4 de abril de 2018

[RESENHA] A princesa salva a si mesma neste livro - Amanda Lovelace

Amor e empoderamento em versos que levam os contos de fada à realidade feminina do século XXI A princesa salva a si mesma neste livro, de Amanda Lovelace, é comparado ao fenômeno editorial Outros jeitos de usar a boca, de Rupi Kaur, com o qual compartilha a linguagem direta, em forma de poesia, e a temática contemporânea. É um livro sobre resiliência e, sobretudo, sobre a possibilidade de escrevermos nossos próprios finais felizes. Não à toa A princesa salva a si mesma neste livro ganhou o prêmio Goodreads Choice Award, de melhor leitura do ano, escolha do público. Esta é uma obra sobre amor, perda, sofrimento, redenção, empoderamento e inspiração. Dividido em quatro partes ("A princesa", "A donzela", "A rainha" e "Você"), o livro combina o imaginário dos contos de fada à realidade feminina do século XXI com delicadeza, emoção e contundência. Amanda, aclamada como uma das principais vozes de sua geração, constrói uma narrativa poética de tons íntimos e cotidianos que acolhe o leitor a cada verso, tornando-o cúmplice e participante do que está sendo dito.
Poesia | 208 Páginas | Amanda Lovelace | Editora LeYa | Skoob Classificação: 5/5 

A primeira vez que vi esse livro foi no instagram. À primeira vista eu adorei a capa, e depois que li a sinopse, e que o livro seria muito parecido com o livro “Outros jeitos de usar a boca”, eu quis muito lê-lo. Aproveitei uma promoção da editora e consegui comprá-lo. Assim que o livro chegou à minha casa, eu comecei a leitura.


Como disse, esse livro segue o mesmo estilo do livro de Rupi Kaur, ele é um livro de poesias. Mas, caso você não goste desse gênero, ou nunca tenha lido nada parecido, saiba que se trata de poemas modernos, com assuntos muitos importantes, e que estamos vendo muito na literatura e no cinema. A autora dividiu o livro em quatro partes, sendo elas: a princesa, a donzela, a rainha e você. Cada poema fala sobre abusos, perdas, relacionamentos amorosos, autoaceitação, entre vários outros. Durante a leitura, eu separei alguns que foram mais marcantes, os que mexeram mais comigo. Todos os poemas são emocionantes, empoderadores, que carrega um pouco da dor e da personalidade da autora.  

Fazia um bom tempo que eu não li nada desse tipo. Mas, estou começando/voltando a me aventurar nesse gênero; ainda mais se falarem sobre preconceitos, morte, os abusos que as mulheres sofrem, sobre bullying, e um pouco do mundo em que vivemos; temas que eu amo ver retratados em livros. Amanda Lovelace nos presenteia com um livro que carrega uma mensagem linda sobre amor-próprio, respeito, sobre o poder que as mulheres possuem, e sobre como somos fortes.  

O melhor de tudo é que já tem livro novo da autora vindo por aí. A editora já publicou que o livro: “A bruxa não vai para a fogueira neste livro” chegará em breve às livrarias. Eu já estou bem ansiosa esperando esse lançamento. 







Um comentário:

Gostou do post? Então deixe seu comentário. Mas lembre-se, não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de preconceito ou palavras de baixo calão, respeite os demais leitores.

Obrigada por comentar e volte sempre!!

© 2017 x Design e Código: Sanyt Design x Livros e Café • voltar ao topo