2 de fevereiro de 2018

[RESENHA] Lady Whistledown Contra-Ataca - Julia Quinn


Com a participação especial da famosa cronista da sociedade criada por Julia Quinn, Lady Whistledown Contra-Ataca é formado pelas narrativas curtas de quatro escritoras consagradas, tendo como fio condutor o roubo de uma pulseira milionária. Seus contos são como pérolas que se unem e formam uma peça de valor inestimável. 
Quem roubou o bracelete de lady Neeley?
Terá sido o caça-dotes? O apostador? A criada? Ou o libertino? Londres está fervendo com as especulações, mas, se ainda restam muitas dúvidas, pelo menos uma coisa é certa: um desses quatro está envolvido no crime.
Crônicas da sociedade de lady Whistledown, maio de 1816
Julia Quinn encanta...
Um belo caçador de fortunas foi enfeitiçado pela debutante mais desejada da temporada. Agora ele precisa provar que o que deseja é o coração da jovem, não o dote dela. 
Mia Ryan delicia...
Uma criada adorável e espirituosa está deslumbrada com as atenções românticas que tem recebido de um charmoso conde. Mas um relacionamento entre eles seria escandaloso e poderia arruinar a reputação dos dois.
Suzanne Enoch fascina...
Uma jovem inocente que passou a vida evitando escândalos de repente se vê secretamente cortejada pelo maior libertino de Londres.
Karen Hawkins seduz...
Um visconde que vaga sem destino volta para casa para reacender o fogo da paixão de seu casamento, mas descobre que sua linda e decidida esposa não será conquistada tão facilmente.
Romance de  Época | 352 Páginas | Julia Quinn | Cortesia Editora Arqueiro | Skoob Classificação: 4/5 | Leia um trecho 


É por isso que eu amo romances de época. O enredo mágico, como se estivéssemos lendo a contos de fadas. O romance, às vezes proibido; os bailes, as descrições detalhadas das roupas, joias. As mocinhas sonhadoras, fortes e determinadas. Os cavalheiros apaixonantes, belos e irresistíveis. É impossível não se render a esse gênero.

Lady Whistledown está de volta! Dessa vez para narrar os eventos do jantar de Lady Neeley. É a partir desse jantar que os contos são narrados. O primeiro é dela, da rainha dos romances de época: Julia Quinn. “O Primeiro Beijo” é um dos mais longos e um dos meus favoritos, é claro. Nele vamos conhecer um casal fofo, muito fácil de amar. Gostei muito da mocinha desse conto. Mathilda é a herdeira de uma grande fortuna, o que a torna o alvo de muitos caça-dotes. O melhor, é que ela não quer qualquer um para ser seu marido. Ela recebe quase todos os dias a visita de um cavalheiro interessado em pedir a mão da jovem. Mas é Peter, melhor amigo de seu falecido irmão, que chama a atenção de Mathilda. Peter esteve no exército durante os últimos anos, e retornou à Londres em busca de uma esposa. O que acontece é que, ele não tem dinheiro, fortuna... nada. O que o torna o candidato menos provável a mão de Mathilda. Ele está disposto a proteger a jovem de todos, até mesmo dele. É claro que esse romance me ganhou desde o início. Os dois formam um casal que possuem uma química incrível e um sentimento lindo um pelo outro. Ainda tem a forma como eles combinam. Não tem nada melhor!

“Peter olhou para Tillie Howard – lady Mathilda, lembrou a si mesmo. Ela era exatamente o tipo com o qual não se casaria. Rica além da imaginação, filha única de um conde. Provavelmente não deveria sequer estar conversando com ela. As pessoas chamariam-no de caça-dotes e, apesar de ele ser exatamente isso, não desejava tal rotulo.”


O segundo conto, “A última tentação”, e um dos que mais gostei também, é da autora Mia Ryan. Adorei esse conto pelo fato dele parecer muito com a história da Cinderela. Nele vemos dois jovens que possuem realidades diferentes, vivem em mundo opostos. De um lado um cavalheiro possuidor de uma grande fortuna, e do outro lado uma dama de companhia. Gostei ainda mais pelo fato do mocinho não deixar que a opinião e o preconceito da sociedade ditasse sua vida e decidisse sua felicidade. Isabella e Anthony sentem atração um pelo outro e não escondem esse fato. Mas, conforme passam a se conhecer, um forte sentimento nasce dessa convivência. Mia Ryan soube desenvolver o romance muito bem e criar ótimos diálogos. Ri muito com esses dois, e agora quero muito mais da autora.

“Passara todo o fim de semana sem nem mesmo ter vontade de ver uma mulher, muito menos falar com uma ou, tremia só de pensar, tocar em uma. Claro, a Srta. Martin se infiltrara em seus pensamentos da forma mais enervante possível e o desejo de tocá-la quase o dominou.”

O melhor dos dois mundos” é o terceiro conto, e de uma autora que eu já conheço, mas que ainda não li nada dela. Até tenho um livro na estante, mas até agora, ainda não tive a chance de ler. Infelizmente esse não foi o que mais gostei. Ao contrário dos dois primeiro contos, o casal não me conquistou tanto quanto eu gostaria. Veja bem, eles são bons juntos, mas não suspirei por eles. A protagonista, Charlotte não conseguiu me convencer. Eu comparei a história dela com a do Patinho Feio. Como muitos a julgam uma pessoa sem atrativos e nem mesmo bela, ela acaba aceitando esse fato. O que a faz passar muitos momentos se questionando o motivo de Matson a desejar. Em compensação, Matson, nosso mocinho, me chamou a atenção pelo sua personalidade. Ainda tem o fato da narrativa ser um pouco lenta em comparação aos outros contos. Esse foi um dos motivos dele não ter sido um dos melhores para mim.

“Ele calou a argumentação dela com um beijo. Beijá-la parecia a melhor coisa já inventada. Ou a segunda melhor coisa, melhor dizendo. (...)”


E por último, porém não menos importante: “O único para mim”, o conto da Karen Hawkins. Esse conto fechou com chave de ouro o livro. É lindo e encantador! O casal já são casados, mas devido a um escândalo, eles ficaram separados por anos. Agora, Max está de volta com a intenção de reconquistar sua esposa. Acontece que Sophia quer o marido o mais longe possível dela. Esse foi um dos contos mais divertidos, ainda mais pelo Max fazendo de tudo para ter Sophia de volta na sua vida. E, mesmo ela sabendo que seu coração nunca pertenceria a outro homem, ela não consegue aceitar as investidas do marido e tenta resistir a ele. O que é impossível devido ao charme de Max.

“E então aconteceu. Um instante em que suas mentes convergiram para o mesmo ponto, se tocaram. Um instante de pensamento translúcido. Ela soube que ele a queria. Que ele ardia por ela assim como ela por ele. Podia sentir o aperto no peito de Max, o coração batendo acelerado. Podia sentir sua indecisão, o medo de que, a qualquer momento, ela pudesse lhe dar as costas e ir embora.”

Todos os eventos dos quatro contos acontecem simultaneamente. Sendo possível rever algumas cenas em mais de um conto. Foi maravilhosos poder recordar a coluna de Lady Whistledown e seus comentários sobre os membros da sociedade londrina. Ainda há a menção de alguns nomes famosos da série Os Bridgertons, fato que eu AMEI. Para aqueles que gostam de contos, gostam da Julia Quinn e das outras autoras, e ainda são apaixonados por romances de época, eu deixo essa dica para vocês.










12 comentários:

  1. Ouvi um tanto de gente falando sobre esse livro mas não sabia que era de contos! Eu sempre achei que era só da Julia Quinn porque o nome dela aparece grandão na capa.

    Parece que tem uma estrutura diferente dos outros livros do tipo e acaba saindo da mesmice, né?

    Bjs!
    Evelyn
    New Romantic

    ResponderExcluir
  2. É exatamente por isso que eu também amo romances de época, porque tem os bailes, as corridas atrás de gato e rato, as roupas, e não li porque era de contos mas me arrependo porque me parece que foi tão legal sabe?

    ResponderExcluir
  3. Realmente encanta, impossível não amar um romance de época e ainda mais com nomes assim. Gosto muito de conto e achei incrível essa sincronia que eles parecem ter. Preciso mesmo ler algo dessa JQ, dica anotada.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá...
    Eu também amo romances de época! O fato do enredo ser algo tão mágico com uma pegada de contos de fadas dá um toque mais que especial... Sem dúvida é uma bela forma de escapar das complicações do dia-a-dia <3
    Já li esse livro e amei demais! Meus contos favoritos foram "O primeiro beijo" e "O unico para mim".
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bom?

    Apesar de adorar romances de época, tenho que confessar que não li nenhum livro dessas escritoras. Conheço pelo nome, obviamente, mas ainda não tive o prazer de me encantar com as suas obras.
    Adorei a ideia de vários contos em um único livro e fiquei bem interessada pelo primeiro. A premissa é interessante, onde a mocinha tem dinheiro e o mocinho não. E que, ainda por cima, ele seja o candidato menos provável para se casar já que é um caçador de fortunas. Quero ver como a história se desenvolverá a partir disso! Por outro lado, o da Mia Ryan também parece ser ótimo, já que eu adoro releituras de Cinderela. Eu amo ver que o amor supera muita coisa, incluindo o preconceito da sociedade. Também quero ler esse final feliz!
    É uma pena que você não tenha gostado tanto assim do casal do terceiro conto e que tenha achado a leitura um pouco lenta. Mas em compensação, o enredo do último parece promissor e fico imaginando que escândalo foi esse para os protagonistas ficarem tanto tempo separados.
    Quero ler esse livro logo e ver se concordo com você em cada ponto citado na resenha ;)

    Enfim, adorei a postagem e agradeço a indicação :)
    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Que legal, não conhecia esse livro. Um livro de contos de época, entendi direito? Eu quero! Nunca li nenhuma das autoras citadas, mas amo romances de época e amo ler contos. Vou anotar o nome dessa obra para depois procurar por ela. Gratíssima pela dica!

    #segredosdetinta

    ResponderExcluir
  7. Oiee Dani ^^
    Acho que o segundo conto foi o meu favorito, mas eu também gostei bastante do primeiro. Já o conto da Suzanne eu acabei não curtindo muito, acho que cansei de personagens libertinos se apaixonando por mocinhas certinhas, e a Charlotte... bem, faço das suas palavras as minhas..haha' Adorei o conto da Karen, mas também o achei um pouco cansativo.
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Amo esta Lady que não sei escrever e nem pronunciar seu nome. Quero muito ler este livro e o que mais me chamou a atenção é a repetição das cenas de um conto no outro, porque acho que deve mudar a perspectiva né? Amo isso.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Eu não conhecia esse livro ainda e confesso que não sou lá muito fã de romances de época, sabe? Mas lendo sua resenha fiquei curiosa com essa obra por ela ser de contos. Sendo que fiquei bem animada para conhecer o A última tentação, pois acredito que iria gostar, já que tem semelhança com Cinderela e eu gosto dessa história. Enfim, gostei bastante da resenha e espero ler o livro em breve.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  10. Olá! Tudo bem?

    Eu sou apaixonada por Julia Quinn e li recentemente essa obra. Só posso dizer que me encantei demais pelos contos, acredito que todas as outras autoras presentes que eram até então desconhecidas para mim foram maravilhosas na forma de unir uma história com a outra de forma que deixou a leitura fluida. Fico feliz que gostou, é realmente uma boa recomendação para os amantes de romance de época ❤️

    Um beijo

    ResponderExcluir
  11. Gostei muito de conferir sua resenha. Tenho esse livro mas ainda não li. Eu amo romances de época, e esse ainda traz quatro histórias de autoras diferentes, o que me deixa ainda mais empolgada para lê-lo.

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem?

    Sou muito apaixonada pelos livros da Julia Quinn e esse me encantou demais!
    Amei os contos e os meus favoritos são o 2 e o 3! Inclusive já quero relê-los!

    Beijos
    www.dreamsandbooks.com

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então deixe seu comentário. Mas lembre-se, não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de preconceito ou palavras de baixo calão, respeite os demais leitores.

Obrigada por comentar e volte sempre!!

© 2017 x Design e Código: Sanyt Design x Livros e Café • voltar ao topo