24 de abril de 2018

[RESENHA] Outros jeitos de usar a boca - Rupi Kaur

'outros jeitos de usar a boca' é um livro de poemas sobre a sobrevivência. Sobre a experiência de violência, o abuso, o amor, a perda e a feminilidade. O volume é dividido em quatro partes, e cada uma delas serve a um propósito diferente. Lida com um tipo diferente de dor. Cura uma mágoa diferente. Outros jeitos de usar a boca transporta o leitor por uma jornada pelos momentos mais amargos da vida e encontra uma maneira de tirar delicadeza deles. Publicado inicialmente de forma independente por Rupi Kaur, poeta, artista plástica e performer canadense nascida na Índia – e que também assina as ilustrações presentes neste volume –, o livro se tornou o maior fenômeno do gênero nos últimos anos nos Estados Unidos, com mais de 1 milhão de exemplares vendidos.
Poesia Contemporânea | 208 Páginas | Rupi Kaur | Cortesia Planeta de Livros | Skoob | Classificação: 5/5  

Fazia muito tempo que eu não pegava em um livro de poesias. Antes, eu costumava ler muito esse tipo de narrativa, mas depois de um tempo, acabei deixando de lado. Agora, me apaixonei novamente depois de ler este livro. A primeira vez que vi o livro, acabei não sentindo vontade de ler. Mas, conforme eu via todos os comentários positivos sobre a obra, e o quanto o livro era muito bom, eu sabia que tinha que lê-lo. Assim que li o primeiro poema, assim que li a primeira parte do livro – ele é dividido em partes –, soube o porquê desse livro ter se tornado um grande sucesso. Rupi Kaur colocou em palavras a maioria dos problemas e dificuldades que a população feminina precisa enfrentar. 'Outros Jeitos de Usar a Boca' tem uma narrativa real e reflexiva, algo que eu AMO ver em livro. Cada poema foi lido com o coração aberto, alguns com lágrimas nos olhos. Cada um que li tem sua beleza, sua verdade. O resultado disso foi que eu me apaixonei pela obra e pela forma como a autora expõe seus sentimentos e a forma como ela escreve. 

fique firme enquanto dói
faça flores com a dor

você me ajudou

a fazer flores com a minha
então floresça de um jeito lindo perigoso
escandaloso floresça suave
do jeito que você preferir
apenas floresça.”


Para quem não conhece/conhecia (assim como eu) a autora, ela compartilhava seus poemas nas suas redes sociais. Inicialmente, ela postava sobre seu dia a dia, depois disso, começou a receber também relatos de seus leitores. Cada poema fala sobre experiências reais, vividas por diversas pessoas. Temas que podem ser considerados tabus, e que a maioria não comenta e não quer falar.

Nós menstruamos e eles veem como sujeira. como forma de chamar a atenção. doente. um fardo. como se esse processo fosse menos natural que respirar. como se não houvesse uma ponte entre este universo e o anterior. como se esse processo não fosse amor. trabalho. vida. altruísta e impressionantemente belo.”


Como eu mencionei no início, a autora dividiu o livro em quatro partes: dor, amor, ruptura e cura. Cada um dos poemas descreve um desses temas. Temos histórias sobre recomeços, amor, perda, estupro, traição e muito mais. O livro é emocionante em seu todo, mas cada bloco tem uma carga a mais. O primeiro fala mais sobre relacionamentos familiares; no segundo, sobre desejos, amor; no terceiro, sobre traições, mentiras, términos; e por último, sobre recomeços, sobre cura. Como se trata de um livro de poemas, ele pode ser lido bem rápido, mas ainda sim, com muita calma, apreciando cada momento, cada poema. -Outros Jeitos de Usar a Boca' traz uma mensagem importante sobre a opressão que as mulheres sofrem, sobre as nossas escolhas e sobre nos aceitar pelo que somos.  

É claro que você não precisa ser mulher para ler este livro. Mesmo que ele seja voltado para o público feminino e escrito por uma mulher, qualquer um pode lê-lo. Basta abrir seu coração, sua mente e se deixar levar pela maravilhosa narrativa dessa obra. 







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou do post? Então deixe seu comentário. Mas lembre-se, não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de preconceito ou palavras de baixo calão, respeite os demais leitores.

Obrigada por comentar e volte sempre!!

© 2017 x Design e Código: Sanyt Design x Livros e Café • voltar ao topo