5 de fevereiro de 2018

[RESENHA] Carry on - Rainbow Rowell


Simon Snow é um bruxo que estuda numa escola de magia na Inglaterra. Profecias dizem que ele é o Escolhido. Você pode até estar pensando que já conhece uma história parecida. O que você não sabe é que Simon Snow é o pior Escolhido que alguém já escolheu. Poderosíssimo, mas desastroso a ponto de não conseguir controlar sequer sua própria varinha, Simon está tendo um ano difícil na Escola de Magia de Watford. Seu mentor o evita, sua namorada termina com ele e uma entidade sinistra ronda por aí usando seu rosto. Para piorar, seu antagonista e colega de quarto, Baz, está desaparecido, provavelmente maquinando algum plano insano a fim de derrotá-lo. Carry On é uma história de fantasma, de amor e de mistério. Tem todos os beijos e diálogos que se pode esperar de uma história de Rainbow Rowell, mas com muito, muito mais monstros.
Jovem adulto | 448 Páginas | Rainbow Rowell | Editora Novo Século | Skoob | Classificação: 3/5 | Leia o primeiro capítulo 


Eu sei bem que praticamente todos gostam desse livro. Já ouvi maravilhas sobre ele e sobre a escrita da autora. Eu mesma já conheço a escrita da Rainbow Rowell, mas, infelizmente, não foi com esse livro que meu amor pelos livros da autora cresceu. Eu posso até ter gostado da narrativa e um pouco dos personagens, mas isso não foi o suficiente para que eu desse uma nota melhor a obra.  Acho que a autora usou muitas informações e não teve um aprofundamento melhor nas explicações. Por diversas vezes me vi perdida no enredo, tentando me situar na história e me envolver com ela. 

 

Acredito que alguns sabem que o protagonista desse livro surgiu das fanfics de Cath Avery, do livro “Fangirl”. Eu ainda não li esse livro, eu acabei pulando e lendo logo a história do Simon. O que acontece é que, apesar da escrita da autora ser leve e tudo o mais, isso não foi o suficiente para que eu me prendesse à narrativa. O livro é narrado por várias pessoas, o que causou certo incômodo em mim. Eu quis muito ler esse livro pela inspiração com Harry Potter. Quem me conhece sabe que eu amo a saga e tudo que é relacionado a ela. Então, esse foi um dos motivos que me fizeram querer ler o livro. O problema é que, eu não conseguia passar muito tempo com o livro aberto. Eu demorei dias para finalizar a leitura, sendo que eu poderia ter feito isso bem rápido. Acontece que eu lia um capítulo, fechava o livro, depois disso ele passava um bom tempo na estante, até que eu tivesse vontade de pegá-lo novamente. Essa demora acabou atrapalhando um pouco a leitura. Eu não conseguia me conectar com os personagens, mesmo aqueles que pareciam ser os melhores da trama.



Eu gostei do Simon, mas ele não foi o meu preferido. O personagem era um pouco indeciso, e eu ficava ansiosa para que ele tomasse logo alguma atitude. Eu gostei mais do Baz, ele tem um desenvolvimento bem legal na trama, o que acabou sendo ótimo. É claro que eu senti um pouco a falta de mais romance entre os dois. Confesso que eu queria ter visto mais deles juntos.



Mesmo que o livro tenha uma quantidade grande de páginas, eu teria gostado que a autora se aprofundasse mais nos personagens e na trama. Quando foi chegando no final, eu fiquei mais confusa do que já estava; tanto que precisei ler o livro com mais calma ainda; ele foi brm corrido. Por fim, por mais que o livro não tenha funcionado muito bem para mim, eu ainda recomendo para aqueles que têm interesse em conhecer a escrita da Rowell, ou que esteja interessada sobre o enredo desse livro.  






3 comentários:

  1. Super amei a resenha do livro, ainda não conhecia.
    Me parece ser muito bom.
    Seguindo https://blogdajenny2014.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Acho que talvez você tivesse curtido mais o livro se tivesse lido Fangirl primeiro. Aí já estaria inserida na história dos dois e não sentiria falta de mais detalhes.
    Eu amo Fangirl, é um dos livros mais divertidos e fofos que já li!

    Beijos
    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Eu sempre me perco na história quando tem excesso de informação, principalmente quando são mal explicadas. Já vi várias resenhas dessa autora, mas nunca li nenhum livro dela. Mas é assim mesmo, bola pra frente e seguimos para o próximo livro haha. Adorei o post e amei ainda mais as fotos, tudo muito lindo por aqui! <3
    Florescer Palavras

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então deixe seu comentário. Mas lembre-se, não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de preconceito ou palavras de baixo calão, respeite os demais leitores.

Obrigada por comentar e volte sempre!!

© 2018 x Design e Código: Sanyt Design x Livros e Café • voltar ao topo