8 de maio de 2018

[RESENHA] Minha Lady Jane - Cynthia Hand, Jodi Meadows e Brodi Ashton


Toda história tem sempre duas versões…
Inglaterra, século XVI, dinastia Tudor. O jovem Rei Eduardo VI está à beira da morte e o destino do país é incerto. Para evitar que o poder caia em mãos erradas (leia-se: nas mãos de Maria Sangrenta), Eduardo é persuadido por seu conselheiro a nomear Lady Jane Grey, sua prima e melhor amiga, como a legítima sucessora
Aos 16 anos, Jane está em um relacionamento muito sério com seus livros até ser surpreendida pela trágica notícia de que terá de se casar com um completo estranho que (ninguém lembrou de contar para ela) tem um talento muito especial: a habilidade de se transformar em cavalo. E, pior ainda, descobre que está prestes a se tornar a nova Rainha da Inglaterra!
Arrastada para o centro de um conflito político, Jane suspeita de que sua coroação na verdade esconde um grande plano conspiratório para usurpar o trono. Agora, ela precisa definitivamente manter a cabeça no lugar se… bem, se não quiser literalmente perder a cabeça.
Um rei relutante, uma rainha-relâmpago ainda mais relutante e um nobre (e) garanhão puro-sangue que não se conformam com o destino que lhes foi reservado; uma história apaixonante, envolvente, cativante, sedutora… e mais uma porção de sinônimos que só Lady Jane seria capaz de listar. Tudo com uma leve semelhança com os fatos históricos.
…afinal, às vezes a História precisa de uma mãozinha.
Jovem Adulto | 368 Páginas | Cynthia Hand, Jodi Meadows e Brodi Ashton | Editora Gutenberg | Série As Lady Janies #1 | Skoob | Classificação: 4/5 | Compre com desconto: Saraiva  Fnac  Livraria Cultura


Eu ouvi tantas coisas sobre esse livro, que eu sentia que também precisava lê-lo. O livro foi escrito por três autoras: Cynthia Hand, Brodi Ashton e Jodi Meadows.



Vamos falar sobre a obra? Minha lady Jane contará sobre a dinastia Tudor. Acredito que a maioria das pessoas já tenha ouvido falar nesse nome. Eduardo, o rei da Inglaterra está com os dias contados. Ninguém sabe dizer qual a enfermidade de sua majestade, nem até quando ele sobreviverá. Pensando em seu reino, ele precisa encontrar e nomear seu sucessor. Depois de alguns nomes, ele decide que a melhor opção seria sua prima Jane. Acontece que para isso, Jane precisará se casar, para  que seu filho possa assumir o trono. Eduardo aceita a sugestão do Lord Dudley de casar Jane com Gifford, um homem que nunca foi visto na corte e que possui uma reputação duvidável. Mas a reputação de Gifford não é o único problema: ele se transforma em um cavalo sempre que amanhece. Isso mesmo, um cavalo. Ele não consegue controlar a maldicão, tendo que viver desse jeito desde que se transformou pela primeira vez. Acontece que existem os edianos: pessoas que são capazes de se transformar em algum tipo de animal. Eles dividem espaço com as pessoas normais e são alvos de muitos preconceitos. Agora, Jane precisa enfrentar um casamento com uma pessoa que nunca viu, uma coroa que foi praticamente jogada em suas mãos e problemas que nunca imaginou que enfrentaria.

“Ela era a rainha. A governante. A monarca. A soberana. A líder. A chefe de Estado. A cabeça da faculdade coisa toda. Aquela que usava as calcas, como diz a expressão. A pessoa no comando. A patrona. A Rainha. Da. Inglaterra.”


A primeira cosia que eu preciso dizer sobre esse livro é que eu me diverti muito com ele. As autoras pegaram uma história real e a transformou em algo incrível. Logo no começo do livro elas pedem desculpas à Inglaterra pelas alterações na história. Então, não pensem que tudo o que aconteceu na vida real vai acontecer aqui. Hand, Ashton e Meadows criaram uma história fantástica ao inserir fatos e dar uma nova cara a historia de uma mulher que foi rainha por nove dias até ser decapitada. Além disso, a ideia de colocar os edianos na narrativa foi outra coisa que eu amei.



Os personagens são outro ponto forte do livro. Jane é uma mulher incrível, com uma inteligência invejável. Ela é conhecida por todos por estar sempre com o rosto escondido atrás de um livro. Eu adorei a personalidade da personagem, seu jeito de encarar toda a situação que foi imposta a ela, o casamento arranjado e o fato de ter se tornado rainha sem saber como governar um país. Gifford também foi outro que eu amei. Ouso dizer que eu gostei mais dele do que de Jane. Sempre que sua historia era contada, eu ria muito com o personagem, ainda mais com os diálogos entre ele e Jane. O livro foi dividido entre pontos de vistas, então, podemos ver tanto a visão de Jane, Gifford, como de Eduardo, que mesmo pouca idade, tem um desejo enorme de fazer o melhor para o seu povo e seu reino. 



Minha Lady Jane possui tudo aquilo que eu gosto: romance, diversão, muitas intrigas politicas, aventuras e traições. Uma história recheada de fatos reais, misturado com a imaginação das autoras. Se você busca um livro divertido, que te renderá ótimas risadas e um romance fofo e encantador, eu recomendo esse livro para você.






13 comentários:

  1. Que fotos mais lindas.
    Esse é um livro que não tive interesse de ler.
    Não sou fã de históricos e me romance.. São poucos livros do gênero que leio.
    Mas tenho visto muitas resenhas positivas sobre esse livro.

    Essa capa está linda.

    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  2. Fiquei muito intrigada com essa capa, não sei se odiei ou amei, então o livro já está funcionando comigo rsrs. Nunca li nada com três autoras na mesma história e tenho um certo receio, mas saber o quanto se divertiu com a leitura me chama atenção, afinal, quem não curte uma história bem escrita e ainda com edianos, nunca li nada do tipo. Vou anotar a recomendação e espero gostar tanto quando você, mesmo não sabendo se gosto ou não da capa rsrsr.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Tenho visto uma galera falando desse livro, só de ler a parte do cara se transformando em cavalo já me convenceu e, como você disse, parece ser uma leitura bem divertida!

    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Eu estou com esse livro na estante há um bom tempo e vinha sentindo vontade de pegá-lo pra leitura.
    Sua resenha me deixou com vontade de apostar nessa história justamente pelos elementos que a trama apresenta. Deve ser uma leitura bem gostosa e divertida de fazer.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  5. Eu li este livro ano passado e dei tanta risada que só de ler a sua resenha, me vi sorrindo. Ele realmente tem tudo o que um livro do gênero precisa ter, além de fatos reais que super vale a pena serem conferidos pós a leitura.
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    J sabia desse livro mas não lembrava que era com a Cynthia! Eu amei a escrita dela em "O ultimo adeus" e estava doida pra ler mais alguma obra. Espero poder conferir esse livro em breve! Amei seu post 💜

    ResponderExcluir
  7. OIIIIIIII,

    Eu os pedir este livro principalmente porque fiquei curiosa quanto ao fato da Jane acabar se tornando rainha e tendo de casar com um cara que se transforma em cavalo! Fora a maneira como a trama ocorre que parece ser muito divertida. Espero poder conferir a obra e rir um pouco também.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  8. Vou ser bem sincera nessa resenha. Estou furiosa por finalmente saber de que se trata esse livro. Eu já não ia com a cara dele por causa da capa (que acho ridícula), mas agora que sei que as autoras pegaram a história da Joana Grey (eu não tinha associado com "Jane") e transformaram numa comédia peguei verdadeira raiva pelo livro. Não acho engraçado nada do que aconteceu na vida dessa garota. Nenhuma das execuções arbitrárias ocorridas na Inglaterra e em outras monarquias, causadas por estúpidas intrigas políticas e jogos de poder, foram engraçadas. A Joana foi executada ainda na adolescência. A troco de nada! E as autoras me fazem uma comédia disso?! Ah, por favor! Eu não tenho estômago para esse tipo de coisa. Essa história não é divertida. Elas poderiam usar a imaginação para realmente criar personagens e não pegar histórias trágicas para escrever "um livro divertido".

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    É um livro bem diferente no que diz respeito a misturar realidade e magia. Fico imaginando se na história a rainha também foi decapitada, já que na vida real ela foi rainha apenas por nove dias (gente, a monarquia britânica naquela época era uma coisa louca, não?).
    Bjs
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Eu estou com esse livro na estante desde antes de ser lançado no Brasil. No entanto, confesso que fui enrolando e até hoje não li.
    Lendo sua resenha fiquei com muita vontade de, finalmente, tirar esse livro da pilha e começar a leitura. Adorei a forma como elas usaram elementos da história real, mas em uma trama bastante diferente. Parece ser um livro muito divertido e com um enredo envolvente.
    Adorei sua resenha e espero começar essa leitura em breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oi Dani!
    Esse livro parece ser muito completo, né? Mas, o que mais acho bacana nele é a forma como uma história totalmente ficcional foi retratada. As autoras parecem ter feito um excelente trabalho e curto muito isso.
    Sua resenha ficou impecável e está me dando uma baixa vontade de pegar esse livro para começar a ler agora rs.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oii.
    Esto querendo ler esse livro desde que ele foi lançado. Lembro que todo mundo estava comentando maravilhas sobre eles. Gosto bastante de histórias em que pegam um acontecimento ou um lugar real e transforma tudo em fantasia.
    Acho que vou gostar dessa leitura.
    Amei a resenha.
    Bjs
    Mary - http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oiee, como vai ?
    Que interessante um livro escrito por três autores ao mesmo tempo, REALMENTE da para esperar muito e muito. Gostei da construção dos personagens e da história em si, achei tudo forte o que despertou meu interesse pela leitura. Ainda mais após ler essa sua resenha super positiva.

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então deixe seu comentário. Mas lembre-se, não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de preconceito ou palavras de baixo calão, respeite os demais leitores.

Obrigada por comentar e volte sempre!!

© 2017 x Design e Código: Sanyt Design x Livros e Café • voltar ao topo