26 de março de 2018

[RESENHA] Mais lindo que a lua - Julia Quinn

Considerada "a rainha dos romances de época" pela Goodreads, Júlia Quinn já atingiu a marca de 10 milhões de livros vendidos. 
Mais Lindo Que a Lua, primeiro livro primeiro livro da série Irmãs Lyndon, é uma história irresistível sobre sobre reencontro e desafios, romantismo e perseverança.
Foi amor à primeira vista. Mas Victoria Lyndon era a filha do vigário, e Robert Kemble, o elegante conde de Macclesfield. Foi o que bastou para os pais dos dois serem contra a união. Assim, quando o plano de fuga dos jovens deu errado, todos acreditaram que foi melhor assim.
Sete anos depois, quando Robert encontra Victoria por acaso, não consegue acreditar no que acontece: a garota que um dia destruiu seus sonhos ainda o deixa sem fôlego. E Victoria também logo vê que continua impossível resistir aos encantos dele. Mas como ela poderia dar uma segunda chance ao homem que lhe prometeu casamento e depois despedaçou suas esperanças?
Então, quando Robert lhe oferece um emprego um tanto incomum – ser sua amante –, Victoria não aceita, incapaz de sacrificar a dignidade, mesmo por ele. Mas Robert promete que Victoria será dele, não importa o que tenha que fazer. Depois de tantas mágoas, será que esses dois corações maltratados algum dia serão capazes de perdoar e permitir que o amor cure suas feridas?
Romance de Época | 272 Páginas | Julia Quinn | Duologia Irmãs Lyndon #1 | Cortesia Editora Arqueiro | Skoob Classificação: 4/5 | Leia um trecho 

Eu, finalmente, consegui voltar a postar no blog. Fiquei mais de uma semana sem Notebook, e isso atrapalhou minhas postagens. Hoje, eu trouxe a resenha do novo livro da rainha dos romances de época: Julia Quinn. Não é novidade para ninguém o quanto eu amo a escrita dessa mulher, e que eu sempre quero ler todos os seus livros. Quando este livro foi lançado, eu comecei a ler algumas resenhas sobre ele, e quase a metade, acabou sendo um pouco negativas. Mas, como eu queria muito lê-lo e tirar minhas próprias conclusões, resolvi solicitá-lo. Acontece que, mesmo o livro tendo sido divertido, tendo me prendido, eu ainda senti falta de algo; falta daquele sentimento que eu tive quando li a série Os Bridgertons.


- Leia também as resenhas de outros títulos da autora aqui 

Victoria e Robert se apaixonaram perdidamente assim que se viram pela primeira vez. Logo em seguida, depois de juras de amor e planos para o futuro, eles decidiram se casar. O problema é que, tanto o pai de Robert, quanto o pai de Victoria não acreditam nesse amor repentino. O pai de Victoria acha que Robert só quer desonrar sua filha para depois abandoná-la. Já o pai de Robert acha que a filha de um vigário não é uma mulher adequada para seu filho. Decididos a serem felizes, o casal decide que devem fugir. No dia marcado para se encontrarem, ambos são detidos pelos seus pais, fazendo com que os dois se separassem. Depois desse mal-entendido, Robert e Victoria passam a carregar uma profunda mágoa dento de seus corações. Sete anos depois, eles se reencontram, e o sentimento que eles tanto tentaram apagar, acaba ressurgindo, fazendo com que a ferida da separação fosse reaberta.


O melhor dos livros da Julia Quinn é a sua escrita simples. Em seus livros há sempre romances encantadores com um toque de diversão, fazendo com que a leitura seja envolvente e divertida. Desde a primeira página não demorei a me envolver na trama, a me encantar com os personagens, a sofrer com eles, e torcer pela reconciliação e pelo final feliz. Ficamos ansiosos para que ao casal resolvesse o mal-entendido, que eles descobrissem  a verdade e voltassem a se envolver. Contudo, isso não acontece tão rapidamente. Há muita mágoa entre o casal, muitas coisas que eles precisam resolver. Victoria, depois de anos vivendo por conta própria, teme que, ao se envolver novamente com Robert, perca sua independência. Ela não quer deixar ser levada pelo amor que, lá no fundo, ainda sente por ele; mesmo que ela lute muito contra ele. 

Mais lindo que a lua é uma leitura agradável, mas que não entrou para a lista de favoritos da autora. Eu não senti aquele frio na barriga de quando li pela primeira vez “O Duque e Eu”; não suspirei com cada momento romântico, nem com as palavras ditas. Senti falta de algo a mais na trama. Apesar de ter gostado dos personagens, eu não morri de amores por eles.









19 comentários:

  1. Oi!

    A Julia sempre terá um espaço no meu coração, mas eu confesso que há um tempo não venho sentindo as mesmas coisas pelas histórias dela. Acho que sempre falta alguma coisa. É uma pena que nesse caso também faltou para você. a história me aprece ser fofíssima, como é Julia, um dia ainda quero ler! Hehe

    beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oi Dani! Mais um livro da Julia e mais um que eu ainda não li! Não li nenhum! Talvez por isso, eu acredite que este livro foi muito esperado, como ela veio arrebentando a boca do balão a cada lançamento, todo mundo ficou esperando uma história iguais as outras e quando não veio, foi meio decepcionante. eu gostei da premissa do casal protagonista ter sido separado ainda jovem e se encontrado anos depois. Com todas as emoções guardadas e o conflito do encontro.
    Acho que por não ter lido nada dela, não criaria tantas expectativas e faria uma leitura fresca e agradável.
    Bjoxx - http://www.stalker-literaria.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Dani!
    Eu amo a escrita da Julia Quinn e apesar de nesse livro ser um início diferente para os personagens que formaram casal logo no início, fiquei bem empolgada com os primeiros capítulos, só acho que do meio para o final da narrativa, ficaram em um chove e não molha até a mocinha dar o braço a torcer que deu uma cansada. Porém estou com boas expectativas pro próximo livro.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  4. Eu não senti falta de nada nesta história! E diferente da grande maioria, para mim, o livro superou e muito os da série dos Bridgertons, ficando em pé de igualdade apenas com Um Perfeito Cavalheiro (que é a releitura de Cinderela e minha história preferida da série). Achei a história mais profunda, mais envolvente e o mocinho mais loucamente apaixonado que os Bridgertons são. Não estou dizendo que não sou perdidamente apaixonada pela série, claro que sou! Todavia, Mais Lindo que a Lua conseguiu um lugar único, um espaço exclusivo no meu coração. Se fosse escolher dois livros amados da autora para carregar sempre comigo, para onde eu fosse, escolheria Mais Lindo que a Lua e Um Perfeito Cavalheiro. Amo, amo, amo! E estou aguardando ansiosamente o lançamento do segundo livro das Irmãs Lyndon.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Eu também adoro os livros da Julia. Faz um bom tempo que não leio nada dele, acho que vou dar uma conferir nessa obra. Que pena saber que você sentiu falta de algo a mais, mas ao mesmo tempo, é bom saber que os personagens conseguem nos cativar. Adoro as histórias da autora por conta da diversão que sempre tenho, e de suas histórias leves e românticas.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Tenho aqui em casa O Duque e eu, mas ainda não li. Vou incluir nas minhas próximas leituras. Esse da resenha de hoje não conhecia e não sabia que a Julia tinha tantos exemplares vendidos assim, que coisa kkk
    Vou ler algo dela para tirar minhas conclusões também!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Eu gosto demais da Julia Quinn, mas confesso que nunca li anda fora do Universo Bridgerton, por isso , não sei se a qualidade se mantem em outros livros e series. Ouvi falar mal do mocinho deste enredo e isso me manteve distante desta leitura, mas quero te r a minha própria opinião.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oie!

    Em relação a essa obra, é a primeira resenha que leio que é quase que completamente positiva, pois todas que li eram simplesmente negativas e que ninguém havia gostado, lê sua resenha me deu uma pontada de esperança de gostar da leitura dessa história quando a fizer!

    Bjss

    ResponderExcluir
  9. Olá!!!
    Eu ainda não li nada da autora e venho adiando sobre ela a algum tempo, e é porque sou louca por romances de época u.U
    Eu acho a capa desse livro uma coisa muito linda e sou intrigada a conhecê-lo.
    Diferente de você já ouvi algumas críticas muito boas, mas todas falam que faltou algo mais na escrita da autora e que fizesse se envolver com a história.
    De todo mais espero que os outros livros da série melhorem ^^

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Amo essa mulher e cada vez ela me deixa mais pobre!
    É muito livro pra comprar!! huahuahua
    Esse ainda não tenho, mas adorei a resenha e quero logo logo ter!!

    Beijinhos!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  11. Que pena que você não sentiu com essa leitura o que você costuma sentir. Eu não solicitei ele porque no mês do lançamento eu estava muito atolada e acabei não solicitando nada, mas li muitas resenhas que diziam quase o mesmo que você... que faltou algo.
    Vamos ver se o segundo volume te agrada mais... e aos outros leitores também!

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Atualmente a Júlia é a Master escritora de romances de época e eu como boa leitora e apreciadora dos romances, adoro a escrita e o modo como ela desenvolve tudo magicamente. Mas assim como você, fiquei com a sensação de que faltava páginas e páginas de história, infelizmente.
    Mas uma coisa é certa, a capa é linda! 😍 É a edição muito caprichada.
    Bjks

    ResponderExcluir
  13. Oiee ^^
    Eu sou apaixonada pelos livros da Julia Quinn, mas esse foi o que eu menos gostei. Acredita que cheguei a odiar o Robert e a maneira ridícula como ele agia? Entendi que era uma época diferente e tudo o mais, mas não lembro de nenhum outro personagem da autora ter agido como ele agiu. Isso se chama pegar ranço do personagem e odiar o livro kkkk'
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Sou louca para ler algo da Julia Quinn mas nunca tive uma oportunidade. As capas dos livros dela são maravilhosas e as histórias também parecem ser. Estou louca para ler os livros dela.
    Beijos. Versos da Alma

    ResponderExcluir
  15. Que bom que você conseguiu encontrar elementos familiares típicos da julia, apesar de ter sido menos empolgante que os outros. Eu ouvi várias críticas, mas não leio julia há muito tempo, por isso não me interessei em ler.

    ResponderExcluir
  16. Olá! Tudo bom?

    Eu já li esse livro e concordo MUITO com você em tudo! Esse livro também não entrou nos meus favoritos da autora, o que foi quase decepcionante para mim. Queria também ter a emoção que senti em O Duque e Eu, ou até mesmo qualquer outro livro da autora, mas enfim. Adorei a resenha ❤️

    Um beijo

    ResponderExcluir
  17. Oi Dani! Tudo bem?
    Nunca li nada da Julia Quinn, mas já vi muitas resenhas positivas das obras delas, incluindo essa, que, pelo que me pareceu, teve uma recepção bem efusiva da blogosfera, sendo o teu blog o primeiro onde vi uma opinião não tão positiva apesar de tu ter gostado do livro.
    Se eu tivesse que começar algum livro dessa autora, me indicaria qual?
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://www.galaxiadeideias.com/
    http://osvampirosportenhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Ainda não iniciei essa série. Também tenho um medinho dela não me conquistar quanto a família B que tanto amo.
    Mas a Julia sabe conquistar com a sua história simples e bem colocada. Espero gostar.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  19. Oie, tudo bom?
    Tenho um livro da Julia Quinn por aqui mas ainda não li! Acho que por falta de tempo mesmo, sempre passo outro na frente! Ouço muitos elogios a autora, e quero muito parar e pegar um dela pra descobrir se é minha cara, rs. Adorei sua resenha!!

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então deixe seu comentário. Mas lembre-se, não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de preconceito ou palavras de baixo calão, respeite os demais leitores.

Obrigada por comentar e volte sempre!!

© 2017 x Design e Código: Sanyt Design x Livros e Café • voltar ao topo