5 de maio de 2018

Livros que se passam na escola



Passamos boa parte das nossas vidas dentro de uma escola. Contudo, ela nem sempre é o lugar mais feliz do mundo. Passamos por poucas e boas ali dentro. Alguns sofrem muito preconceito, bullying; outros se apaixonam por aquele cara que todas querem ficar. Lemos tantos livros que se passam na escola e, na literatura, é tudo sempre divertido, tudo sempre romântico e incrível. É claro que, para nós, isso nem sempre é verdade. Ficamos tão atarefados com provas, trabalhos, e no último ano de escola, com a importante decisão da carreira que seguiremos, que, por vezes, nem conseguimos aproveitar todas as experiências que a escola oferece.

Mas os livros servem para isso: para nos permitir fugir um pouco desse mundo, nos fazer sonhar com os romances improváveis entre a garota nerd e o cara mais popular da escola e torcer pela escolha da rainha do baile. Eu, particularmente, adoro ler livros onde os personagens estão no ensino médio. Eles sempre me fazem relembrar sobre a minha época de escola. Mas, deixando a nostalgia de lado, vamos ver quais são os livros que eu selecionei para o post.

 

Simon vs. A agenda Homo Sapiens, Becky Albertalli

Adaptado recentemente para os cinemas, Simon vs. A agenda Homo Sapiens, foi uma das leituras mais fofas que li no ano passado. O livro acompanha a vida de Simon, um garoto que está com medo de sair do armário. Ao mesmo tempo em que ele precisa decidir se conta para seus e amigos sobre sua orientação sexual, ele passa a trocar e-mails com uma pessoa que ele conheceu através de um site. Em meios aos desafios, Simon ainda precisa enfrentar a paixão recém-descoberta pelo seu amigo virtual e a chantagem de um colega da escola que ameaça mostrar para todas as mensagens enviadas a Blue, seu amigo virtual.

Os dois mundos de Astrid Jones, A.S King

Este é mais um livro sobre a pessoa se assumir perante todos, ainda mais por ela viver num lugar onde todos adoram fofocar sobre a vida de todos e, a grande maioria são preconceituosas. A garota ainda precisa enfrentar as dificuldades de conviver com um pai ausente e uma mãe que muitas vezes nem enxerga a própria filha. Além de tudo isso, Astrid ainda precisa enfrentar o fato de estar apaixonada pela sua colega de trabalho, e não saber como dizer a seus amigos sobre Dee, muito menos contar a seus pais sobre ela.

   

Três coisas sobre você, Julie Buxbaum

Este livro fala sobre aprender a recomeçar em meio a dor. ... precisou se mudar para uma nova cidade e frequentar uma nova escola depois da morte de sua mãe. Isso se contar o fato de seu pai ter se casado novamente. Mas as coisas ficam mais fáceis para a garota quando ela recebe e-mails de uma pessoa misteriosa com dicas de como se adaptar a nova escola. Depois de muitas mensagens trocadas, ... acaba se apaixonando sem saber quem é a pessoa do outro lado. Três coisas sobre você é uma leitura deliciosa e divertida, que nos faz rir e chorar.

Apenas um garoto, Bill Konigsberg

Mais um livro que fala sobre sexualidade. Nesse caso, o protagonista já se assumiu e vive bem com seus pais e todos da cidade onde mora. O problema é que ele está indo para uma nova escola, e não quer que ninguém saiba sobre ele e o rotule. Ele acaba vivendo dias de mentiras, e isso piora quando ele se apaixona pelo seu colega hétero. Eu adorei esse livro pelo fato dele abordar temas sérios, como: sexualidade, rótulos, aceitação e preconceitos.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou do post? Então deixe seu comentário. Mas lembre-se, não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de preconceito ou palavras de baixo calão, respeite os demais leitores.

Obrigada por comentar e volte sempre!!

© 2017 x Design e Código: Sanyt Design x Livros e Café • voltar ao topo