22 de janeiro de 2018

[RESENHA] Treze - FML Pepper


“TREZE, o romance repleto de ação e de reviravoltas onde por detrás dos mistérios de um número encontra-se o verdadeiro amor”.Às vésperas de cometer o maior golpe de sua vida, a céticaRebeca vai a um parque de diversões decadente e se depara com uma enigmática cartomante que, contra a sua vontade, faz uma série de previsões bizarras sobre seu futuro. Para seu desespero, todas as nefastas previsões viriam a se concretizar e a arremessariam em um furacão de perdas e de derrotas. Quando sua vida chega ao fundo do poço, circunstâncias inesperadas lhe dão a chance de um recomeço e, querendo ou não, agora Rebeca não pode desprezar a última e mais perturbadora previsão da vidente: o número TREZE, ou melhor, o décimo terceiro namorado seria o homem que traria sua salvação. Longe dele, sua existência seria apenas caos e ruína. O que Rebeca jamais poderia imaginar, no entanto, é a que a cartomante camuflaria o predestinado atrás de charadas. Dois rapazes surgem em seu caminho e se encaixam perfeitamente nas pistas, mas apenas um deles será o grande amor da sua vida. É chegada a hora de decifrar o enigma do coração ou arriscar perder tudo para sempre.
 Jovem Adulto | 406 Páginas | FML Pepper | Cortesia Galera Record | Skoob | Classificação: 4/5 | Leia um trecho da obra


“- Cética. Você não acredita em nada! Nem em destino, nem em sorte!

Rebeca não acredita em sorte, para ela o que importa são as estatísticas. Ela também não acredita no amor. Rebeca foi criada pela mãe para não acreditar nesse sentimento que muda as pessoas e as fazem se tornarem burras. Para ela o que importa é o dinheiro; é ele que lhe trará estabilidade e uma vida melhor. Ela e sua mãe são parceiras na vida do crime. Um último roubo é o que Rebeca precisa antes de desaparecer com sua mãe. Uma noite, na véspera do grande roubo, Rebeca vai com sua amiga a um parque. Lá, Suzy insiste que quer visitar uma cartomante, Madame Nadeje. Rebeca não acredita nem um pouco na cartomante, para ela, Madame Nadeje é só mais uma golpista atrás do dinheiro de pessoas ingênuas. Contudo, ao voltar para casa, Rebeca encontra Nadeje no meio de uma tempestade e lhe oferece uma carona. No caminho, Nadeje diz a Rebeca que a garota irá perder tudo, mas em contrapartida, irá encontrar o amor de sua vida. É claro que a garota não acredita em nada que Madame Nadeje diz. Isso, até tudo começar a dar errado para Rebeca e as previsões de Nadeje começarem a se realizar. 

“Meu radar para falcatrua apita. Sou capaz de sentir o cheiro de tramoia a vários quilômetros de distância. Por que tenho tanta certeza disso? Porque sou uma ladra. Desde pequena conheço as artimanhas do crime. A bandidagem foi meu berço e minha escola; o roubo, minha arte. Nasci para isso.”


No dia do roubo, a mãe de Rebeca acaba sendo presa. Rebeca tem uma escolha: ou continuar seu caminho sem olhar para trás, ou voltar e ajudar sua mãe. Ela escolhe a segunda opção, mas acaba sendo presa também. No entanto, um policial, amigo de seu pai lhe oferece uma segunda chance: ajudar a polícia em troca de uma vida nova. Rebeca não pode acreditar que isso está acontecendo com ela. Porém, aceita a oferta e vai morar e estudar com Suzy em Minas Gerais. Depois disso, Rebeca passa a ficar cada vez mais desesperada para encontrar o grande amor que Madame Nadeje previu. O problema é que dois homens se encaixam nas previsões da cartomante. E agora, quem Rebeca escolherá?

Karl era um famoso lutador de MMA, mas precisou encerrar sua carreira e desistir de seu sonho após sofrer um grave acidente. Sem poder lutar, ele precisa aprender a levar uma vida tranquila, bem diferente da vida que ele tinha.  Ele sabe que não pode se apegar a ninguém. Ele fechou seu coração e não deseja se apaixonar ou ter nada além de uma noite de sexo. Mas isso muda quando ele conhece uma garota que desperta nele sentimentos que ele não deseja sentir. Quando conhece Karl, Rebeca também fica intrigada com a pessoa que a salvou mais de uma vez. Entretanto, ela também fica interessada em outro colega, que se encaixa direitinho no perfil do seu décimo terceiro namorado; o namorado que será o amor de sua vida. 

“– Será? - Ela estreita os olhos. - Pois eu lhe digo que não deve acreditar cegamente nas estatísticas, garota. O improvável e mais provável do que você imagina.”


Quando vi que a FML Pepper havia ido para a Galera Record, e que esta lançaria o novo livro da autora, eu fiquei muito feliz e com muita vontade de conhecer mais uma obra da autora. No começo da leitura eu fiquei um pouco receosa de acabar não gostando da narrativa, devido à personalidade da protagonista. Rebeca me irritou muito, em muitos momentos, que eu achei que acabaria não gostando do livro por conta disso. Felizmente, esse detalhe não atrapalhou em nada a leitura e eu me vi envolvida e gostando muito do que estava lendo. O livro é narrado em primeira pessoa, intercalando os pontos de vistas de Rebeca e Karl. Como disse, Rebeca me irritou em alguns momentos por conta do seu ceticismo. Ela só acredita no que é lógico, no que pode ser explicado. Também teve o fato dela focar tanto na profecia, tentando fazer de tudo para encontrar o cara certo para ela. Teve momento em que eu comecei a falar com o livro, dizendo: “Rebeca, minha filha, para de ser indecisa e escolhe logo o homem. É um ou outro; você não pode ficar com os dois. Decida logo!” Ela ficou tão focada no que a cartomante disse, que esqueceu de que ela tem livre arbítrio, e que faz sua própria escolha. E o pior, é que sua amiga ficava colocando pilha na garota, fazendo com que ela ficasse ainda mais indecisa. Karl também precisou aprender muito. Ele é um cara muito fofo, inteligente, divertido e que adora salvar as pessoas. Ele se priva de viver. Tendo que fazer escolhas para ajudar as pessoas que ama. Contudo, isso vai mudando conforme ele conhece e passa mais tempo ao lado de Rebeca.

“Olho dentro dos seus olhos. Um mínimo contato. O suficiente para fazer minhas células vibrarem. A sensação é arrasadora e não me recordo de ter sentido isso antes na vida.”


Eu até que gostei desses dois como casal. Apesar de que, quando foi chegando quase no final, eu fiquei bem chateada com uma escolha da Rebeca, eu ainda torcia por eles. Eles aprenderam com o outro. Eles são muito diferentes, mas ao mesmo tempo, os dois têm problemas que precisam ser resolvidos. Eles possuem um passado conturbado, e precisam aprender com ele. Os protagonistas são muito bons juntos, são cativantes, apaixonantes e divertidos. Ainda que, o enredo seja previsível e possa ser considerado bem clichê, eu gostei do que li. FML Pepper  possui uma narrativa fluida e leve. Não é difícil se envolver com os personagens e torcer por eles. Ainda mais quando ele nos faz rir e suspirar. 

Eu vi muitas resenhas apontando sobre o assunto religião abordada no livro. Confesso que me senti incomodada em alguns momentos, não pelo fato de a autora falar muito sobre fé, e que só o fato de você crer em algo, sua vida mudará para sempre e será melhor. Mas, o que me incomodou mais, foi a parte da espiritualidade apresentada no livro. Não estou julgando ninguém. Respeito a religião de cada um. No entanto, no meu caso, eu não curti muito essa parte. Acho que devemos ter cuidado com a forma como apresentamos isso, seja na literatura ou durante uma conversa, ainda mais porque vivemos num país onde nem todos possuem a mesma religião. Algumas pessoas podem se sentir desrespeitadas ou incomodadas com isso. 

Em suma, Treze, mesmo com seus clichês, é uma leitura que vale a pena. É uma história de amor improvável e emocionante. É um livro que mescla amor, drama e ação na medida certa. Uma obra que fala que, mesmo em meio aos problemas, é possível ser feliz. Que nós fazemos nossa própria sorte e decidimos nosso próprio destino.  






11 comentários:

  1. Olha, estou lendo o ultimo livro da trilogia Não Pare e estou amando! A Pepper é uma louca e eu adoro ela e estou gostando bastante da escrita dela.
    Ainda não adquiri esse livro, mas pretendo.
    Admito que não conhecia muito da obra, mas adorei saber um pouco mais aqui no seu blog. Adorei a resenha!!

    beijinhos!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  2. Que bom que a protagonista não atrabalhou o livro em geral, mas protagonista indecisa enche o saco né?!
    Já li algumas resenhas e todas me chamam bastante atenção, gosto da premissa dele, mesmo que venha incomodar em alguns momentos por abordar temas religiosos. Quero ler.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oie
    Eu já li esse livro e amei a história, totalmente diferente da primeira série da Pepper que também me pegou de jeito, a questão é que fiquei tão eufórica que nem consegui fazer a resenha ainda kkkkkkkkkkkkk. Mas amei a sua, quem sabe não me inspiro e consigo dessa vez.

    Beijokas

    ResponderExcluir
  4. Oiee Dani ^^
    Algo me diz que eu também vou me irritar um pouco com a Rebeca...haha'
    Eu cheguei a ler Não pare!, mas os outros livros ainda não. Na verdade eu nem sei se quero lê-los, pois já faz tanto tempo que li o primeiro que acho que se o lesse hoje, acabaria não curtindo. Acredito que "Treze" seja um pouco mais maduro, mas eu ando fugindo um pouco de romances mais clichês...hehe'
    MilkMilks ♥
    Milkshake de Palavras

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Fiquei interessado pelo livro ao ler o título. Treze é meu número favorito.
    Fiquei surpreso pela autora ter lançado esse livro pela Galera Record. Tenho muito interesse na famosa trilogia dela e esse também vai entrar para minha lista de desejados.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  6. Eu achei esse lance de religião tão curtinho no livro que nem me preocupei, porque só falam de fato sobre Deus e tal no final, né? Eu amei demais essa leitura, o mocinho me ganhou completamente, mas concordo contigo, foi difícil lidar com a protagonista.

    ResponderExcluir
  7. Olá, esse foi o 1 livro da autora que li, e apesar de tudo que vc apontou, achei que foi uma leitura válida mesmo não gostando do desfecho e toda a questão espiritual.

    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Ola
    Nunca li nada da escritora, mas a acho uma fofa!! Tenho esse livro e ta parado na estante, espero ler ele em breve! Já vi muitas pessoas falando que não gostou muito do final e isso me deixa com um pé atrás, pois a primeira impressão é a que fica né?
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oiii, eu comprei esse livro na Bienal e me programei para ler ele em fevereiro e a cada resenha que leio sobre ele, tenho mais e mais vontade de ler ele, a história parece que vai me envolver e muito, eu sou apaixonada pela Pepper. Amei a sua resenha!

    ResponderExcluir
  10. Olá! Veja só o poder das resenhas sob nós leitores. Vi diversas resenhas negativas e outras positivas como a sua. Isso confunde a gente, sabia? rsrsrs
    Mas, não sou tão influenciável assim. Quero ler este livro, mesmo porque amei a primeira saga que Pepper escreveu.
    Adoreia resenha.
    Nizete
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  11. Não sei se essa leitura é para mim, não consegui me prender com essa premissa, mas quem sabe né? Adorei a resenha, parabéns!

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então deixe seu comentário. Mas lembre-se, não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de preconceito ou palavras de baixo calão, respeite os demais leitores.

Obrigada por comentar e volte sempre!!

© 2018 x Design e Código: Sanyt Design x Livros e Café • voltar ao topo