12 de janeiro de 2018

[RESENHA] Corte de Asas e Ruína - Sarah J. Maas

O terceiro volume da série best-seller Corte de Espinhos e Rosas, da mesma autora da saga Trono de Vidro em “Corte de Asas e Ruína" a guerra se aproxima, um conflito que promete devastar Prythian. Em meio à Corte Primaveril, num perigoso jogo de intrigas e mentiras, a Grã-Senhora da Corte Noturna esconde seu laço de parceria e sua verdadeira lealdade. Tamlin está fazendo acordos com o invasor, Jurian recuperou suas forças e as rainhas humanas prometem se alinhar aos desejos de Hybern em troca de imortalidade. Enquanto isso Feyre e seus amigos precisam aprender em quais Grãos-Senhores confiar, e procurar aliados nos mais improváveis lugares. Porém, a Quebradora da Maldição ainda tem uma ou duas cartas na manga antes que sua ilha queime.
Jovem Adulto | 687 Páginas | Sarah J. Mass | Cortesia Galera Record | Skoob | Classificação: 5/5  

Leia também:


Eu já estava morrendo de ansiedade esperando esse livro chegar. Desde que conheci e comecei a ler essa série, e todos os outros livros da Sarah, eu fico esperando pelo lançamento deles. Se você ainda não leu nenhum dos dois livros, saiba que a resenha pode ter alguns spoilers.

No final de “Corte de Névoa e Fúria” tudo desmoronou. Com a volta do rei de Hybern, foi declarado guerra. O rei deseja destruir a muralha que separa o mundo dos humanos do mundo dos feéricos. Ainda vemos Feyre vivendo na Corte Primaveril com o objetivo de destruir a corte de Tamlin e, assim, poder voltar para sua casa e seu parceiro. Ao mesmo tempo, Rhysand está juntando suas forças para combater Hybern.

Não vou fazer uma introdução muito longa sobre esse terceiro livro, porque quero me focar mais na narrativa e nos personagens. Até porque eu não saberia como situar, vocês, leitores, nesse enredo. Vamos começar pela pessoa que iniciou tudo... Feyre. Algumas pessoas, de início, não gostaram muito da personagem. Outros disseram que ela teve um crescimento a partir do segundo livro. No meu caso, eu gostei da Feyre desde as primeiras páginas de “Corte de Espinhos e Rosas” devido a sua força, coragem e determinação em proteger sua família, em alimentá-los, mesmo que estes a tratassem de uma forma horrível. Feyre é uma personagem surpreendente. Passamos a torcer por ela, nos inspirar em sua força e dedicação para com os outros, aqueles que não possuem nada ou que não podem se defender. Ela não é mais a mesma que foi levada por Tamlin. Ela não é mais a mesma mocinha indefesa que viveu na Corte Primaveril. Ela agora é uma guerreira, uma Grã-Senhora poderosa que fará de tudo para destruir aqueles que destruíram a vida de suas irmãs. Feyre quer vingança contra Tamlin, quer que ele pague por tudo o que fez. E, quando ela volta para seu parceiro, para sua casa e para sua corte... Ah, meus amigos, o que era bom, fica ainda melhor.

Rhysand, meu amor, meu eterno crushe... Eu sempre gostei dos vilões, algumas vezes prefiro esses personagens aos mocinhos. E quando esse Grão-Senhor apareceu, com todo seu poder, foi praticamente amor à primeira vista. E depois de conhecer toda sua história, todo seu sofrimento, esse amor cresceu. É impossível não torcer por ele, ainda mais depois de todo o sacrifício, todas as coisas pelo qual ele precisou abrir mão, somente para que seus amigos e seu povo permanecessem vivos e bem. Rhys é um personagem que não se importa em sacrificar sua felicidade e sua vida para salvar aqueles que ama. Mas, também, quando ele conhece Feyre, sua felicidade começa. Vendo a forma como eles se amam, vendo o amor deles, passamos a comparar como é diferente do relacionamento que Feyre tinha com Tamlin. Enquanto este só a sufocava com sua preocupação e proteção, Rhys sabe que sua parceira é forte, que ela pode cuidar muito bem de si mesma; que ela nem sempre precisará dele para protegê-la. Enquanto Tamlin não permitia que Feyre tomasse suas próprias decisões, sempre se baseando no fato de saber o que era melhor para ela; Rhys a apoia, confia em seu julgamento e decisões, a entende como nenhum outro. Suspiramos com os momentos deles juntos, com as cenas onde eles declaram esse amor. Eles são iguais, Grão-Senhor e Grã-Senhora da Corte Noturna.   

Ainda temos as irmãs de Feyre que foram transformadas pelo Caldeirão. Nestha e Elain tiveram suas vidas tirada delas pelo desejo de Tamlin de ter Feyre de volta. Elas foram Feitas, são diferentes de tudo o que eles conhecem. Ninguém sabe se elas possuem poderes, e quais são esses poderes. Ninguém sabe o que aconteceu realmente. Nestha, que desde o começo, eu não fui com a cara dela, está ainda mais fria do que antes. Ela se sente violada por algo que ela não conhece, por algo que ela não desejou. Ela se sente na obrigação de proteger Elain com unhas e dentes. A personagem teve um crescimento nesse livro. Ela possui um grande poder, brutal e desconhecido. Elain vive afastada de todos, enclausurada em seu quarto, sentindo tudo aquilo que perdeu. É emocionante ver a forma como ela lida com seus poderes, com sua nova vida; isso sem deixar a pessoa que ela era para trás.

E passamos para um dos meus personagens favoritos: Cassian, general do exército de Rhysand. O grande amigo que teve que suportar o sacrifício de Rhysand sem poder fazer nada. Ele é aquele tipo de personagem brincalhão, que adora fazer piadas... Mas quando a guerra está a sua frente, ele se torna o guerreiro que nasceu para ser. O general que seu Senhor precisa. Ele sofre, ele apanha, ele briga, mas se isso significa manter seus amigos a salvo, ele não se importa muito. Cassian e Nestha tem momentos bem engraçados e cheios de comentários ariscos em todo o livro. É bom ver o envolvimento dos personagens, o quanto Nesta passa a se importar com Cassian, e o quanto ele quer mudar a vida dela.

Azriel e Morrigan também têm momentos incríveis durante a narrativa. Assim como Cassian, eles são guerreiros treinados, dispostos a tudo para vencer Hybern. Azriel já viveu muito e passou por tantas coisas, mesmo assim, é uma pessoa gentil, um amigo leal e um grande guerreiro. Mor tem muitos outros momentos nesse livro, muitas revelações sobre a personagem. Amren é outra personagem fantástica, com um poder que nem todos conhecem. Uma pessoa que todos temem só em ouvir o nome. Deixei esse por último... Tamlin. Que ódio desse homem! Eu confesso que gostava dele, até torcia por ele, mas depois do que ele fez, esse amor virou ódio puro. Para mim, ele continua o mesmo do primeiro livro. Pensei que terminaria a leitura satisfeita e odiando menos o personagem, mas nada mudou.  Em quase todos os momentos que ele aparece, ele faz questão de mostrar o quanto é forte, de mostrar o quanto ele é INSUPORTÁVEL. Deu-me muita raiva quando ele agia de forma tão infantil somente para provocar Rhys e Feyre. Como se toda a preocupação dele fosse infernizar o casal. estou revirando os olhos nesse momento  

Bom... Agora que falei sobre os personagens, vou passar para a trama, para todos os acontecimentos do livro. Sarah J. Maas sabe escrever as cenas de guerra de uma forma espetacular. Pegamo-nos imaginando os cenários, os movimentos, tudo que está acontecendo naquele momento. Essas cenas são de tirar o fôlego e nos deixa roendo as unhas de preocupação. Vai que ela decida matar um personagem que você goste? Ela faz muito isso! Sarah não nos poupa do sofrimento. Muitas alianças, muitas traições, e momentos de tensão fazem parte da narrativa de “Corte de Asas e Ruína”. Cada momento é angustiante e desesperador. A ansiedade não nos permite abandonar o livro; sempre querendo mais... Ler mais... Saber mais. É tudo na medida certa: romance e batalha.

A história de Rhysand e Feyre termina nesse livro, mas ainda teremos mais, só que agora focados nos outros personagens. Eu só torço para que a nossa querida Sarah nos presenteie com algumas cenas desses dois.

Empolguei-me com a resenha! Eu vou parar por aqui, se não, é bem capaz que eu continue a falar mais sobre esse livro. Eu só digo que Sarah conseguiu mais uma vez me surpreender. O universo que ela criou é rico em detalhes; é maravilhoso e incrível. Eu só peço que deem uma chance ao livro, a série. LEIA! Tenho certeza que você não vai se arrepender.





25 comentários:

  1. Essa série é tao bem comentada! Nao sei porque não a solicitei para a editora, agora to aqui arrependida hahaha. Eu acho que ficaria louca de ansiedade com esse livro, por medo dela matar algum personagem que eu gosto haha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei bem como é isso. Mas assim que tiver a chance, leia. Você vai adorar!

      Excluir
  2. Sempre amei a capa dos livros dessa serie, mas nunca li< na verdade nunca me interessei< mas ultimamente vejo coisas bastante boas e to querendo hahahahaha
    Aquele arrependimento sabe?! haha
    Bruna
    https://odiariodoleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oie, tudo bem?
    Desde que essa série foi lançada, no mundo dos livros eu só ouço falar SUPER bem dela, e até hoje eu nunca li nenhum livro, mas é tanto comentário positivo que da até vontade ahuauhuha
    Pelo que vi o terceiro livro é um livrão da p**** né? Como você mesmo disse, tudo desmorona, e acho isso super interessante, afinal quem não gosta de uma ação né?
    Amei a resenha, beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! O livro é muito bom mesmo! Vale a pena dar uma chance.

      Excluir
  4. Apesar de só ler elogios quando a série, confesso que não é algo que eu tenha muita vontade de ler. Talvez devesse, pois parece que estou perdendo uma grande aventura e a oportunidade de conhecer essa Sarah e nem preciso dizer que todos os livros da série são lindos né?!

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Heiii, tudo bem?
    Ahh como nao amar esse livro ne?
    Eu amo tudo que a Sarah J. Maas escreve, mas esse livro superou as expectativas.
    Uma pena apenas sao essas asas na capa e essa mulher no fundo, achei bem feio e nem se compara com a beleza dos dois primeiros.
    Recomendo mto tb.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você acredita que eu gostei de alguns detalhes da capa. Mas concordo com você... Sarah J. Maas arrasa!

      Excluir
  6. Olá, tudo bom?

    Apesar de ter a trilogia em casa, ainda não tive a oportunidade de ler esses livros. Só vejo comentários positivos e estou louca para começar, mas a minha lista não deixa, rs. É ótimo que a autora conseguiu te surpreender novamente e, ainda por cima, tenha terminado a história de Rhysand e Feyre - estou louca para conhecer os dois. É uma pena que você tenha odiado, ainda mais, o Tamlin, quero saber logo o que ele faz para te fazer sentir tanto sentimento negativo, rs.
    É tão bom quanto um(a) autor(a) criar boas histórias, com universos incríveis e que, ainda por cima, nos leve para dentro do seu mundinho. Já que você recomenda tanto, vou ler logo e esperar, ansiosamente, outros lançamentos da Sarah J. Maas ;)

    Enfim, adorei a postagem e agradeço a indicação :)
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério que você ainda não leu? Eu já teria lido e relido os livros rsrsrs. Espero que você consiga ler em breve, e que goste dela assim como eu.

      Excluir
  7. Olá, tudo bem?

    Eu quase comprei um box com os três primeiros livros da série, porque tava numa mega promoção da Saraiva. Aí pensei melhor e preferi olhar na internet quantos seriam... Quando vi que estava por volta de 8 volumes, desisti na hora. Tô um pouco saturada desse tipo de enredo :s

    Beijo
    @blogodiariodoleitor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico triste por isso. Eu não me importo muito com a quantidade de volumes. Se a história for boa, eu leio todos que vier.

      Excluir
  8. Realmente você se empolgou na resenha, risos. Mas entendo como você se sente porque quando leio um livro muito bom fico da mesma forma. Este eu não sei se leria pela questão do estilo fantástico mas todo mundo fala muito bem dele. E eu sou como você. Tem vezes que prefiro o vilão ao mocinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma pena que você não tenha se interessado. Mas tente ler algum dia. Quem sabe você acabe gostando.

      Excluir
  9. Infelizmente eu não pude ler a sua resenha por conta do aviso de spoiler. :(
    Comprei o box na Black Friday e lerei o primeiro em breve.
    Mas saber que você se empolgou na resenha significa que o livro é ótimo, porque a gente não se empolga com coisa chata, né? Hahahaha

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não mesmo! Que bom que vocêjá tem os três livros, assim não fica ansiosa esperando.

      Excluir
  10. Oi, tudo bem?
    Não li sua resenha, porque ainda vou começar a ler essa série. Inclusive, já comprei o box, porque todo mundo fala tão bem que acho que lerei os três de uma vez haha.
    No entanto, li o final da resenha e percebi o quanto você gostou da leitura. Fico muito feliz que você tenha terminado a trilogia tão animada, pois é sinal de que a autora fez um bom trabalho. Já conheço a escrita da Sarah J. Maas pela série Trono de Vidro, então, minha expectativa para Corte de Espinhos e Rosas é a melhor possível.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie.

      Se você já leu Trono de Vidro, então sabe como a Sarah é maravilhosa. Espero que você consiga ler ACOTAR em breve.

      Beijos.

      Excluir
  11. Oiee ^^
    Preciso confessar que eu também tenho uma certa quedinha por vilões, principalmente quando eles são apaixonantes assim...haha'
    Eu ainda não li nada da Sarah (é, eu sei, shameonme), mas ando querendo ler essa série mais do que Trono de vidro...haha' - por causa disso, não li sua resenha inteira, mas dei uns pulinhos aqui e ali por curiosidade.
    Fico MUITO feliz em saber que você adorou esse livro, e vou manter em mente que a autora gosta de matar personagens, e TENTAR não gostar de ninguém...haha'
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br/2018/01/underground-airlines.html

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Fico contente em ver que a leitura pra ti continua empolgante. Infelizmente não tive essa felicidade com o primeiro livro, achei a história bem maçante a ponto de ter dificuldades para terminar, confesso que não é um gênero que leio com tanta frequência por isso tive essa dificuldade.
    Enfim, acho que não leria o restante dessa trilogia.
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  13. Oi, acho que esse é um dos poucos livros que não li, mas que todos falam muito bem! É óbvio que já li sobre eles, mas nunca tive tempo, na verdade. Pela sua resenha, pude ver que a Sarah criou uma personagem forte, não é?! É algo que gosto muito de ver nos livros que costumo ler. E, assim como você, eu amo vilões! Socorro! Acho que preciso ler esse livro, não é! Vou dar uma lida nas suas resenhas dos livros anteriores, principalmente o primeiro.

    www.porredelivros.com

    ResponderExcluir
  14. Olá!!!
    Pode me dar um abraço, porque eu também sou do time que muitas vezes prefere o vilão do que o mocinho rsrsrs
    Eu tô doida pra ler essa série, eu só não li ainda pelo simples fato dos livros de parceria estarem tomando boa parte das minhas leituras.
    Amei a ideia da história e eu acho que só me sentir um tanto perdida pelo fato de eu conhecer só o que ouvi falar dos outros livros.
    Ai e já estou sabendo que eu tenho que me preparar para mortes de personagens que posso vim me apegar aí, mas um George R.R. martin na minha vida rsrsrs
    Parabéns pela resenha!!!

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Amiga, essa série confesso que ainda estou atrasada, pois tenho o primeiro pra começar, que ganhei numa promo da Amazon daqueles compre um leve um e-book grátis <3 haha

    Já me deram super spoilers que é maravilhosa! Já quero ler, e está nas minha metas pra esse ano..

    Bjs
    http://www.yasmimramos.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi! QUe bom que o livro teve essa capacidade tão intensa de te surpreender e de mexer com seus sentimentos de forma tão intensa. Admito que sua resenha ficou tão cativante que fiquei com vontade de começar a leitura agora mesmo, risos. Adorei saber que a Sarah faz tudo tão bem criado e não tem dó de mexer com os personagens e nos deixar de coração na mão.

    ResponderExcluir
  17. Oi,
    estou louca para ler esse livro. Li os dois primeiros da trilogia e me apaixonei perdidamente, tanto pela escrita da Sarah como pela história e seus personagens. Também fui apaixonada pelo Tamlim no primeiro livro e assim como você vi toda a afeição se tornar ranso, já estou com raiva dele pelo que ele fez em "Corte de névoa e fúria" e já me vejo isso se intensificando neste também.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então deixe seu comentário. Mas lembre-se, não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de preconceito ou palavras de baixo calão, respeite os demais leitores.

Obrigada por comentar e volte sempre!!

© 2017 x Design e Código: Sanyt Design x Livros e Café • voltar ao topo