal aos olhos de todos da sociedade. Agora, resta a ela aceitar o plano de seu pai e de sua tia, com a ajuda de seu – talvez – futuro sogro. Para isso, ela precisará viajar até o País de Gales para conquistar seu noivo: Piers, o conde de Marchant. O desagradável médico, com a fama de ser mal-humorado, a quem todos parecem ter medo. Linnet sabe que com seu charme ela conseguirá fazer com que seu futuro marido se apaixone por ela. Contudo, o que ela não esperava encontrar era um homem tão adverso a ideia de se casar. Piers não pensa em casamento, ainda mais com uma mulher que seu pai trouxe com ele. Ele não deseja ser controlado pelo pai, muito menos por uma mulher.  



Como eu disse no começo da resenha, esse livro traz uma mensagem muito bonita sobre o que significado da beleza. Linnte conhece sua própria beleza. Ela sabe o quanto é bonita, e muitas vezes usa isso a seu favor. Ela acredita que a única coisa que tem é a sua beleza. No entanto, a jovem é mais do que isso: ela é forte, sarcástica, tem uma língua afiada e, é muito inteligente. Além de possuir um coração enorme e estar sempre disposta a ajudar aqueles que precisam. É ainda melhor quando ela conhece Piers e percebe que ele não se importa com a beleza dela e nem fica bajulando-a – assim como todos os homens que a conhece. Se fosse para o Conde se apaixonar por ela seria pela pessoa que ela é, e não pela sua beleza. Piers sofreu um acidente que nunca se curou. Com isso, ele precisa do auxílio de a uma bengala para se locomover. Contudo, ele não deixa que isso o diminua. Mesmo com esse detalhe, ele se tornou um dos melhores médicos que existe. Ele não deixou que essa deficiência assumisse o rumo de sua vida. Piers é inteligente, ríspido, possui um humor do cão e paciência zero. Ele é direto e não mede as palavras. No entanto, mesmo possuindo essa personalidade, ele é um médico que não descansa até encontrar uma forma de ajudar seu paciente.

Quando a Bela Domou a Fera é divertido, com uma bela mensagem e personagens encantadores e apaixonantes. Foi muito bom conhecer essa releitura de uma história que tanto amo. O livro conseguiu me surpreender. Eloisa James ganhou mais uma fã. Tenho certeza que a partir de agora, tentarei ler todos os livros que ela vier a escrever. O livro é ainda melhor por falar sobre perdão, recomeços e nos fazer enxergar o que é a verdadeira beleza.  









19 comentários:

  1. Muito boa a resenha! Gosto muito de releituras que fogem um pouco do óbvio, e esse daí aparenta ser um livro super construtivo e cheio de reflexões! Já quero :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Ele é mesmo muito bom.

      Excluir
  2. gente mas que capa linda!!
    deu vontade de ler depois da tua resenha, parece ser bem legal

    ResponderExcluir
  3. gente mas que capa linda!!
    deu vontade de ler depois da tua resenha, parece ser bem legal

    ResponderExcluir
  4. Oie, tudo bem?
    Ah, esse tá na minha lista há tempos, pois eu AMO releituras, mesmo que mude bastante coisa, adoro rever meus contos favoritos por outros autores, em outras situações. Amei sua resenha, aumentou ainda mais minha vontade de ler!

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Solicitei esses livros para leitura também e não vejo a hora de iniciar. Sou fã da Bela e A Fera e poder ver essa releitura em um romance me atraí muito. Espero me encantar e envolver com a escrita da Eloisa, só vejo ótimos comentários.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Espero que você também goste da leitura.

      Excluir
  6. Oiee ^^
    Eu adoro romances de época (ainda não li nada da autora), mas ando cansada de mocinhos mau humorados...haha' então acho que vou demorar um bocado para ler esse livro. Tenho curiosidade de conhecer melhor a história e de conhecer a Linnet, mas por causa do mau humor do Piers (li que ele era arrogante também *-*), vou enrolar um pouco.
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi.

      Te entendo. Também acho que as vezes fica difícil atura esses mocinhos. Mas no caso desse personagem, eu adorei o mau humor dele.

      Excluir
  7. Oiii
    Eu não sou fã de romances de época, até tentei gostar, mas achei que (ao menos os que li) não correspondiam com a realidade da época, o que deixou tudo sendo apenas um romance normal apenas adicionando bailes, carroças e vestidos.
    Achei a história desta bem legal, com toda a coisa do cara não querer casar nem que a moça seja a mais linda do mundo, mas, assim como os outros, senti que o problema do "irreal" se repete aqui. Afinal, naquelas épocas remotas, nenhum pai iria deixar a filha ir morar com um homem a quem nem se sabe se vai desposa-la.

    Vícios e Literatura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério que você não gosta? Já eu amo esse gênero, é um dos meus favoritos. ♥

      Excluir
  8. Oi, Dani!
    Ai essas releituras maravilhosas de A Bela e a Fera <3 Pela sua resenha deu para perceber que a autora soube muito bem manter os pontos principais da história que foi relida e ainda adicionou novos ingredientes que funcionaram de verdade! Me pareceu muito interessante a discussão sobre a beleza que a trama abre espaço. Vou marcar na minha lista, porque fiquei interessada mesmo!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vitória.

      Alguns autores conseguem fazer isso muito bem. Essa autora conseguiu "reescrever" uma história e deixá-la ainda melhor.

      Excluir
  9. Oie!
    Espero fazer a leitura desse livro em breve, junto com o seguindo que já foi publicado. Estou curiosa para conferir a narrativa da autora, que eu não conheço ainda. Mas acredito que vou gostar muito da história.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!

      Espero mesmo que você goste.

      Excluir
  10. Oláa, tudo bem? Adorei sua resenha e o post ficou lindo <3 Eu nunca li nada dessa autora, mas só leio elogios sobre sua escrita e suas narrativas. Não sou muito fã de releituras, especialmente em romances de época, então não sei se lerei tão breve, mas de qualquer forma quero muito conhecer o estilo da autora. Só lendo para saber se irei ou não gostar, não é mesmo?

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  11. Eu não gosto do conto da Bela e a Fera e tenho serias criticas quanto a este enredo. De uma forma geral, não gosto de contos de fadas, por isso essa premissa não me interessa muito.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bom?
    Assim como você, sou apaixonada por A bela e a fera, então tive que correr para ler esse livro e também amei a experiência de leitura! Amei os personagens - tanto secundários quanto os principais - , amei Pierre ser inspirado no Dr. House... amei tudo desta história e devorei o livro também! Foi ótimo relembrar sua história através da sua resenha maravilhosa! <3

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem?

    Confesso que tenho o pé atrás com releituras, mas pelo que vc escreveu essa foi boa e com uma boa mensagem. Confesso tb que tenho receio de ler algo dessa autora, mas que sua resenha aguçou aminha curiosidade. Enfim, dica anotada!

    Beijo.

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então deixe seu comentário. Mas lembre-se, não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de preconceito ou palavras de baixo calão, respeite os demais leitores.

Obrigada por comentar e volte sempre!!

© 2017 x Design e Código: Sanyt Design x Livros e Café • voltar ao topo