8 de janeiro de 2018

[RESENHA] Os 27 Crushes de Molly - Becky Albertalli


Molly já viveu muitas paixões, mas só dentro de sua cabeça. E foi assim que, aos dezessete anos, a menina acumulou vinte e seis crushes. Embora sua irmã gêmea, Cassie, viva dizendo que ela precisa ser mais corajosa, Molly não consegue suportar a possibilidade de levar um fora. Então age com muito cuidado. Como ela diz, garotas gordas sempre têm que ser cautelosas.
Tudo muda quando Cassie começa a namorar Mina, e Molly pela primeira vez tem que lidar com uma solidão implacável e sentimentos muito conflitantes. Por sorte, um dos melhores amigos de Mina é um garoto hipster, fofo e lindo, o vigésimo sétimo crush perfeito e talvez até um futuro namorado. Se Molly finalmente se arriscar e se envolver com ele, pode dar seu primeiro beijo e ainda se reaproximar da irmã.
Só tem um problema, que atende pelo nome de Reid Wertheim, o garoto com quem Molly trabalha. Ele é meio esquisito. Ele gosta de Tolkien. Ele vai a feiras medievais. Ele usa tênis brancos ridículos. Molly jamais, em hipótese alguma, se apaixonaria por ele. Certo?
Em Os 27 Crushes de Molly, a perspicácia, a delicadeza e o senso de humor de Becky Albertalli nos conquistam mais uma vez, em uma história sobre amizade, amadurecimento e, claro, aquele friozinho na barriga que só um crush pode provocar.
Jovem Adulto | 320 Páginas | Becky Albertalli | Editora Intrínseca | Skoob | Classificação: 4/5 | Leia um trecho

Leia também:

Molly é uma adolescente como outra qualquer: estuda, está começando seu primeiro emprego, e está interessada em alguns garotos. Isso mesmo ALGUNS. Molly tem exatamente 26 crushes, porém, nunca foi beijada por nenhum deles. Ela, lá no fundo, tem medo de ser rejeitada, por isso, quase nunca se arrisca. Sua irmã gêmea, Cassie, é sua melhor amiga. Porém, Cassie conhece uma nova pessoa, Mina, por quem fica muito interessada. E, quando as duas começa um relacionamento, Molly acaba sendo deixada de lado. 



Quando Cassie propõe a Molly que ela conheça um dos amigos de Mina, a garota fica muito interessada. Will é bonito e muito charmoso. E se ela começar um namoro com ele poderá passar mais tempo junto de sua irmã. O que Molly não contava era conhecer outro garoto: Reid, seu colega de trabalho. Ele é completamente diferente de Will. Reid usa camisetas de filmes, ele é um verdadeiro nerd, que vai à feiras medievais e têm gostos bem esquisitos. Molly passa a ficar dividida entre o cara que – de acordo com ela – é seu tipo, e o cara com quem ela nunca flertaria. Mas os momentos que passa com Reid são os melhores para ela. Eles conseguem conversar sobre tudo, ela não se sente tímida ao lado dele, ela pode ser ela mesma quando está com Reid. Ela não sabe o que fazer: ficar com Will e passar mais tempo ao lado de Cassie, ou dar uma chance ao garoto que é fã de Game of Thrones e usa sempre o mesmo tênis?

“Nunca disse isso a ninguém - nem para as minhas mães, nem para Cassie – mas é o que mais temo. Não ser importante. Existir em um mundo que não se importa com quem eu sou.”



Os 27 crushes de Molly é um livro fofo e maravilhoso. A leitura – assim como em Simon vs. a agenda Homo Sapiens – foi deliciosa e divertida. Becky Albertalli nos presenteia com uma narrativa envolvente, que coloca um sorriso em nossos rostos. A autora mais uma vez mostra que devemos aceitar o diferente, aceitar que nem todos são iguais a nós. Que não devemos julgar ninguém pela cor de sua pele, pelo número que veste ou pela orientação sexual. A representatividade presente no livro foi uma das coisas que mais gostei. Cassie é filha de duas mulheres: sendo uma lésbica e a outra bi. Ela e sua irmã são gêmeas geradas por Patty, enquanto seu irmão mais novo foi gerado por Nadine. Esta última sendo uma personagem de cor, assim como Xav, irmão mais novo de Molly. É uma família tão diferente, mas todos se amam e se respeitam. Essa representatividade é abordada de forma bem sutil e normal. Outro ponto que vale destacar é que a personagem é gorda, e isso faz com que ela tenha momentos de insegurança. Molly é bonita, tem um estilo próprio, é engraçada, inteligente, mas isso não impede que ela não se sinta “indesejada”. Sabemos que na nossa sociedade algumas pessoas ainda são gordofóbica e acham que o “melhor” é ser magra.



“Odeio que estou sequer pensando nisso. Odeio odiar meu corpo. Na verdade, eu nem odeio meu corpo. Eu apenas me preocupo que qualquer outra pessoa possa fazer isso. Porque as garotas gordas não têm namorados, e elas definitivamente não fazem sexo. Não nos filmes – não  de verdade – a  menos que seja uma piada. E não quero ser uma piada.”

Becky Albertalli me ganhou com o primeiro livro dela que li. A leitura desse livro foi gostosa e me divertiu muito. Vale muito a pena e tenho certeza que você também vai amar.







23 comentários:

  1. Primeira resenha que leio desse livro e confesso amei. Gostei de tudo na historia, estava na duvida em comprar o livro por vezes eu fiquei na duvida na compra do ebook, mas agora na proxima oportunidade, com a ajuda de sua resenha com certeza irei comprar.
    Só acho que será uma otima leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza será uma ótima leitura!

      Beijos.

      Excluir
  2. Adoro livros fofos e esse já me ganhou pelas resenhas que venho lendo. Nunca li nada da autora, mas quero muito conhecer Molly e confesso que já shippei rsrs.
    Simon é outro livro dela que quero muito ler, ainda mais agora que fiquei sabendo que vai pros cinemas.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Já ouvi falar muito dos dois livros da autora e tenho vontade de ler, mas eles nunca acabam na lista de prioridades de leituras (odeio quando isso acontece, mas infelizmente não dá para ler todos os livros do mundo - e ganhar dinheiro ao mesmo tempo haha).

    Então, quem sabe um dia eu consiga conhecer essas histórias.

    Beijos,
    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Becky tem uma escrita maravilhosa. Vale muito a pena conhecer o trabalho dela.

      Beijos.

      Excluir
  4. Olá,

    Eu já vi a capa desse livro em vários sites, mas nunca tive a curiosidade em ler a sinopse, eis que encontro a sua resenha. Fiquei muito encantado com a história proporcionada pela autora, com toda a certeza irei dar uma oportunidade para ela, principalmente pela diversidade apontada na sua resenha. Amei a indicação! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, esse é um livro que quero muito ler desde o lançamento. A capa é linda, os personagens e a premissa parecem interessantes, e pela sua resenha já fiquei encantada por toda essa diversidade presente na obra.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bom?

    Esse livro, logicamente, está na minha lista de desejados e, depois dessa resenha, fiquei com mais vontade ainda de ler. Abordar temas como racismo, gordofobia e homofobia de maneira leve e natural deve ser ótimo, já que são temas importantes e que ainda existem na nossa sociedade e devem ser, ao menos, citados como uma realidade. Adorei a diversidade que você citou no livro: irmãs gêmeas, sendo uma delas gorda, uma hétero e outra homossexual, com duas mães - uma lésbica e outra bi -, além de um irmão menor negro. Acredito que deve ter sido ótimo crescer em uma família assim, pois você aprende sobre amor, respeito e tolerância desde cedo. Realmente inspirador e só faz a minha vontade de ler o livro aumentar.

    Enfim, adorei a resenha e agradeço a indicação :)
    Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?
    É a primeira resenha desse livro. Achei incrível, porque faz tempo que deixei de acompanhar os lançamentos da editora intrínseca. Eu andei achando que não tinha muito a ver comigo, agora esse livro é simplesmente fofo. Amei a resenha, amei a personagem e quero muito ler! E cara, é muito importante termos personagens gordinhas, que falem sobre os sentimentos, porque muitas meninas irão se identificar. Adorei! Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oiiie
    Que blog lindo, já tô seguindo e curti a fanpage também. Que bom que curtiu a leitura, tenho muita vontade de ler esse livro, principalmente porque parece bem divertido, epsero gostar.
    Bjos, Bya! 💋

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem?

    Molly é que nem eu quando adolescente (SOCORRO). Cada dia falava de um pras amigas, mas os famosos beijos na boca, kede? HAHAHA. Eu acho que esse livro é a minha cara, pena que não encontrei ele em uma boa promoção até agora.

    Beijos
    @blogodiariodoleitor

    ResponderExcluir
  10. Eu amei muito Simon vs Agenda Homo Sapiens, foi uma das leituras mais gostosinhas que fiz, a autora tem esse dom de escrever tão lindamente que parece ser uma conversa entre a gente e um amigo. Tô louca por esse lançamento!

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Adoro livros que transforma algo que a sociedade ver como anormal em algo normal e leve.Livros que abordam assim sempre me chamam atenção por serem,muitas vezes um tapa na cara de muitos.
    Acho a capa desse livro linda.
    Irei adicionar a minha lista e subir esse livro o mais rápido possível.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Adorei a resenha e fiquei bastante interessado pelo livro. Parece do tipo que nos apaixonamos pelas personagens. Tem assuntos interessantes e ter um personagem fã de game of thrones é demais! Adorei.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
  13. Olá
    Esse livro parece ser tão amorzinho. Acho bacana livros assim que contém temas tabus, por que não é todo mundo que hoje aceita a " Familia moderna". Creio que será uma ótima pedida, poder acompanhar Molly e conhecer um pouco mais sobre sua vida e obviamente seus crushes. Amei a resenha, beijos!

    ResponderExcluir
  14. Há dias estava querendo saber um pouco mais sobre esse livro, para saber se valeria ou não a pena ler. Parece que vale. A capa dele e o título dele me atraíram, agora lendo mais a respeito vi que será uma boa leitura para um fim de semana.

    @segredosdetinta

    ResponderExcluir
  15. Oie!

    Esse é um dos livros do gênero que quero ler esse ano, porque todo mundo tem falado muito bem dele e não vejo a hora de poder ler. Me parece ser mesmo uma leitura que colocará sorrisos em meu rosto.

    Parabéns pela resenha.

    beijos!

    ResponderExcluir
  16. Ooi,

    Sempre vejo comentários positivos sobre esse livro mas até agora nunca tinha lido nenhuma opinião. Sua resenha me deixou super interessada no enredo, gosto de livros desse gênero e tenho muita curiosidade para conhecer a escrita da autora.

    Corujas de Biblioteca

    ResponderExcluir
  17. Oie!
    Esse livro se tornou um queridinho do nosso mundo literário, né?
    Achei a capa lidna assim que a vi, e imaginei que era um livro jovem e bobinho sobre romances na adolescência, e agora vi que não poderia estar mais enganada! Adorei seu post! <3

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Não conhecia o livro, a capa me agradou bastante, porém a premissa não me chamou a atenção.
    Misericórdia, como ela aguenta ter tantos crushes? ahahaha

    ResponderExcluir
  19. Como você, a autora também me ganhou lá na história do Simon e aclaro que quero conhecer a Molly também. O livro já esta na estante esperando a vez dele.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Olá!

    Eu já estava com vontade de ler esse livro antes, agora então... Eu já imaginava que a autora havia abordado esses temas sociais, mas não imaginava que ela teria feito isso com tanta minúcia, criando uma família tão alternativa. Adorei ainda mais, é claro. Obrigada pela dica!

    Ingrid Cristina
    Blog Catarse Literária

    ResponderExcluir
  21. Oi!
    Estou louca para ler esse livro!
    Molly com certeza é uma personagem incrível, e toda representatividade que ele trás, tanto pela família quanto pela protagonista que é gorda, é muito importante para debates atuais, principalmente se formos levar em conta que esse é um livro para adolescentes.
    Espero ler ele ainda esse ano

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então deixe seu comentário. Mas lembre-se, não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de preconceito ou palavras de baixo calão, respeite os demais leitores.

Obrigada por comentar e volte sempre!!

© 2018 x Design e Código: Sanyt Design x Livros e Café • voltar ao topo